Descubra os maiores em 150 anos de futebol

Untitled-1

Na noite fria de 26 de outubro de 1863, uma segunda-feira, um grupo de britânicos reunidos em um bar da capital inglesa decidiu, entre goles de cerveja e uísque, chegar a um consenso para oficializar a prática de um esporte. A ideia era que a novidade fosse uma mistura de movimentos de corpo e dribles com o objetivo de conseguir que a bola ultrapassasse a linha que separava duas balizas. Haveria limites para o uso das mãos, numa forma de se distanciar dos que queriam algo mais próximo do que é hoje o Rugby.

Simples assim.

Basicamente, foi isso que 11 representantes de clubes ingleses discutiram no Freemason’s Tavern, um pub na Great Queen Street, entre os números 61 e 65. Foi ali que aqueles primeiros cartolas do futebol fundaram, naquele dia, a FA (The Football Association), primeira federação de futebol do mundo. A imprensa da época não deu muita bola –o jornal “The Times” publicou em suas páginas só um pequeno texto registrando o encontro.

De lá para cá o futebol, que completa 150 anos, conquistou o planeta, revelou craques, grandes times, seleções, belas partidas e gols inesquecíveis! Mas alguma coisa mudou desde então:

A história do futebol foi marcada por grandes times. Normalmente liderados por um craque, o time cresce, cada atleta atinge o seu melhor e nasce uma equipe que faz história. Foi assim com esses times citados abaixo:

Santos – anos 60

Liderado pelo maior jogador da história, Pelé, o time foi bicampeão sul-americano e mundial.

Real Madrid – anos 50/60

Contando com Di Stéfano e Puskas, conquistou seis títulos europeus.

Ajax – anos 70

Na época de Cruyff, o Ajax holandês revolucionou a modalidade ao criar o Futebol Total e foi base da Holanda vice-campeã em 74, a seleção chamada de “Laranja Mecânica”.

Flamengo anos 70/80

Com Zico em grande fase, o Flamengo conquistou sete Cariocas, quatro Brasileiros, a Libertadores e o Mundial de 1981.

Milan – anos 80/90

Futebol ofensivo e campeão europeu com Van Basten e o técnico Arrigo Sacchi.

Barcelona – anos 2000

A partir de 2009, o Barça de Messi conquistou 16 títulos em 22 disputados.

Mas a grande alegria do futebol são os gols, e existem alguns jogadores que se destacam justamente pela fome de gols. Veja abaixo os maiores artilheiros da história e a quantidade de gols que cada um marcou:

Pelé – 1282 gols. Na seleção, marcou 95 gols em 115 jogos.

Ronaldo – coartilheiro das Copas do Mundo, com 15 gols nos mundiais de 1998, 2002 e 2006. Klose, da Alemanha, fez seus gols nas Copas de 2002, 2006 e 2010, e na de 2014 chegou aos 15 gols.

Gerd Müller – 14 gols em Copas.

Just Fontaine – 13 gols apenas na Copa de 1958!

Messi – aos 27 anos de idade, já soma 396 tentos. Fez o número recorde de 91 gols em 2012.

Tem muito mais histórias sobre o futebol, por exemplo, quando as mulheres entraram no esporte; o que ocorreu na trégua de Natal da Primeira Guerra Mundial (essa trégua foi detalhada aqui) ou a grande tragédia de 1964. Mas vamos deixar essas histórias para um outro dia, num outro post…

 

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.