Robert de Niro fez teste para o papel de Sonny Corleone… e não passou

O Poderoso Chefão não é apenas um filme: é uma religião. Poucas são as listas de melhores filmes de Hollywood em que não figura a saga da família Corleone. Sobre a história do filme, você já deve saber tudo o que há para saber. Mas, e sobre os bastidores da escolha dos elenco, sobre oContinuar lendo “Robert de Niro fez teste para o papel de Sonny Corleone… e não passou”

A última vez que Walt Disney apareceu na telinha

Walt Disney faleceu em 15 de dezembro de 1966, mas continuou ativo e trabalhando até o final. Em outubro daquele ano, Disney gravou uma chamada para o filme que iria estrear em breve, “Follow Me, Boys!” (Nunca é Tarde Para Amar, no Brasil), com Fred MacMurray e um jovem ator de 15 anos que WaltContinuar lendo “A última vez que Walt Disney apareceu na telinha”

O mago dos efeitos sonoros

Quando a gente conversa sobre efeitos sonoros engraçados e que são usados em animação, em games e até em filmes, a primeira lembrança que vem à mente são os efeitos sonoros dos desenhos da Hanna-Barbera. Eles de fato foram os pioneiros a usar esses efeitos nos desenhos animados para a TV, lá no começo dosContinuar lendo “O mago dos efeitos sonoros”

Para sempre coadjuvantes

Você conhece a fisionomia, mas em alguns casos provavelmente não se lembra do nome. Alguns deles estrelaram um ou dois filmes, ou séries de TV, mas foram os papéis de coadjuvantes que lhes trouxeram fama e reconhecimento. São todos, sem exceção, atores de talento – mas, por alguma razão que só os deuses de HollywoodContinuar lendo “Para sempre coadjuvantes”

HOLLYWOOD CONTRA HITLER

Hitler não era o semianalfabeto que a propagada dos aliados fez o mundo acreditar. Ele era uma pessoa instruída e um leitor voraz. Segundo amigos, vivia sempre com um livro debaixo do braço e tinha pilhas de livros em casa. Claro, quantidade não é e nunca foi sinônimo de qualidade, e é bem possível queContinuar lendo “HOLLYWOOD CONTRA HITLER”

Grandes cenas que não estavam nos roteiros

Ao contrário de outras expressões artísticas, como o teatro e a música, o cinema não costuma dar muito espaço para improvisações. Uma ou outra frase pode até ser dita de maneira diferente ou excluída pelo ator na hora da gravação, mas as cenas seguem um caminho bem definido, pautado pelo roteiro e pelas indicações préviasContinuar lendo “Grandes cenas que não estavam nos roteiros”

Me, Tarzan

Outro dia estava relendo “A Volta de Tarzan”, publicada pela EBAL em 1974 e cujo exemplar guardo com carinho. A história em quadrinhos, roteirizada e desenhada por Joe Kubert, foi baseada no romance escrito por Edgard Rice Burroughs em 1915 e adaptado dezenas de vezes em quadrinhos, em seriados de TV e no cinema. AchoContinuar lendo “Me, Tarzan”

Astros e estrelas quando eram jovens

Já mostrei em um post alguns astros e estrelas internacionais que não estão convivendo bem com o passar do tempo (aqui). Agora, vou mostrar outros astros e estrelas quando eram mais jovens. Alguns eu diria que são quase irreconhecíveis, enquanto outros continuam praticamente a mesma coisa. Confira!