O mercado na linha férrea na Tailândia

Esse mundo é mesmo muito louco…

Na Tailândia, em Samut Songkhram – a coisa de 40 quilômetros de Bangcok -, existe um mercado ao ar livre que vende de tudo: frutas tropicais e legumes em grandes pilhas coloridas, uma grande variedade de especiarias secas, pastas e ervas, frutos do mar recém-pescados e outros alimentos locais.

maeklong-railway-market-0única diferença em relação aos outros mercados – e às feiras-livres no Brasil – é que ele fica bem em cima dos trilhos de uma ferrovia.

maeklong-train-market

E não é uma força de expressão, o mercado fica de fato em cima dos trilhos! Quando o pessoal que ali trabalha ouve o apito da locomotiva, eles recolhem os produtos, levantam os toldos e deixam passar o trem, que cruza a feira diariamente por três vezes, duas de manhã e uma de tarde! O trem passa quase tocando as mercadorias, e todo mundo se espreme debaixo das barracas.

maeklong-railway-market-5

maeklong-railway-market-2

maeklong-railway-market-12

Depois que o trem passa, os vendedores recolocam tudo como estava antes, descem os toldos das barracas e os clientes voltam, como se nada tivesse acontecido. O mais curioso é que não são os feirantes que invadiram o espaço da ferrovia, já que a feira existe no mesmo lugar desde antes que a via férrea fosse criada, em 1905!

maeklong-railway-market-16

Maeklong é o nome desse mercado, que fica de fato num grande edifício cheio de ban­cas mais ou menos orga­ni­za­das, mas que acabou crescendo para fora, e a ferrovia acabou passando no meio dessa extensão do mercado. E se transformou numa atração turística, porque mesmo aos olhos dos orientais, não é todo dia que se vê um trem passando no meio de uma feira!

E quando soa o apito, à boa maneira tailandesa – isto é, sem estresse e quase sempre com um sorriso nos lábios -, os comerciantes recolhem as mercadorias e ficam assistindo o trem passar, e é impressionante de se ver (segundo os relatos de quem já esteve por lá) que quase nada é esmagado debaixo da composição. Depois que o trem vai embora, a vida continua em Maeklong.

É um espec­tá­culo digno de se ver, como no vídeo abaixo, mas dizem que esse espetáculo pode ter os dias con­ta­dos. Prevê-se para breve a aber­tura de um grande super­mer­cado que, de certa forma, pode acabar com o futuro dessa feira tra­di­ci­o­nal. É melhor apressar-se, por­tanto, se qui­ser ver a banda pas­sar… Digo, o trem passar em Maeklong.

 

 

 

Fonte:

http://www.amusingplanet.com/

Publicado por Julio

Uma pena eu não ter nascido herdeiro ou milionário. Pois tenho um grande potencial pra isso.

Um comentário em “O mercado na linha férrea na Tailândia

  1. Julinho, minha nega… qualquer mineiro que abrisse uma barraquinha lá (o que não é difícil), a todo instante iria dizer: “Ô trem doido, sô!”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: