Mistério de tronco que flutua na vertical há 120 anos intriga a ciência

Sim, você leu o título certo. O gigante lago Crater, situado no Oregon (Estados Unidos), tem um tronco de árvore que está flutuando na vertical pelas águas há pelo menos 120 anos. Os motivos deste fenômeno incomum são um mistério para os cientistas até os dias de hoje.

O tronco de nove metros de altura que passeia pelo lago foi descoberto em 1896 pelo geólogo e explorador Joseph Diller, de acordo com o site Science Alert. O objeto, que ganhou até o apelido de “Velho Homem do Lago”, está flutuando na água desde então, ficando cerca de 1,2 metros acima da superfície.

Em 1902, Diller publicou o primeiro estudo científico sobre o fenômeno e notou que, nos primeiros cinco anos da descoberta, o tronco viajou 400 metros pelo lago. Já um segundo experimento mais conclusivo feito em 1938 apontou que, graças a ventos e ondas, o “Velho Homem do Lago” circula um total de 99.9 km pelo lago em três meses.

“Você pensaria que um tronco de 9 metros funcionaria como uma vela náutica, mas às vezes ele se move por toda a extensão do lago contra o vento”, afirmou Mark Buktenica, ecologista do Parque Nacional do Sul de Oregon à rede de TV CBS News.

Este é o incrível lago Crater, onde o tronco de madeira flutua

Este é o incrível lago Crater, onde o tronco de madeira flutua

Mas como o tronco ficou na posição vertical e, além disso, como continua deste jeito? Esta é a pergunta que ninguém consegue responder claramente. A física básica aponta que, por causa de seu centro de massa, a madeira de nove metros, com diâmetro de 61 cm, deveria flutuar na horizontal.

Há uma teoria que sugere que, quando o tronco caiu no lago há mais de 100 anos, rochas teriam se enroscado em suas raízes. Elas teriam servido como pontos de ancoragem natural e orientado o toco a flutuar verticalmente. O problema é que não há rochas no tronco agora, e nem há vestígios delas.

Outra argumentação é de que a parte submersa ficou cada vez mais densa e pesada com o tempo, enquanto a área acima da água seguiu permanentemente seca.

Cientistas já realizaram datações de carbono e perceberam que o misterioso tronco tem ao menos 450 anos de idade. Acredita-se que a baixa temperatura do lago mantenha a madeira preservada.

O lago Crater fica na caldeira de um vulcão extinto e é o mais profundo dos Estados Unidos, sendo o nono mais profundo do mundo, com 597 metros na profundidade máxima – tem 9,6 km na largura máxima.

A sua água é de uma impressionante coloração azul por causa da pouca atuação de microorganismos no local. De fato, não há espécie nativa de peixe na água e, das seis espécies introduzidas desde o século 19, apenas duas seguem no lago (uma de um tipo de salmão e outra de truta).

Logo uma lenda surgiu de que o Velho controlaria o clima. Em 1988, durante uma expedição submarina no lago, os cientistas o amarraram perto da ilha Wizard para evitar que a árvore esbarrasse no submarino. A história conta que, no momento em que o amarraram, o céu escureceu e uma tempestade se formou. Os céus milagrosamente ficaram limpos apenas quando o “velho do lago” foi libertado…

Anúncios

Índia multa companhias aéreas por jogar fezes de aviões durante voos

Os detritos dos banheiros dos aviões ficam armazenados em tanques especiais, mas parte pode vazar

Os detritos dos banheiros dos aviões ficam armazenados em tanques especiais, mas parte pode vazar

Da BBC

A justiça da Índia aprovou uma multa para os aviões que despejarem detritos humanos dos seus banheiros durante o voo. A multa, no valor de 50 mil rúpias (R$ 2.450), é resultado de uma denúncia de que as aeronaves estariam jogado fezes sobre áreas residenciais próximas ao aeroporto, na cidade de Nova Déli.

As fezes dos banheiros dos aviões ficam armazenadas em tanques especiais. Normalmente, elas são descartadas depois do pouso. Mas as autoridades internacionais de aviação admitem que podem ocorrer vazamentos durante o voo.

A justiça da Índia prevê inspeções nas aeronaves após pouso para verificar os tanques de dejetos

A justiça da Índia prevê inspeções nas aeronaves após pouso para verificar os tanques de dejetos

‘CHUVA’ DE DEJETOS

O National Green Tribunal (o tribunal ambiental indiano) ordenou que o órgão regulador da aviação garantisse que as aeronaves não joguem dejetos humanos quando estiverem pousando ou voando em áreas próximas de aeroportos.

O tribunal também quer “que, ao pousar, o avião possa ser submetido a uma inspeção de surpresa para verificar se os tanques especiais não estão vazios”, informou a Press Trust of India, a maior agência de notícias do país. “Se for descoberta alguma aeronave desrespeitando essa determinação ou se seus tanques forem encontrados vazios no pouso, a companhia aérea estará sujeita a uma multa ambiental de 50 mil rúpias (R$ 2.450) por infração”, diz a sentença.

A ação foi movida por um oficial reformado do Exército, que acusou as companhias aéreas indianas de despejarem fezes sobre áreas residenciais de Nova Déli. Ele informou que as “paredes e piso” da varanda da sua casa – que fica perto do aeroporto – “estão salpicados de excrementos jogados pelos aviões”.

Mas não há provas conclusivas de que os detritos tenham caído de aviões que sobrevoaram a casa.

O QUE É O ‘GELO AZUL’

O Ministério da Aviação também contestou a queixa e disse que os banheiros dos aviões têm tanques que normalmente são limpos pela equipe terrestre depois do pouso.

Pilotos explicam que os tanques dos banheiros raramente são esvaziados durante voos

Pilotos explicam que os tanques dos banheiros raramente são esvaziados durante voos

Um piloto veterano disse à BBC que esses tanques raramente são esvaziados durante o voo, a menos que o comandante tenha que tomar “uma medida de emergência rara como esvaziar os tanques de combustível”. Além disso, geralmente as fezes que congelam nas saídas para escoamento desses tanques podem escapar e cair durante o voo.

O fenômeno é conhecido como “blue ice” (ou “gelo azul” em inglês) por causa da cor dos produtos químicos usados nos toaletes dos aviões para reduzir o odor e dissolver os dejetos.

Despejos de “gelo azul”, no entanto, apesar de incomuns, ocorrem eventualmente, segundo os especialistas.

Nanotecnologia teria sido descoberta na Roma Antiga

 

A nanotecnologia é muito mais antiga do que se pensava. Evidências recentes sugerem que os artesãos romanos criaram o Cálice de Licurgo com ajuda da nanotecnologia há 1600 anos!

O cálice retrata a história do rei Licurgo, que está preso em um emaranhado de videiras como um castigo pela traição cometida contra Dionísio. O objeto romano é conhecido por ser iluminado pela frente, com uma cor verde. Mas parece vermelho quando iluminado por trás.

O segredo por trás dessa mágica está na nanotecnologia*. Uma análise de pequenos fragmentos quebrados do vidro do cálice revelaram partículas de prata e de ouro tão pequenas que seria preciso mil delas para alcançar o diâmetro de um grão de sal refinado.

Os pesquisadores especulam que os romanos moíam as partículas de metal até que mil delas correspondessem ao tamanho de um único grão de areia. Em seguida, essas partículas de ouro e prata eram misturadas com o vidro. Cada pedaço tinha 50 nanômetros de diâmetro. Isso faz dos antigos romanos os pioneiros da nanotecnologia.

A mudança de cor acontece quando a luz bate no vidro. Isso faz os elétrons dos metais ali contidos vibrarem de tal forma que alteram a cor dependendo da posição do observador. Os pesquisadores também suspeitaram que, quando a taça estava cheia de líquido, isso também alteraria a interação dos elétrons e a cor do vidro.

Como não era possível encher o cálice de líquido, os pesquisadores fizeram pequenos furos em uma plataforma de plástico e espalharam nanopartículas de ouro e prata, assim como os antigos romanos haviam feito no vidro do cálice. Dependendo do líquido, cores diferentes apareciam. Verde claro para água e vermelho para óleo, por exemplo.

Esse protótipo que os cientistas fizeram mostrou-se 100 vezes mais sensível para variações no nível de sal nas soluções testadas do que os sensores comerciais atuais, que utilizam técnicas similares. Atualmente, alguns tipos de testes de gravidez são exemplos de usos de fenômenos de mudança de cor baseados em nanotecnologia.

No futuro, a tecnologia pode ser adaptada para a criação de dispositivos móveis capazes de detectar patógenos em amostras de saliva ou urina, ou ainda para impedir que terroristas entrem em aviões carregando líquidos perigosos, entre outras coisas.

O Cálice de Licurgo original, datado do século 4,  foi adquirido na década de 1950 pelo Museu Britânico, onde permanece em exposição.

 

*Nanotecnologia – 

Nanotecnologia é um termo usado para referir-se ao estudo de manipulação da matéria numa escala atômica e molecular, ou seja, é a ciência e tecnologia que foca nas propriedades especiais dos materiais de tamanho nanométrico. O principal objetivo  é criar novos materiais, novos produtos e processos a partir da capacidade de ver e manipular átomos e moléculas.

O nome foi citado pela primeira vez por Richard Feynman em dezembro de 1959 e definido pela Universidade Científica de Tóquio em 1974. Mas foi somente a partir do ano 2000 que a nanotecnologia começou a ser desenvolvida e testada em laboratórios.

A base do uso da nanotecnologia é o nanômetro, uma unidade de medida assim como o quilômetro, o metro e o centímetro. Ele equivale a um bilionésimo de metro, o que abre espaço para muitas possibilidades, mas também traz grandes desafios para se conseguir trabalhar em uma escala tão minúscula. A maior prova dessa dificuldade está no fato de que apenas laboratórios e indústrias que têm equipamentos de alta precisão conseguem lidar com essa tecnologia.

As possibilidades de aplicação

Com a nanotecnologia será possível, por exemplo, otimizar os efeitos de remédios, levando-os diretamente para onde são necessários dentro do corpo, o que diminuiria a toxidade das drogas, os efeitos colaterais e as dosagens. Também será possível fazer algo parecido em tratamentos como o do câncer, atacando apenas as células defeituosas.

Já existem alguns produtos que são resultado do uso da nanotecnologia. Dentre esses, merecem destaque os microprocessadores. Toda vez que os processadores evoluem, é necessário usar um novo processo de produção com uma escala menor, para poder fabricar as partes internas dele (que atualmente já são fabricados em 45 nanômetros) e assim diminuir seu tamanho e o consumo de eletricidade. É graças às pesquisas e ao desenvolvimento da nanotecnologia que hoje é possível termos equipamentos cada vez menores, e com maior poder computacional.

Imagem de um circuito integrado, ampliada 2400 vezes, cuja evolução se dá graças à nanotecnologia.

Além dos microprocessadores, a nanotecnologia já está presente em alguns tecidos com características especiais, em equipamentos médicos como cateteres, válvulas cardíacas, marca-passo, implantes ortopédicos, além de protetores solares, produtos para limpar materiais tóxicos, sistemas de filtração do ar e da água, vidro autolimpante, coberturas resistente a arranhões, curativos antimicrobianos, limpadores de piscinas, desinfetantes e muitas outras soluções.

O impacto da tecnologia

Além das dificuldades técnicas, o desenvolvimento da nanotecnologia esbarra em aspectos sociais e ambientais que levantam muitas discussões e questionamentos. Existe muito debate sobre as implicações futuras da nanotecnologia, pois os desafios são parecidos aos de desenvolvimentos de novas tecnologias. Dentre as discussões, estão as questões sobre a toxicidade e o impacto ambiental causado pelo uso dos nanomateriais e os potenciais efeitos disso na economia global.

Todas essas questões levantam a necessidade de uma regulação sobre nanotecnologia e outras burocracias. Por causa disso, o desenvolvimento dessa área pode demorar.

 

 

Com a colaboração de Clene Salles.

 

 

 

Fonte:

universocetico.blogspot.com.br

Smithsonian

tecmundo.com.br

 

Dormir pelado faz bem para saúde?

Como você dorme? Prefere pijamas de algodão ou de seda? De acordo com a ciência, a melhor opção, na hora de dormir, é ir para cama do jeito que você veio ao mundo: totalmente sem roupas! Parece até brincadeira algo assim ter sido estudado por pesquisadores, mas os argumentos que eles têm a respeito do assunto são válidos e muito convincentes, quer ver?

 Confira, abaixo, alguns motivos cientificamente comprovados pelos quais você precisa dormir pelado de hoje em diante e se prepare para jogar pela janela todos os seus pijamas:

1. Dormir melhor

De acordo com estudos, quando a gente dorme, nossa frequência cardíaca fica mais lenta, diminuindo assim a temperatura corporal. Quando um pijama é usado, esse processo pode ser atrapalhado, já que muitos tecidos fazem o corpo ficar mais quente que o normal. Isso, segundo os cientistas, pode atrapalhar a qualidade do sono. Aliás, muitos casos de insônia estão diretamente ligados à temperatura corporal durante o sono.

2. Mais atraente

É assim que você vai se sentir quando passar a dormir pelado. Conforme a ciência diz, a alta temperatura do corpo à noite interrompe também a produção natural de melatonina e alguns outros hormônios anti-envelhecimento. A longo prazo, isso faz as pessoas se sentirem menos atraentes e pode realmente deixar a pele e os cabelos menos saudáveis.

 3. Emagrece

Isso mesmo, estudos apontam que ir para a cama sem roupas melhora a qualidade do sono e, como consequência, permite que a sensação de fome seja controlada. Isso porque, dormindo bem, o corpo produz menos cortisol, o hormônio do estresse; assim, os níveis de energia (e de fome) ficam sob controle, já que pessoas estressadas tendem a comer mais compulsivamente.

4. Mais sexo

Dormindo pelado, você vai dormir melhor, emagrecer e, de quebra, deixar seu relacionamento mais feliz. Isso porque quem dorme sem roupas, consequentemente, faz mais sexo! Especialistas dizem que tudo está relacionado à produção de ocitocina, hormônio responsável pelos “apetite” (se é que você me entende…) e que também é fabricado pelo corpo durante o sono.

5. Muito mais fácil

Já pensou como é inútil é colocar uma roupa apenas para dormir e, no dia seguinte, tirá-la para colocar uma roupa “social”? Pois é, além de não ter que gastar mais com pijamas, as pessoas que dormem sem roupas pulam esse processo socialmente imposto e, claro, têm um modo de dormir mais simples… como se precisássemos de mais um motivo para convencer você dos benefícios de ir para cama pelado, não é mesmo?

 

Mas a coisa não para por aí. As pesquisas e estudos avançaram mais e procuraram responder a outras perguntinhas…

Com ou sem calcinha?

“O fato em si não é tão determinante pensando em saúde”, afirma Márcia Araújo, da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo). “O que as mulheres têm que ter em mente é que a vagina precisa de ventilação”, explica a ginecologista.

Usar pijamas quentes e muito fechados, o que pode ser inevitável no inverno, prejudica a ventilação na vagina. As bactérias que causam secreção vaginal não gostam de ar, então quanto mais fechado e com pouco vento, maior é a possibilidade de infecção. Já os fungos, gostam de locais quentes e úmidos, características também encontradas na vagina se não há ventilação.

Mas isso não quer dizer que é obrigatório dormir pelada. Escolher o tecido da calcinha já resolve.

“As mulheres têm glândulas na vagina que produzem secreções e transpiram. Como tecidos sintéticos são impermeáveis, eles deixam a região ainda mais quente e úmida. Se você usar uma calcinha de tecido natural, como algodão, ela garante a absorção e deixa arejado”, diz Bárbara Murayama, ginecologista e coordenadora da Clínica da Mulher do Hospital 9 de Julho, em São Paulo.

Se você é da turma que prefere tirar a roupa, lembre-se de tomar alguns cuidados. “Quando a mulher começa a dormir sem calcinha pode ter alergia. Isso porque devemos lavar calcinhas com sabonete mais neutro, mas ao dormir pelada a vagina tem contato com o lençol, que tem resquícios de produtos mais fortes, como sabão em pó, que podem irritar a região”, afirma Murayama.

Mas e o sutiã na hora de dormir?

Segundo Murayama, é desnecessário. “Ele pode machucar a mama, normalmente aperta, pressiona e pode causar dores musculares. Nós não conseguimos moldar os seios com sutiã ou deixar mais durinho, então não há motivos para dormir com ele”.

Já para Araújo, o sutiã tem seus benefícios. “Se for sem ferrinho, sem costura e pouco rígido ajuda a deixar a mama no lugar e melhora a drenagem linfática, ajudando a perder o desconforto na TPM, por exemplo”.

Coloca a cueca ou tira a cueca?

Pode escolher entre boxer, samba canção ou ao ar livre. A regra para os homens é a mesma: pode escolher desde que não esquente demais.

“No ponto de vista médico, o que acontece é que o testículo tem que trabalhar a 35°C, mais gelado que o corpo”, afirma Alex Meller, urologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). “Caso a cueca ou o pijama esquentem demais, a produção de esperma é retardada, e os espermatozoides podem sair em menor quantidade e pior qualidade. O bebê não terá nenhum problema por isso, mas fica mais difícil engravidar”.

Caso não deixe a região pegando fogo, dormir de cueca está liberado. Além disso, também é importante prestar atenção no tecido da peça. “O algodão absorve melhor o suor, deixa arejado e dá menos alergia, é preferível aos tecidos sintéticos que esquentam, deixam úmido e podem dar irritações”, explica Meller.

Um lado bom para quem dorme pelado é o estimulo causado no pênis. “O pênis precisa ser estimulado para manter uma ereção saudável. De alguma forma, quando você dorme pelado você aumenta o estímulo ao se mexer nos lençóis, isso tem valor para a ereção ficar mais saudável”, diz Meller.

 

Bem, aí está. Fiz a minha escolha saudável há muuuuitos anos. Espero que, depois de ler isto, você possa fazer a sua!

 

 

 

 

 

Fonte:

UOL Saúde, Maria Júlia Marques

fatosdesconhecidos.com

Meus votos de Feliz Natal a todos!

(Hamlet, Ato 1, Cena 1):

Some says that ever ‘gainst that season comes

Wherein our Saviour’s birth is celebrated,

The bird of dawning singeth all night long:

And then, they say, no spirit dares stir abroad;

The nights are wholesome; then no planets strike,

No fairy takes, nor witch hath power to charm,

So hallow’d and so gracious is the time.

Alguns dizem que sempre, pouco antes de chegada a estação

em que o aniversário de nosso Salvador é celebrado,

o pássaro da aurora canta a noite toda,

e então, dizem, nenhum espírito ousa vagar…

As noites são íntegras, nenhum planeta golpeia,

nenhuma fada encanta, nenhuma bruxa tem poder o poder de enfeitiçar,

tão louvada e graciosa é a época.

Então, eu te trouxe isto:

FELIZ NATAL e FELIZ ANO NOVO!

Uma dica de leitura muito interessante

O e-book “Seja Feliz – Be Happy” possui mais de 150 frases e dicas para ajudar a desenvolver a felicidade em nossa vida cotidiana. E, como é um livro bilíngue, português/ inglês, além de motivar a felicidade, você irá também se exercitar no idioma inglês. Desfrute e… Que a felicidade faça parte de sua rotina.

 

Se quiser comprar, está bem baratinho na Amazon. Basta clicar na capa acima, e curtir!

Pai transforma desenhos de seu filho de 6 anos em realidade

O usuário do Instagram @thingsihavedrawn transformou em realidade alguns dos desenhos de seu filho de 6 anos, e o resultado foi inusitado, para dizer o menos… Haja criatividade!

Arte abstrata? Esse é o trabalho de um menino de apenas 6 anos.

Arte abstrata? Esse é o trabalho de um menino de apenas 6 anos.

Esse é bonitinho, mas ainda assim um tanto estranho

Esse é bonitinho, mas ainda assim um tanto estranho

Esse é o desenho de uma girafa... Eh eh eh...

Esse é o desenho de uma girafa… Eh eh eh…

Gostei do carro. Tem estilo, pelo menos.

Gostei do carro. Tem estilo, pelo menos.

Concordo que QUASE todas as ovelhas são fofinhas...

Concordo que QUASE todas as ovelhas são fofinhas…

Muito legal esse elefante!

Muito legal esse elefante!

Esse também ficou bonitinho.

Esse também ficou bonitinho.

Muito bacana essa criança desenhar, e todos os bichinhos estão sorrindo, e mais bacana ainda o pai participar desse jeito!

 

 

 

 

Fonte:

Buzzfeed