Manda estagiário fazer, dá nisso…

Scroll down to content

Todo mundo brinca com o estagiário.

Uma definição científica que corre por aí diz que o estagiário é uma subespécie chamada Inutilis RastejantisPodem atingir um nível cognitivo muito próximo ao dos seres humanos normais,  diferenciando-se apenas por serem acometidos de algumas anomalias cerebrais irreversíveis, o que para esta subespécie é um indicativo de evolução. Ao atingir esse nível, eles passam a ser chamados de Chatus uni-eskina-universitarius.

No meio corporativo, o estagiário é tido como uma criatura que não tem nada para fazer e não tem raciocínio próprio, porém sabe reconhecer uma ordem simples e está disposto a trabalhar mais e ganhar menos que os outros membros da empresa.

Normalmente, o estagiário é contratado para realizar o trabalho de outros profissionais para que estes tenham tempo de jogar Candy Crush e postar no Facebook. 

Por mais que o estagiário diga que “não é bem assim”, de tempos em tempos surgem evidências de que… “Sim, é assim”. Vejam o exemplo abaixo:

Eu encerro meu caso, Meretíssimo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: