Inventores e cientistas que morreram por suas criações

Alguns inventores, cientistas e pesquisadores tiveram mortes causadas, direta ou indiretamente, por suas próprias descobertas

O mundo das descobertas científicas e tecnológicas pode ser muito ingrato. Como se não bastassem as brigas por patentes e disputa de egos, cientistas, pesquisadores e inventores também enfrentam os perigos oferecidos pelo desconhecido. Principalmente quando ele está prestes a se tornar o primeiro em algum experimento extraordinário. E não foram poucos os que perderam suas vidas em nome da ciência e progresso da tecnologia.

 

  • Otto Lilienthal, pioneiro em voos de planador
    (Otto Lilienthal Musem)
    O alemão Otto Lilienthal ficou conhecido como “o pai do voo planado”. Engenheiro mecânico, em 1867 Herr Lilienthal publicou um importante estudo sobre o voo dos pássaros, considerado uma das obras mais importantes da aviação. Segundo informações do Museu Otto Lilienthal, foi em 1891 que, depois de vários protótipos, o alemão chegou ao modelo Derwitzer Glider, o primeiro a carregar uma pessoa. Alguns anos depois, Herr Lilienthal desenvolveu aquele que seria o seu carrasco, o planador “Normal Glider”. Ao decolar e planar com ele no dia 9 de agosto de 1896, o alemão caiu de uma altura de 17 metros do chão, quebrando a coluna. Herr Lilienthal morreu no dia seguinte. Reza a lenda que suas últimas palavras, como bom germânico, foram: “Opfer müssen gebracht werden” que, em português, significam “Sacríficios precisam ser feitos”.

 

 

 

 

 


* O ozônio é um gás incolor que forma uma fina camada na atmosfera e absorve componentes nocivos da luz solar, conhecidos como raios “ultravioleta B” ou “UV-B”. Ele protege os seres humanos dos riscos de desenvolver câncer de pele ou catarata, entre outras doenças, e impede mutações nocivas em animais e plantas.
Nos anos 1980, cientistas descobriram que a produção humana de gases CFC tinha causado um buraco enorme na camada de ozônio, colocando em risco a vida no planeta. A abertura, encontrada acima do Polo Sul, acendeu um alerta global e se tornou o maior ícone da luta pela preservação ambiental.

 

 

Fonte:

exame.com

Publicado por Julio

Uma pena eu não ter nascido herdeiro ou milionário. Pois tenho um grande potencial pra isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: