Atores que recusaram papéis importantes

A gente toma decisões muitas vezes apressadas, ou motivados por crenças e temores que, no final, se mostram infundados. No caso dos grandes astros de cinema, isso também é verdade, mas existe um fator adicional: os agentes que os representam. Eles muitas vezes aconselham seus clientes de forma errada, em função de outros acordos ou contratos fechados antes… E seus clientes, por causa disso, ficam amargando anos antes de alcançar o estrelato. Ou há os casos em que o ator já era renomado e essa decisão afunda sua carreira. E temos, finalmente, o imponderável mesmo, você não estar no lugar certo na hora certa. São raras as exceções em que essa mudança de planos não altera absolutamente em nada a carreira do ator.

O curioso é que alguns filmes, se determinado ator fizesse o papel, se tornariam inesquecíveis, enquanto que outros só se tornaram o que são graças exatamente à troca de atores… Isso é Hollywood!

Veja alguns exemplos:

Tim Roth – Severo Snape

tim-roth

O ator de Pulp Fiction foi convidado para fazer o papel do professor chato do Harry Potter, mas recusou o papel para seguir com o projeto que já estava engatado, a refilmagem do Tim Burton proPlaneta dos Macacos. Acabou que deu certo pra todo mundo, já que todos adoraram o gorilão interpretado por Roth e ninguém consegue, hoje, ver outra pessoa pra fazer o Snape do que Alan Rickman.

Nicolas Cage – Duende Verde

Nicolas Cage passed up the role of the Green Goblin in "Spider-Man."

Willem Dafoe topou, mas não se pode dizer que esse papel mudou a carreira dele, para o bem ou para o mal. Agora, essa mania (?) do Cage de abrir mão de papéis, como esse e o de “O Lutador”, que deu o Globo de Ouro a Mickey Rourke, o levou ao declínio em sua carreira…

Cary Grant – James Bond

Ian Fleming tinha Grant em mente quando o projeto de levar 007 aos cinemas foi adiante. Mas o astro recusou, porque não quis assinar um contrato para vários longas, além de se achar velho demais para o papel. Sorte no novato Sean Connery.

Russel Crowe – Wolverine

Que Crowe é melhor ator que Hugh Jackman ninguém discute, e que é bem possível que seu Wolverine ficasse bem legal é um outro ponto de concordância. Mas ele não aceitou o salário oferecido para estrelar “X-Men, o Filme” e o papel ficou com Hugh, que acabou voltando a ele várias outras vezes.

Will Smith – Django

will smith

Diz a lenda que Tarantino escreveu o papel com Will em mente, e que o superastro recusou ao saber que não teria controle sobre o filme. De fato, o choque de egos seria um cataclisma, com Tarantino, Smith e Di Caprio num mesmo filme! Mas não achei tão mal assim ele pular fora, porque ele ultimamente tem “adocicado” suas participações, e Django teria que ser do jeito que ficou com Jamie Foxx. E isso não mudou a carreira de Smith em nada.

John Travolta – Forrest Gump

Travolta tinha estrelado “Pulp Fiction”, o filme que o trouxe de volta das cinzas e a consagração final poderia ter sido com “Forrest Gump”. Só que ele recusou o papel… Tom Hanks topou e ganhou seu segundo Oscar com ele.  Este é um dos exemplos em que a troca só beneficiou o filme, que entrou para a categoria dos “inesquecíveis”.

Al Pacino – Han Solo

“O papel já era meu, mas não entendi o roteiro”, revelou recentemente Al Pacino. Ele estava falando de Han Solo, personagem que acabou com Harrison Ford na trilogia original de Guerra nas Estrelas. Cada vez mais me convenço de que George Lucas é, antes de tudo, um sortudo… Antes de escolher Ford, ele ainda convidara – e recebera recusas de – atores como Christopher Walker e Nick Nolte.

Tom Selleck – Indiana Jones

Pensando bem, sortudo é o Harrison Ford… Além de não ter sido a primeira escolha para Han Solo, também não foi para Indiana Jones. Só foi escalado depois que Tom Selleck recusou e preferiu continuar com a série de TV “Magnum”. Esse é um daqueles casos em que a decisão mudou a carreira do ator… Para o bem e para o mal. E quer saber? Selleck daria um bom Indiana!

Kim Basinger – Catherine Tramell

Sorte de uns, azar de outros… Kim Basinger não quis fazer um papel de vilã, e Sharon Stone foi chamada… Na minha opinião, Michael Douglas ficaria sem fôlego com qualquer uma dessas deusas… Mas o fato é que essa decisão ajudou a afundar a carreira de Basinger e a levar a carreira de Stone para as alturas.

Tom Cruise – Tony Stark

tom cruise

Muitos anos antes de começarem as filmagens de “Homem de Ferro”, Tom Cruise decidira produzir a película e, claro, ficar com o papel principal – como fez na série “Missão Impossível”. Não é preciso dizer que foi ótimo ele desistir de fazer isso, porque assim o papel acabou nas mãos do genial Robert Downey Jr., que retomou sua carreira e ainda estrelou outra franquia de sucesso, Sherlock Holmes.

Jack Nicholson – Michael Corleone

Jack Nicholson declined an offer to play Michael Corleone in "The Godfather."

“Eu acreditava naquela época que índios deveriam ser interpretados por índios e italianos deviam ser interpretados por italianos… E sempre achei que Al Pacino era Michael Corleone”. Francis Ford Coppola pensou em vários atores para esse papel, além de Nicholson, incluindo Robert Redford e Warren Beatty. Mas a palavra de Nicholson teve peso na decisão do diretor.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s