Propagandas antigas curiosas, divertidas ou politicamente incorretas

É muito interessante a gente voltar no tempo e observar como os costumes mudam. É natural, a sociedade evolui (em alguns casos, involui, rsrsrs) e também os costumes e as preferências das pessoas.

Acreditar que a vida era melhor em nossa época de juventude não significa, necessariamente, que isso seja verdade. O que muita gente faz é supervalorizar certos momentos da infância, atribuindo-lhes qualidades que, muitas vezes, existem apenas na lembrança.

Muitos lembram da vida mais simples, jogando bola em campos de terra, subindo em árvores para comer fruta, etc. De fato, coisas boas ficam marcadas. Mas e as dificuldades? E o trabalho de tirar água do poço? E o fato de os banheiros serem cabanas externas sem ligação com as casas? E os ferros de passar roupa, aquecidos a carvão? E se você ficasse doente, qual era o hospital mais próximo?

Deixando essa discussão mais aprofundada para outro momento, a publicidade sempre foi um balizador e termômetro da vida em sociedade, um espelho do que se consumia e do que se acreditava. Veja só alguns exemplos…

  • Imagine como era um milagre, em 1937, você poder ligar para sua mãe no Natal? lembrando que isso era para os poucos que tinham telefone em casa!
  • Propaganda da Shell veiculada em 1942, período da II Guerra Mundial, incentivando a economia de combustível.
“Petróleo é munição – economizemos para a defesa” dizia o slogan da companhia.
  • Neguinho já tacava fogo na babilônia naquela época… Com o nome de ˝cigarros índios˝ a cannabis era vendida livremente na São Paulo do início do século 20.
  • Comentei acima sobre a mudança de costumes e preferências… Veja que em 1926 mulher magra estava em baixa, a preferência era por uma mulher com vários quilos de carne sólida!
  • Não é o que você pode estar pensando… A referência é a um pinto, uma moeda portuguesa, nesse anùncio de 1913. Quem sabe os amigos portugueses possam confirmar essa informação!
  • Apenas mera coincidência eu ter selecionado este anúncio maluco… Dória, o elixir, era um sucesso contra o bafo de bode e problemas do estômago nos idos de 1930. Qualquer semelhança do ser chifrudo sendo engolido com a palavra ´Não Temer´ é mera coincidência, reforço.
  • Agora, vamos avançar algumas décadas para as propagandas coloridas. Esta foi muito veiculada nas revistas de 1957. O Sabonete Cinta Azul garantia a qualidade do produto até o fim: “um sonho de sabonete, conserva todas as suas qualidades até ter atingido a espessura de uma folha de papel”.
  • Em 1944, a Loteria Federal promovia o prêmio de 1 milhão de cruzeiros (hoje, a grosso modo, um valor próximo a R$ 4 milhões). Um anúncio chamativo, em cores fortes, com os dizeres: “O seu dia chegará”.
  • Com foco no restabelecimento do apetite nas crianças, o Emulsão de Scott apresentou este anúncio nas revistas em 1954: “Minha filha já tem apetite / Era criança sem vida”. O fortificante era apresentado como responsável por restabelecer a saúde da criança: “Passou a ter boas cores, a comer bem”. Seu concorrente era o Biotônico Fontoura.
  • O anúncio do Leite Ninho, de 1960, mostra um mãe cuidadosa e atenta na alimentação das crianças.
  • Esta saiu muitas vezes na revista O Cruzeiro, também nos anos 1960.

Daria para fazer um panorama de nossa História apenas analisando as propagandas que eram veiculadas em jornais e revistas e, mais tarde, na televisão – sem esquecer o rádio, claro. E, hoje em dia, incluindo sites e redes sociais. Até que é uma ideia…

Fonte: facebook.saopauloantiga/photos; internet

Palavras que nossos avós usavam – e não usamos mais

O sacripanta deu um tabefe na sirigaita enquanto o janota armava o maior quiprocó

Não é só uma questão de gírias. Nem de modismos. Algumas palavras da nossa língua simplesmente deixaram de ser usadas com o passar das décadas, e expressões comuns nos tempos dos nossos avós, ou mesmo dos nossos pais, são completamente desconhecidas pelas novas gerações.

Com o tempo, novas palavras vão surgindo, assim como novos significados para palavras antigas, o que acaba deixando nosso idioma com algumas diferenças entre épocas. E palavras, tão coloquiais há alguns anos, foram engavetadas e esquecidas.

