Atualidades, Curiosidades

Dez coisas que você talvez não saiba sobre a Guerra do Vietnã

Poucas vezes na história da humanidade um conflito cercou-se de tanto significado político. E também foram poucas as vezes em que a ação social e as manifestações de repulsa foram tão decisivas para o seu resultado.

A Guerra do Vietnã, indissociavelmente articulada na memória coletiva à década de 1960, tem suas raízes de fato no domínio do colonialismo francês na Indochina, que teve início entre 1883 e 1885. A Indochina era o nome que os franceses davam à sua colônia, que  compreendia os atuais países Vietnã, Laos e Camboja.

A Guerra do Vietnã, cujo final completou 40 anos em 2015, se estendeu de 1959, quando começaram os combates de guerrilheiros comunistas no Vietnã do Sul (na época uma ditadura apoiada pelos Estados Unidos), até que os últimos militares deixassem a capital, Saigon, em abril de 1975.

Vietnam-War-Wallpaper-5

A tomada da cidade, hoje chamada Ho Chi Minh, pelas forças comunistas do Vietnã do Norte lançou as bases para a reunificação vietnamita e foi a maior derrota militar da história dos EUA – que se envolveram no conflito em 1961, temendo o avanço do comunismo. Para americanos e vietnamitas, foi uma guerra custosa, sangrenta e cruel. Gerações foram afetadas pelo conflito, que marcou a história do século passado, deixou o Vietnã em ruínas e os Estados Unidos divididos, causou milhões de mortes e ainda desperta debates.

vietnam-war-protest

1364684355_1482_v-1

A seguir, dez fatos sobre a guerra e suas consequências:

1. Rivalidade da Guerra Fria: O antigo Vietnã do Sul dependia da ajuda econômica e militar dos EUA, enquanto o Vietnã do Norte recebia apoio da União Soviética e da China.

2. Número de soldados: Mais de 2,5 milhões de americanos serviram na guerra; em 1968 havia 536 mil deles combatendo. Em 1973, quando os EUA aceitaram um cessar-fogo, as forças do Vietnã do Sul eram de cerca de 700 mil, enquanto as do Vietnã do Norte somavam cerca de 1 milhão de combatentes.

1385532_soldiers-in-water_ddibg4apbeoqatxyfqqwzp7oupncurxrbvj6lwuht2ya6mzmafma_610x816

3. Número de mortos: Mais de 58 mil americanos e ao menos 1,1 milhão de vietnamitas morreram no conflito (algumas estimativas falam em 3 milhões de mortos). Outros países também sofreram baixas: foram mortos, por exemplo, mais de 4 mil soldados sul-coreanos.

lifeviet3

4. Guerra internacional: Algumas nações enviaram tropas para ajudar os EUA; participaram do conflito milhares de soldados da Coreia do Sul, Tailândia, Austrália, Filipinas e Nova Zelândia. A China também enviou um número substancial de soldados ao Vietnã do Norte: chegaram a 170 mil, para reparar os danos causados pelos bombardeios americanos e para ajudar na defesa aérea.

5. Guerra aérea: A Força Aérea dos EUA lançou 6,7 milhões de toneladas de bombas sobre o Vietnã; as forças aliadas do Vietnã do Sul, Austrália e Nova Zelândia lançaram outras 1,4 milhão de toneladas.

A-1E_Skyraider_aircraft_in_formation,_1965

Esse montante corresponde a mais do dobro do volume de bombas lançado por Reino Unido e EUA – 3,4 milhões de toneladas – em operações na Europa e no Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial.

6. O tanque: Durante 20 anos, acreditou-se que um tanque do Vietnã do Norte – o de número 843 – tivesse sido o primeiro a avançar contra as portas do Palácio Presidencial de Saigon, em 30 de abril de 1975. Só em meados de 1990 que o Vietnã concluiu que foi obra de outro tanque, o número 390.

independence-palace-tank-sightseeing-scooter-tour-saigon-1024x683

7. Arma icônica: Nenhuma outra arma está tão associada à Guerra do Vietnã quanto o fuzil AK-47. Foi a principal arma do Exército do Vietnã do Norte e das guerrilhas do Sul e se converteu na arma revolucionária preferida em todo o mundo.

NVA-with-an-AK-47.-The-soldier-on-the-right-was-killed-shortly-after-this-photograph-was-taken-Doan-Cong-Tinh

As tropas americanas usaram sobretudo o fuzil M14 e, posteriormente, o M16. Os fuzis de assalto americanos eram de difícil manejo nas úmidas selvas do Vietnã.

Vietnam-Weapons-03

8. Legado controverso: O Vietnã pediu, sem sucesso, compensação às vítimas do “agente laranja” – substância química jogada pelas tropas americanas no solo para destruir plantações agrícolas e desfolhar florestas usadas como esconderijo pelos inimigos, que acabou causando danos, malformação de crianças e contaminação, com efeitos que duram até hoje.

vietnam-war-rare-incredible-pictures-history

9. Divisão: Mais de 1 milhão dos chamados “boat people” (imigrantes que viajavam em barco) fugiram do Vietnã do Sul entre 1975 e 1989. A maioria se estabeleceu nos EUA.

10. Normalização: EUA e Vietnã normalizaram suas relações em 1995 e anunciaram um acordo amplo em 2013. O comércio bilateral movimentou quase US$ 35 bilhões em 2014.

Abaixo, algumas fotos do Vietnã. As três primeiras são da época da guerra, as demais foram tiradas no ano passado. Que bom que a paisagem mudou…

1385540_village-destroyed_hwwyxckihmhvobi7tlbfpyio27ncurxrbvj6lwuht2ya6mzmafma_610x455 1385542_helicopters_hwwyxckihmhvobi7tlbfpyio27ncurxrbvj6lwuht2ya6mzmafma_610x455 1385545_two-men-in-battle_hwwyxckihmhvobi7tlbfpyio27ncurxrbvj6lwuht2ya6mzmafma_610x455 DSC_4629MsapaM (1)

Anúncios

3 comentários em “Dez coisas que você talvez não saiba sobre a Guerra do Vietnã”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s