Atualidades, Curiosidades, Family, Novidades

A arte do chocolate na Rússia

 Para um chocólatra como eu – e uma de minhas maiores batalhas é resistir ao impulso de visitar a loja da Kopenhagen em frente de casa e detonar o estoque deles – chocolate é uma arte (comer chocolate, quero dizer, rsrsrs).

Brincadeiras à parte, o chocolate é um deleite. Para quem não sabe, ele é um alimento feito com base na amêndoa fermentada e torrada do cacau. Sua origem remonta às civilizações pré-colombianas da América Central. A partir dos descobrimentos, esse alimento foi levado para a Europa, onde popularizou-se, especialmente a partir dos séculos XVII e XVIII. Porém, em função das necessidades climáticas para o cultivo do cacau, não foi possível seu plantio na Europa e por isso as colônias americanas continuaram a fornecer a matéria-prima.

Atualmente os maiores produtores de cacau estão na África.

Mas o chocolate consumido naquela época não era nada parecido com o que conhecemos hoje.

Esse alimento divino de hoje é resultado de sucessivos aprimoramentos que foram pesquisados desde Colombo. Na ocasião, o chocolate que os astecas consumiam era uma bebida quente e amarga e apenas os reis e sacerdotes podiam bebê-la. Foram os europeus que passaram a adoçá-la e a misturar especiarias. Foi então com o desenvolvimento dos processos industriais e técnicas culinárias que surgiu o chocolate misturado com leite e suas diversas formas: sólido, em pó, em barras, bombons, e finalmente os achocolatados (Nescau, hummm…).

Hoje, ele pode ser consumido ainda como ingrediente de musses, tortas e bolos (Floresta Negra, hummm…), sorvetes e outros doces.

Pois bem, aposto como todo mundo conhece o melhor chocolate do mundo como sendo o suíço, certo? Aí é que está, hoje a Suíça enfrenta um forte concorrente a esse título, a Rússia!

Existe uma tradição chocolateira na Rússia que é totalmente diferente do resto do mundo, e os chocolates russos evoluíram de uma forma muito própria. Claro, eles têm os waffles, geleias e pastas feitas com chocolate, além das barras…

Russian chocolate bar Alenka

Sem falar dos doces com marshmallow, cobertos de nozes e recheados de frutas secas…

Russian chocolate comme il faut

 Mas o que pega mesmo são as sobremesas, que alcançaram níveis de obras de arte:

Vou parar por aqui porque está sendo uma tortura fazer este post. Agora, me dê licença que vou ali em frente e já volto…

 

 

 

Anúncios

2 comentários em “A arte do chocolate na Rússia”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s