Cidade-fantasma queimará por mais 500 anos

Tudo começou com um incêndio de pequenas proporções num aterro de lixo, mas sem ser combatido, o fogo invadiu as minas de carvão

Tudo começou com um incêndio de pequenas proporções num aterro de lixo, mas sem ser combatido, o fogo invadiu as minas de carvão

Centralia é um distrito localizado no estado norte-americano de Pensilvânia, que contava com cerca de 5 mil habitantes na década de 1960. O local também abrigava cinemas, escolas, restaurantes, igrejas e uma mina de carvão.
Segundo o censo norte-americano de 2000, a sua população era de 21 habitantes. Em 2007, foi estimada uma população de 9, já em 2012 eram apenas 4 habitantes. O motivo? Um terrível incêndio na mina que simplesmente devastou a região, com chamas que continuam ardendo, mesmo após mais de 40 anos desde o incidente.
Com carvão mineral em abundância, a atividade na mina era a principal fonte de renda da cidade. Até que, em algum dia de 1962 , a queima de um aterro sanitário causou um enorme incêndio na mina de carvão abandonada. O fogo se espalhou pela mina, que se estendia por quase todo o subsolo da cidade, liberando gases tóxicos por toda a região. Devido ao calor gerado, ocorreram inúmeros incêndios. A população foi obrigada a abandonar a cidade para evitar doenças respiratórias, já que ninguém conseguiu conter a devastação.

Na foto da esquerda, a avenida principal da cidade há  mais de 30 anos. Na foto da direita, a mesma avenida, 18 anos depois.

Além dos gases tóxicos, muitos outros perigos foram assustando os moradores de Centralia. O dono de um posto de gasolina fechou as portas em desespero após descobrir que a gasolina no tanque subterrâneo estava com mais de 75 °C.
Em 1981, Todd Domboski, um garoto de 12 anos, caiu em um buraco de 46 metros de profundidade que surgiu repentinamente sob seus pés. Só foi salvo graças a seu primo, que conseguiu retirá-lo dali rapidamente. Foi esse incidente que tornou a cidade conhecida nacionalmente, e inspirou produtores e roteiristas de cinema, que fizeram o filme de terror “Silent Hill”.
centralia 5
Em 1984, o Congresso americano conseguiu mais de US$ 42 milhões em recursos para a realocação dos moradores. Em 1992, o governador Bob Casey assinou um decreto, condenando todas as casas e prédios da cidade. E, em 2002, o serviço postal americano revogou o CEP de Centralia (17927). Isso significa que, para todos os efeitos, ela não existe mais…
centralia 17
Os especialistas estimam que, por conta das reservas de carvão no subsolo, a cidade-fantasma continuará queimando por mais 500 anos…
62966.ngsversion.1422289107069.adapt.945.1
Anúncios

2 pensamentos sobre “Cidade-fantasma queimará por mais 500 anos

  1. Wow! Que história incrível! Levanta uma discussão e tanto acerca das bizarrices que o ser humano provoca contra a natureza e prol do poder. Entendo as circunstâncias da necessidade de geração de renda, mas a todo e qualquer custo? Vale a discussão! Belíssimo post!

    Curtido por 1 pessoa

    • Obrigado pelo comentário. Realmente, gerar renda a todo custo gera problemas que o homem nem imagina. E não levar em conta os pequenos acidentes também pode causar grandes desastres – isso acontece sempre aqui no Brasil, principalmente bitucas na estrada, provocando as queimadas!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s