Atualidades, Curiosidades, Family, Novidades

A arte do chocolate na Rússia

 Para um chocólatra como eu – e uma de minhas maiores batalhas é resistir ao impulso de visitar a loja da Kopenhagen em frente de casa e detonar o estoque deles – chocolate é uma arte (comer chocolate, quero dizer, rsrsrs).

Brincadeiras à parte, o chocolate é um deleite. Para quem não sabe, ele é um alimento feito com base na amêndoa fermentada e torrada do cacau. Sua origem remonta às civilizações pré-colombianas da América Central. A partir dos descobrimentos, esse alimento foi levado para a Europa, onde popularizou-se, especialmente a partir dos séculos XVII e XVIII. Porém, em função das necessidades climáticas para o cultivo do cacau, não foi possível seu plantio na Europa e por isso as colônias americanas continuaram a fornecer a matéria-prima.

Atualmente os maiores produtores de cacau estão na África.

Mas o chocolate consumido naquela época não era nada parecido com o que conhecemos hoje.

Esse alimento divino de hoje é resultado de sucessivos aprimoramentos que foram pesquisados desde Colombo. Na ocasião, o chocolate que os astecas consumiam era uma bebida quente e amarga e apenas os reis e sacerdotes podiam bebê-la. Foram os europeus que passaram a adoçá-la e a misturar especiarias. Foi então com o desenvolvimento dos processos industriais e técnicas culinárias que surgiu o chocolate misturado com leite e suas diversas formas: sólido, em pó, em barras, bombons, e finalmente os achocolatados (Nescau, hummm…).

Hoje, ele pode ser consumido ainda como ingrediente de mousses, tortas e bolos (Floresta Negra, hummm…), sorvetes e outros doces.

Pois bem, aposto como todo mundo conhece o melhor chocolate do mundo como sendo o suíço, certo? Aí é que está, hoje a Suíça enfrenta um forte concorrente a esse título, a Rússia!

Existe uma tradição chocolateira na Rússia que é totalmente diferente do resto do mundo, e os chocolates russos evoluíram de uma forma muito própria. Claro, eles têm os waffles, geleias e pastas feitas com chocolate, além das barras…

 

Ou os chocolates recheados com pistache e outras delícias…

 Mas o que pega mesmo são as sobremesas, que alcançaram níveis de obras de arte:

Existem ainda, segundo os chocólatras mais avançados e com PHd em Rússia, os bombons mais saborosos do mundo – que, infelizmente, ainda não tive a chance de provar:

  • Os bombons “Lastotchka” são conhecidos de todos os que cresceram na URSS. Eles eram baratos para a época tinham uma embalagem dourada com a silhueta roxa de uma andorinha. Eram a pedida perfeita para o chá ou para a decoração da mesa em ocasiões especiais. O “Lastotchka” consiste de um crème brûlée com cacau e geleia de laranja no recheio, tudo isso revestido com uma cobertura de chocolate.

  • O “Krásnaia chápotchka” (Chapeuzinho Vermelho) é conhecido não só dos fãs de contos de fadas, mas também dos de doces. Sob sua embalagem amarela com o desenho da menina do conto de fadas, há um bombom composto por camadas de wafer finas e crocantes. Entre as camadas, há uma pasta de praliné e o bombom é coberto com uma cobertura de chocolate ondulada.

  • O “rulada” é ideal para quem gosta de delicadas sobremesas com leite ou nata. O bombom é coberto de chocolate ao leite e leva flocos de arroz e nozes. Uma mordida é o suficiente para sentir o sabor do chocolate. Alguns segundos depois, você sentirá o delicado creme de nata do recheio do “rulada”. E sim, os bombons têm um sabor muito leve, por isto há um grande risco de você comer mais do que deveria!

Vou parar por aqui porque está sendo uma tortura fazer este post. Agora, me dê licença que vou ali em frente e já volto…

 

 

 

 

Fontes:

wikipedia

br.rbth.com/

2 comentários em “A arte do chocolate na Rússia”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.