Só pra citar alguns exemplos, e os seus significados:

  • Tabefe (tapa, bofetada)
  • Sacripanta (patife, pilantra)
  • Basbaque (pessoa ingênua, simplório, tolo)
  • Chumbrega (de má qualidade, ordinário)
  • Sirigaita (mulher espevitada, pretensiosa)
  • Alcunha (apelido, codinome)
  • Janota (pessoa bem vestida)
  • Petiz (criança)
  • Pachorra (calma excessiva, paciência)
  • Garrucha (espingarda, bacamarte)
  • Quiprocó (confusão, balbúrdia)
  • Balela (mentira, conversa fiada)
  • Fuzarca (bagunça)
  • Supimpa (excelente, muito bom)
  • Alpendre (varanda coberta)
  • Bidu (pessoa que adivinha as coisas)
  • Bulhufas (coisa nenhuma, nada)
  • Radiola (aparelho de som, rádio com vitrola)
  • Vitrola (toca-discos)
  • Gorar (não dar certo)
  • Lorota (mentira)
  • Cacareco (coisa velha, objeto sem valor)

E, como falei de gírias um pouco acima, vou relembrar algumas expressões usadas em décadas passadas, e que – assim como essas palavras – também caíram em desuso, substituídas por outros modismos. Afinal, “crush”, “suave na nave”, “de boa” fazem parte do vocabulário de hoje, e também mudarão com o passar do tempo, ganhando novos significados, ou serão simplesmente esquecidas.

Anos 40

Moça na Praia de Copacabana em 1947 (Foto: Kurt Klagsbrunn)

Balangandans: acessórios como brincos, pulseiras e anéis usados em exagero.
Brotinho: Garota bonita
Coqueluche: Febre do momento
Fuzarca: confusão, alvoroço

Anos 50

Jovens misses no Miss Brasil em 1958 (Foto: Reprodução)

Bafafá/ Fuzuê: Confusão
Barbeiro: mau motorista
Chá de cadeira: espera demorada

Anos 60

Jovens atrizes brasileiras em 1968 na ‘Passeata dos Cem Mil’ (Foto: Reprodução)

Carango: carro
Bicho: cara, amigo
Bulhufas: nada
Calhambeque: carro velho
Duvi-de-o-dó: duvidar de algo.
É uma brasa, mora!: Como se fosse algo do tipo: É muito legal, saca?
Esticada: passar por vários restaurantes e bares noturnos
Lelé da cuca: louco, desequilibrado
Morou?: entendeu?
Pão: homem bonito
Papo firme: sério, real, verdadeiro
Patota: turma de amigos
Prafrentex: avançado, moderno
Sebo nas canelas: apresse-se, vamos rápido

Anos 70

Roberto Carlos nos anos 70 (Foto: Reprodução)

Tutu: dinheiro
Bidu: pessoa esperta
Grilado: desconfiado, em dúvida
Maior barato: legal, sensação boa
Pagar sapão: se dar mal
Pra lá de Marrakech: drogada, chapado, bêbado
Russo: situação ruim, difícil
Pisante: calçado

Anos 80

Visual da banda Ultrage a Rigor nos anos 80 (Foto: Reprodução)

Bode: mau humor, cara amarrada
Caroço: gente chata, enjoada
Maneiro: muito bacana
Numa nice: numa boa
Tá crowd: tá lotado
Tomou doril: sumiu
Viajar na maionese: falar coisas absurdas, entrar em contradição
Zura: pão duro
Pistoleiro/a: pessoa interesseira
Massa: bom, ótimo, legal

Anos 90

Mamonas Assassinas, o grupo que fez muito sucesso nos anos 90 (Foto: Reprodução)

Antenado: informado, ligado em tudo
Azaração: pegação, namorico
Mauricinho: rapaz rico e mimado, que geralmente depende dos pais
Pagar mico: passar vexame
Patricinha: moça rica e mimada, que geralmente depende dos pais.
De lei: é assim
Descolar: arranjar, conseguir
Gato/a: homem/mulher bonito/a
Perua: mulher muito arrumada, com ares de madame
Pintar: aparecer

O engraçado é que acabo de descobrir que uso palavras ou gírias de quase todas as décadas, ahahaha! E você, conhece mais alguma que não entrou? Comente.

ATUALIZAÇÃO

Duas que esqueci, enviadas pela Mara Andrade: “tá ligado”; “cola aqui”.

Fontes:
Veja SP Por Roosevelt Garcia
universoretro.com.br https://universoretro.com.br/veja-algumas-das-girias-mais-utilizadas-nas-decadas-passadas/

RESERVE, o reforço da juventude

RESERVE™ é uma mistura única de antioxidantes essenciais, antocianinas e ácidos gordos essenciais com poderes restauradores que podem favorecer a sua saúde e ajudar a retardar o envelhecimento precoce. Formulado para lhe fornecer a proteção que você precisa, esse gel delicioso e nutritivo vai ajudá-lo a sentir vitalidade e uma sensação acentuada de boa saúde.

Médicos e especialistas em nutrição em todo o mundo reconhecem que muitos dos problemas relacionados com o envelhecimento precoce advêm dos danos causados pelos radicais livres. Esses especialistas indicam que a forma mais eficaz de se defender contra os danos dos radicais livres é garantir que consumimos uma quantidade suficiente de antioxidantes. De acordo com um grupo de pesquisa e testes clínicos, a melhor maneira de fazer isso é consumir os alimentos certos e tomar suplementos antioxidantes.

O RESERVE é uma excelente defesa contra os danos dos radicais livres porque oferece altas doses de resveratrol, um composto contendo antioxidante natural encontrado pode ser encontrado principalmente nas sementes de uvas, na película das uvas pretas e no vinho tinto.

No RESERVE, o resveratrol é acompanhado por um elenco de apoio de outros poderosos antioxidantes:

Açaí

Apreciada pelos povos da Amazônia pelas suas propriedades nutricionais únicas, esta “joia” do Brasil possui uma cor roxa intensa.

Cereja Preta

Este delicioso fruto em forma de coração, doce e suculento, é cultivado em todo o mundo há séculos.

Uva Concord

A uva concord, abundante nos Estados Unidos, distingue-se pela sua pele espessa de cor roxa escura.

Mirtilo

O mirtilo era um dos alimentos básicos do regime alimentar dos povos ameríndios, que se referiam a este fruto como a “baga estrela”, devido ao formato de estrela com cinco pontas das suas flores. De gosto doce e leve, o mirtilo diferencia-se de todos os outros frutos, pois é o único alimento que possui esta cor azul característica, sendo mais abundante no continente norte-americano do que em qualquer outro local do mundo.

Romã

A romã, símbolo de esperança e abundância em muitas culturas, é apreciada há milhares de anos. Quando se abre, esta “joia do inverno” oferece centenas de pequenos grãos suculentos, que fazem lembrar pedras preciosas. A romã é um dos frutos mais populares do mundo.

RESERVE é uma maneira deliciosa e conveniente de complementar sua dieta com nutrientes para uma vida com mais saúde e bem-estar. Com sabor de frutas, não possui glúten, sem adição de açúcar, e sem nenhum sabor, corante ou edulcorante artificial.

Compacto, fácil de abrir e fácil de transportar, RESERVE ajuda você a se beneficiar dos seus nutrientes onde e quando quiser.

Ele pode ser tomado a qualquer hora. Ou logo no início da manhã e outro antes de deitar.

ATENÇÃO: Mulheres grávidas ou lactantes e pessoas com condições médicas conhecidas devem consultar o seu profissional de saúde antes de adicionarem qualquer suplemento nutricional à sua dieta.

ONDE ENCONTRAR

No site oficial da Jeunesse: https://julioafilho.jeunesseglobal.com/pt-BR/reserve

Os produtos Jeunesse são vendidos apenas pelo site oficial de seus representantes ou diretamente por eles. Os produtos adquiridos por outros meios podem ser falsificados ou resultado de roubo de carga.

Naara Beauty Drink Jeunesse – A Bebida da Beleza

A Jeunesse não é a mesma velha história de sempre de cosméticos e suplementos. Não somos o velho modelo tradicional de Vendas Diretas. A Jeunesse é um negócio global, presente em 140 países, com faturamento anual de US$ 1 Bilhão. Ajudamos as pessoas a alcançarem o seu pleno potencial e conseguirem uma aparência jovem, um estilo de vida saudável e a aproveitar a vida ao máximo.

Jeunesse não é um conjunto aleatório de produtos. Nós oferecemos uma família selecionada de cuidados pessoais e itens nutricionais. E utilizamos as últimas tecnologias científicas que você não vai encontrar em outro lugar. E todos os produtos são aprovados pela FDA (a Anvisa americana) e a nossa Anvisa.

Naara Beauty Drink tangerina é um delicioso nutricosmético com alta concentração de Colágeno Hidrolisado, além de conter muitas vitaminas. É composto por 6 frutas desidratadas: tangerina, morango, amora, framboesa, açaí e acerola. Não contém açúcar e nem glúten.

Por conter uma grande porção de Colágeno Hidrolisado,  o Naara Beauty ajuda a perder peso pois, além de ser um pó basicamente de proteína, tem várias vitaminas e baixa caloria, e estimula o mecanismo de saciedade, o que leva a comer menos na refeição seguinte. Os cabelos ficam mais bonitos, brilhosos e diminui drasticamente a queda de cabelo. Sua pele fica mais rígida e mais bonita, prevenindo a flacidez e rugas, retardando o envelhecimento. Protege os ossos e as articulações. Suas unhas ficam mais fortes.

Ingredientes do Naara e seus benefícios

Esse nutricosmético realça sua beleza de dentro para fora, cabelos, unhas e pele ficam mais bonitos e resistentes.

Como Usar o Naara Beauty

Você poderá tomar o Naara Beauty a qualquer hora do dia, basta dissolver uma medida e meia com 200ml de água (essa medida já vem dentro do pote). Dica: para melhor dissolver o produto, coloque água na temperatura ambiente, e após misturar, adicione 2 pedras de gelo.
Tome 1 vez ao dia.

Cada pote de Naara contém 270g e rende em média 18 porções.

IMPORTANTE a Jeunesse só garante os produtos adquiridos na loja oficial online do distribuidor autorizado, ou diretamente com ele. Os produtos que forem comprados por outros meios podem ser falsificados, ou fruto de roubo de carga!

E caso se cadastre na Jeunesse convidado por mim, você poderá comprar seus produtos com DESCONTO e pagando parceladamente com seu cartão de crédito.

Se quiser saber mais, deixe seu comentário e entrarei em contato.

Os produtos JEUNESSE

Jeunesse é uma empresa de vendas diretas norte-americana, fundada em 2009 e já presente em mais de 140 países, com sede em Orlando / Flórida, que desenvolve e oferece soluções anti-aging (antievelhecimento) através de produtos cosméticos e nutricionais, e que chegou ao Brasil oficialmente em abril de 2016.

QUAIS SÃO SEUS PRODUTOS?

Seus produtos cosméticos e nutricionais se destacam pelas exclusivas e patenteadas tecnologias envolvidas em sua fabricação.

A Jeunesse investe milhões de dólares em pesquisas com fatores de crescimento de célulastronco da gordura humana, e utiliza esses fatores de crescimento, que são uma espécie de sinais de comunicação celular, na concepção de alguns de seus produtos.

Ou seja, os produtos Jeunesse promovem a reparação e o rejuvenescimento da sua pele e do seu organismo a nível celular, de dentro pra fora, e também aprimoram sua parte estética, de fora pra dentro, com diversos e incríveis resultados testados e aprovados.

Assim, todos eles são concebidos com o objetivo de ajudar a pessoa a se manter jovem por meio de soluções vitais:

  • Rejuvenescer sua aparência, através da linha Luminesce
  • Aumentar sua força e desintoxicar seu organismo, com o Vidacell
  • Defender suas células com o antioxidante Reserve
  • Equilibrar seu metabolismo, com a linha Zen
  • Reforçar a energia saudável, com a linha Nevo
  • Maquiar e, ao mesmo tempo, tratar a pele, com a Linha NV

Para conhecer detalhes de cada produto, e sua composição, basta clicar sobre o nome de cada um, e será direcionado ao site oficial da Jeunesse.

Neste rápido vídeo, com pouco mais de 10 minutos, você vai saber mais sobre os produtos Jeunesse, suas vantagens e benefícios para a nossa saúde.

Recomendo uma visita à loja virtual oficial: https://julioafilho.jeunesseglobal.com/

E, caso queira esclarecer alguma dúvida, basta fazer um comentário que responderei com o maior prazer.

Naära® – A Beleza começa de dentro.

À base de colágeno duplamente hidrolisado, l-cisteína, rico em zinco, rico em vitaminas C, B6, B12, niacina e ácido pantotênico. Mix de 6 frutas desidratadas: tangerina, açaí, acerola, morango, amora e framboesa. Aroma natural de tangerina. Sem glúten.

Este nutricosmético realça sua beleza de dentro para fora, cabelos, unhas e pele ficam mais bonitos e resistentes.

Benefícios do Naara Jeunesse
Os cabelos ficam mais bonitos, brilhosos e diminui drasticamente a queda de cabelo. Sua pele fica mais firme e mais bonita, prevenindo a flacidez e rugas, retardando o envelhecimento. Protege os ossos e as articulações. Suas unhas ficam mais fortes. Combate celulite e estrias.

Como Usar o Naara Beauty:
Você poderá tomar o Naara Drink Beauty a qualquer hora do dia, basta dissolver uma medida e meia com 200ml de água, (essa medida vem dentro do pote, para achá-la pegue um garfo e procure em meio ao produto).

Dica: para melhor dissolver, coloque água na temperatura ambiente, e após misturar, adicione 2 pedras de gelo e saboreie essa deliciosa bebida da beleza no sabor Tangerina.

Cada pote de Beauty Drink contém 270g e rende 18 porções.

Para comprar seu produto e mais informações, acesse meu site:
https://julioafilho.jeunesseglobal.com/

Um dos uísques mais vendidos do mundo foi criado por um escravo

O Jack Daniel’s é um uísque fabricado pela Jack Daniel Distillery, fundada em 1876 pelo destilador norte-americano Jack Daniel (Jasper Newton Daniel), na cidade de Lynchburg, Tennessee, nos Estados Unidos. Desde 1956, pertence ao grupo Brown-Forman Corporation. E, até recentemente, a versão oficial era de que o criador da receita do uísque da marca era um pastor e fazendeiro da região chamado Dan Call.

A verdade, no entanto, é que a receita foi criada por um escravo de Call chamado Nearis Green. Mas essa história só passou a ser contada pela marca em 2016, 150 anos depois da sua criação.

Famoso e conhecido pelas garrafas quadrangulares de rótulo negro, o Jack Daniel’s é um dos uísques mais vendidos no mundo. Somente em 2014, a marca teve um lucro líquido de 208 milhões de dólares.

Durante anos, a história predominante do uísque americano foi contada como um caso centrado em colonos alemães e escoceses-irlandeses que destilaram seus excedentes de grãos em uísque e os enviaram para mercados distantes, criando uma indústria de 2,9 bilhões de dólares.

Os homens escravizados não só compunham a maior parte da força de trabalho na época, mas muitas vezes desempenhavam papéis cruciais e qualificados no processo de fabricação do uísque. Da mesma forma que os autores de livros de receitas brancos frequentemente se apropriavam de receitas de seus cozinheiros negros, os proprietários de destilarias brancas levavam crédito pelo uísque.

Jack Daniel, de chapéu branco, em uma fotografia do início do século 20 com seu amigo George Green, filho de Nearest Green, ao seu lado.

Mas a história de Jack e seu uísque foi um pouco diferente. Porque Jack e Green eram amigos.

A existência de Green nunca foi um grande segredo, mas, em 2016, a empresa Brown-Forman, dona da Destilaria Jack Daniel, ganhou manchetes pelo mundo com a decisão de finalmente abraçar o legado de Green e mudar significativamente seus roteiros turísticos para enfatizar seu papel.

“Sem dúvida, era perturbador o fato de que uma das marcas mais conhecidas do mundo ter sido criada, em parte, por um escravo”, disse a investidora de bens imobiliários e escritora afro-americana Fawn Weaver, de 40 anos.

Green não apenas ensinou a Daniel o processo de destilação, como trabalhou depois da Guerra Civil americana para ele, tornando-se o primeiro mestre destilador negro dos Estados Unidos.

A decisão da empresa de reconhecer sua dívida com um escravo, relatada pela primeira vez no The New York Times em 2016, é uma mudança decisiva na história da indústria alimentícia do Sul dos Estados Unidos.

De acordo com o que foi apurado, “Green foi alugado pelos seus proprietários, uma empresa chamada Landis & Green, para os agricultores do entorno de Lynchburg, incluindo Dan Call, um rico proprietário e pastor que também empregou um adolescente chamado Jack Daniel para ajudar a fazer uísque. Green, já hábil em destilar, manteve Daniel sob sua asa e, após a Guerra Civil e o fim da escravidão, foi trabalhar para ele na operação da bebida”.

Muitas pessoas entenderam mal a história, assumindo que Daniel era dono de Green e roubou sua receita. Na verdade, Daniel nunca possuiu escravos e sempre falou abertamente sobre o papel de Green como seu mentor.

Fontes:

observatorio3setor.org.br

thetimes.co.uk

gazetadopovo.com.br