Que tal estudar numa escola de bruxos?

PotterBrasil_interna

Aprender feitiços, jogar quadribol, beber cerveja amanteigada e passear por Hogwarts. Tudo isso é possível em Campos de Jordão, cidade que fica a 180 km de São Paulo.

Como em Hogwarts, escola de bruxaria de Harry Potter, os alunos vão viver e ter aulas no castelo (um hotel com mais de 6 mil metros de área construída e a 1700 metros de altitude).

103-e1453409513558

“Por quatro dias, uniformizados com as típicas capas da EMB, os alunos se matricularão e frequentarão as aulas que mais forem de seu interesse. Há temas apropriados para todos os tipos de bruxos!”, diz o site.

Os alunos deverão escolher oito dos 10 cursos oferecidos pela escola: Poções e Elixires, Cuidado dos Animais Mágicos, Adivinhação, Astromagia, Cultura Trouxa, Herbologia, História Mágica, Defesa Antitrevas, Feitiçaria, Voo (sim, tem uma disciplina que ensina a habilidade de voar!). Eles receberão todo o material escolar para as aulas, que vão durar em torno de 40 minutos cada.

As aulas incluem recitar feitiços, jogar Quadribola (adaptação do jogo Quadribol dos livros de Harry Potter), cuidar de “animais mágicos” e vivenciar “a rotina de uma escola de magia em um castelo de verdade.”

Escola de Magia e Bruxaria do Brasil é uma iniciativa da gaúcha Vanessa Godoi que, em outubro de 2015, resolveu reunir fãs dos livros e dos filmes de Harry Potter do Brasil inteiro para uma experiência de um dia de aulas e disputas nos mesmos moldes das vividas em Hogwarts.

A vivência, que aconteceu em Porto Alegre, deu tão certo que, neste ano, a escola saiu das terras gaúchas para aportar em Campos do Jordão. Em 2016 a experiência fica muito maior. As aulas acontecem entre os dias 24 e 27 de junho, ou seja, quatro dias de imersão no universo criado por J.K. Rowling.

“Vem gente do Brasil inteiro, já recebemos até do Pará e do Amazonas. Estamos esperando 220 pessoas. Podem se inscrever alunos dos 14 aos 99 anos. No caso dos bruxos, estendemos a idade para os 155 anos”, brinca Vanessa.

54-e1453409553795

Ela explica que a ideia surgiu depois de perceber que todas as feiras sobre a saga eram iguais. “Decidi criar um mundo paralelo, onde os fãs poderiam ter uma imersão completa e real do mundo da magia. O conteúdo dado em sala de aula é totalmente lúdico e voltado ao universo de Harry Potter”, acrescenta.

Vanessa disse que a escola não pretende ser apenas uma cópia de Hogwarts. “Lá, as pessoas encarnam mesmo os personagens, igual a um RPG [jogo em que consiste interpretar papéis em um determinado universo fictício]. O objetivo é criar a nossa própria fanfic [narrativa fictícia escrita e divulgada por fãs].”

Ambientação

Uma equipe de 32 pessoas, entre atores, cenógrafos e figurinistas, se encarregará de transformar o castelo em uma verdadeira instituição de magia e bruxaria. Tudo está sendo pensado nos mínimos detalhes para incrementar a experiência dos alunos.

93-e1453409528278

A quadra de tênis, por exemplo, se transformará em uma quadra de “quadribola”, derivado do quadribol, esporte mais popular no universo da bruxaria. Até os quatro camarotes para abrigar torcedores das quatro diferentes casas serão reconstituídos, iguaizinhos aos de Hogwarts.

No ato da matrícula, cada aluno escolhe em qual casa prefere ficar. A Casa dos Tigres corresponde a Grifinória; a das Cobras, a Sonserina; a Casa das Águias é Corvinal; a dos Esquilos fica com quem prefere Lufa-Lufa.

“Aqui não tem o chapéu seletor, mas há um limite de 55 pessoas por casa. Por isso, na hora de fazer a matrícula, os alunos precisam colocar uma ordem de preferência para serem realocados caso seja necessário”, diz ela.

Tupiniquim

A criadora da experiência já adverte que a Escola de Magia e Bruxaria do Brasil, apesar das muitas semelhanças, não é Hogwarts. Desta forma, embora contem com as mesmíssimas disciplinas da parente britânica, os estudantes não encontrarão personagens como o diretor Alvo Dumbledore ou o professor Snape.

“São dez professores e um diretor, todos diferentes daqueles apresentados em Hogwarts. Os nossos têm mais a cara do Brasil, há uma miscigenação maior. Os alunos vão adorar os novos personagens”, explica.

A empreitada une 11 atores, mais figurinistas, cenógrafos e roteiristas, que trabalham para dar vida às situações vividas na escola durante os quatro dias de atividades.

Prepare o bolso

Deu vontade de ir? Então é bom tratar de quebrar logo o cofrinho, cobrar aquele empréstimo para o irmão ou preparar um discurso bem persuasivo aos pais. Os quatro dias de curso saem por R$ 1.800.

Mas não se engane, mesmo com o valor salgado, quem esperar muito pode ficar sem vaga. “Abrimos as matrículas em dezembro do ano passado e já temos praticamente a metade de inscritos. A expectativa é que até o fim de fevereiro as vagas estejam esgotadas”, explica Vanessa.

45-e1453409562544

Os interessados podem acessar a página da escola para mais informações.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s