1º de abril: 7 grandes mentiras que Hollywood te contou

Se tem uma coisa que Hollywood sabe fazer, é mentir — afinal, essa é meio que a profissão deles, né? Por isso, neste 1º de abril, o dia da mentira, resolvemos reunir algumas das maiores lorotas que a terra do entretenimento norte-americano já contou para você.

A explosão da estrela da morte em ‘Star Wars’: pegadinha de 1º de abril! Imagem: Reprodução

Nossa lista tem mentiras de “Friends”, “Star Wars”, “Supernatural” e outras franquias famosas, além de falcatruas do Oscar e de um dos maiores astros da história de Hollywood: Tom Cruise.

1. No espaço, explosões fazem “boom!” e soltam fogo

Todos os filmes e séries de ação ambientados no espaço são culpados dessa mentirinha, mas o caso de “Star Wars” é emblemático. Na realidade, o vácuo do espaço tornaria impossível o tipo de explosão que vemos em produções hollywoodianas — não haveria fogo ou uma nuvem de fumaça se expandindo em formato esférico, como vemos aqui na Terra, e com certeza não haveria som.

Ao invés disso, cientistas dizem que veríamos um rápido flash, e destroços se expandindo em velocidade alucinante para todos os lados. Quem chegou mais perto de acertar foi justamente “Star Wars: Os Últimos Jedi”, naquela cena inesquecível da manobra final da Almirante Holdo (Laura Dern).

2. Tom Cruise é mais alto que Cameron Diaz e Nicole Kidman
Cameron Diaz e Tom Cruise em cena de ‘Encontro Explosivo’ (2010) Imagem: Reprodução.

Tá vendo a cena aí em cima? Bom, Tom Cruise provavelmente subiu em um banquinho (ou sapatos plataforma) para filmá-la. Na realidade, o astro de ação tem 1,70 m de altura, enquanto sua colega de “Encontro Explosivo”, Cameron Diaz, tem 1,74 m.

A diferença é ainda mais gritante entre Cruise e outros de seus pares românticos: Kelly McGillis (de “Top Gun”), por exemplo, tem 1,78 m; e Nicole Kidman (ex-mulher do ator, parceira de cena em “Dias de Trovão”, “Um Sonho Distante” e “De Olhos Bem Fechados”) tem 1,80 m.

3. Aquiles era heterossexual – e Pátroclo era seu “brother”
Pátroclo (Garrett Hedlund) e Aquiles (Brad Pitt) em ‘Troia’ (2004) Imagem: Reprodução

O filme “Troia” (2004) tomou muitas “liberdades criativas” com o poema original de Homero, mas talvez a maior delas seja a transformação de Pátroclo (Garrett Hedlund) em primo de Aquiles (Brad Pitt). Não só esse parentesco inexiste na “Ilíada”, como a interpretação mais aceita hoje em dia é que os dois eram na verdade amantes.

O texto original não tem referências explícitas à natureza sexual da relação, mas o amor entre eles é claramente mais intenso do que uma amizade. Aquiles chega a dizer, quando Pátroclo morre: “Meu querido camarada está morto. O homem que eu amava acima de qualquer outro, amava como amo a própria vida”. Depois, o fantasma do guerreiro aparece para pedir a Aquiles que enterre seus ossos junto aos dele, para que eles “descansem juntos” para sempre.

Gregos que recontaram a “Ilíada” alguns séculos depois, como Platão e Ésquilo, tornaram esse amor explicitamente físico. A versão de Shakespeare, mais alguns séculos depois, também. Aparentemente, só Hollywood é incapaz de aceitar essa épica história de amor gay no meio de uma aventura bélica.

4. Dava tranquilo para o pessoal de “Friends” pagar aqueles aluguéis
Cena da série ‘Friends’: sem problemas financeiros? Imagem: reprodução/Friends/Warner

Os apartamentos dos protagonistas de “Friends” se tornaram, com o tempo, tão emblemáticos para os fãs da série quanto os próprios personagens — mas será que esse pessoal conseguia mesmo pagar aluguel? O site CheatSheet estima que um apartamento de dois quartos em West Village, bairro de alto padrão de Nova York onde moravam Rachel, Monica (em um lado do corredor), Chandler e Joey (no outro), custaria US$ 2,5 mil por mês nos anos 1990.

Rachel começa a série como garçonete de um café, depois entrando no ramo da moda e escalando cargos dentro da indústria; já Monica também passa alguns anos como garçonete antes de se estabelecer como chef de cozinha. Enquanto isso, Chandler trabalha como processador de dados, e mais tarde entra na indústria da publicidade; e Joey é ator, mas passa a maior parte da série desempregado.

Os roteiristas até tentam justificar essa situação, dizendo que Monica herdou ou sublocou o apartamento da avó. Como a matriarca morava por lá há décadas, o aluguel é controlado pela prefeitura, impedindo aumentos — mas e Chandler e Joey?

5. Os irmãos Winchester protegem os EUA de demônios
‘Supernatural’: uma história essencialmente americana — ou quase isso Imagem: Divulgação

Poucas histórias são mais essencialmente norte-americanas do que “Supernatural”. Durante 15 temporadas e 327 episódios, os irmãos Sam e Dean Winchester dirigiram pelos EUA em seu Impala (um carro inconfundivelmente americano) e protegeram várias cidades, grandes e pequenas, de monstros e outras ameaças sobrenaturais — mas sabia que eles não estavam nos EUA coisa nenhuma?

Somente o piloto da série, lá em 2005, foi filmado em Los Angeles. Todos os capítulos seguintes foram gravados em Vancouver, no Canadá, e em várias locações por perto. Algumas dessas locações, inclusive, se repetiram durante “Supernatural”, como o Riverview Hospital, um antigo sanatório em Coquitlam, no Canadá, que já serviu de “dublê” para um asilo e uma prisão em capítulos da série.

“Supernatural” não é única em sua escolha de locações, no entanto. Muitas séries da televisão norte-americana são filmadas no Canadá, simplesmente porque é mais barato viver e trabalhar por lá — das produções do Arrowverse, como “The Flash” e “Supergirl”, até “Once Upon a Time”, “The Magicians” e clássicos como “Arquivo X”, todas elas chamaram o “vizinho de cima” dos EUA de casa.

6. Se ganhou o Oscar, foi porque mereceu

Não é tão simples assim. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que entrega o Oscar todos os anos, é formada por milhares de trabalhadores de todas as áreas da indústria do entretenimento, incluindo profissionais como agentes de atores, executivos de estúdio e outros, que com certeza favorecem seus clientes e produções ao votar para a estatueta.

Mas, mesmo que isso não acontecesse, há muito tempo o Oscar deixou de ser uma competição simples de excelência artística. Devido ao prestígio do prêmio, estúdios e produtores gastam literalmente milhões de dólares em campanhas midiáticas para promover os seus filmes especificamente para membros da Academia, realizando exibições especiais, eventos em que os potenciais indicados mostram toda a sua simpatia, comprando anúncios em publicações da indústria e outdoors em locais estratégicos, arranjando entrevistas e capas de revista, e por aí vai.

O ex-produtor Harvey Weinstein, hoje preso por estupro e assédio sexual, foi quem levou essas táticas a outro nível, conduzindo filmes como “O Paciente Inglês”, “Shakespeare Apaixonado” e “A Vida é Bela” a grandes (e inicialmente improváveis) vitórias no Oscar nos anos 1990.

7. Porta trancada? Só abrir no chute!
05.11.2020 – Policial treina para arrombar porta ‘no chute’ em Ratisbona, na Alemanha Imagem: DPA/Picture Alliance via Getty Images

Se você, uma pessoa comum, tentar arrombar uma porta no chute, ou mesmo com trancos de ombro, como muitos personagens fazem em filmes e séries de ação, provavelmente vai se machucar. Especialmente no Brasil, onde as portas são normalmente feitas de madeira sólida, ao invés de madeira oca ou outros materiais, e as trancas são de ferro.

Um policial, bombeiro ou outro profissional treinado talvez saiba melhor onde e como realizar a pressão para conseguir abrir uma porta trancada. Mesmo assim, a maioria dos arrombamentos realizados por oficiais da lei acontecem com a ajuda de um aríete ou de outros materiais similares, como marretas, machados e pés-de-cabra — bem menos “cool” do que mostrar um policial chutando a porta, né?

 

 

Fonte:

Caio Colettti, uol.com.br

Publicado por Julio

Uma pena eu não ter nascido herdeiro ou milionário. Pois tenho um grande potencial pra isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: