Os 10 Livros Mais Lidos do mundo

O gráfico é baseado no número de livros impressos e vendidos nos últimos 50 anos. Alguns títulos, que não estão nessa lista, podem ter mais cópias impressas do que estes livros, mas uma grande parte deles não foi vendida, e portanto, entende-se que não foram lidos. O número acima das lombadas representa a quantidade de exemplares vendidos, em milhões de unidades.

1 – A Bíblia Sagrada
2 – Citações do Presidente Mao Tsé-Tung
3 – Harry Porter (J.K.Rowling)
4 – O Senhor dos Anéis (J.R.R.Tolkien)
5 – O Alquimista (Paulo Coelho)
6 – O Código Da VInci (Dan Brown)
7 – A Saga Crepúsculo (Stephenie Meyer)
8 – …E o Vento Levou (Margaret Mitchell)
9 – Pense e Enriqueça (Napoleon Hill)
10 – O Diário de Anne Frank

De minha parte, li muito pouco dessa lista.

Da Bíblia, que vendeu quase 4 bilhões de cópias nesses últimos 50 anos, só li alguns trechos, quando no colégio do Carmo, onde estudei. As Citações do Mao-Tse Tung, segundo na lista, li trechos esparsos na faculdade…

Harry Potter, esse sim, essa fantasia mágica me cativou e li quase todos, acho que só pulei o terceiro. Mas os filmes baseados nos livros, esses assisti a todos. O “Senhor dos Anéis”, ganhei de minha filha uma versão compacta dos 3 volumes em um, coisa de mais de 1000 páginas! Assisti todos os filmes e adorei. Mas os livros são muuuuuuito chatos…

Paulo Coelho… Só li um livro dele, “Verônica quer morrer”, e achei aborrecido, daí não me interessei por nenhum outro. Mas reconheço sua importância e sua influência na vida de muitas pessoas, várias que inclusive conheço.

Dan Brown e seu Código. Devorei esse livro em um dia, um domingo. Achei com cara de filme, e pensei “Logo vai parar no cinema”. Bingo! Anos depois, Tom Hanks estrelou a versão cinematográfica. Depois fui ler os demais livros dele, que a editora lançou por conta do sucesso desse. Foi fácil notar que o autor vinha ensaiando o esquema de sucesso desde o primeiro livro, “Fortaleza Digital” (muito ruim, por sinal), e aperfeiçoando esse estilo até o sucesso do “Código”. Li também “O Símbolo Perdido”, e me parece que a fórmula dá sinais de desgaste.

Ainda preciso ler o último, “Inferno”, que tem recebido muitos elogios – de repente, ele mexeu na fórmula…

Bem, sobre Crepúsculo, fui assistir ao primeiro filme para entender o motivo do sucesso entre a meninada, que foi o romance entre os dois personagens principais e o triângulo com o lobisomem. Mas não li nenhum livro, realmente o filme me foi o bastante. O mesmo para “E o Vento Levou”, filmaço que, para mim, não me deixou espaço para ler o romance.

O nono da lista, nunca ouvi falar, mas pelo título deve ser de autoajuda. “Enriquecer” é uma palavra mágica nesse segmento, então…

E “Anne Frank” também não li, e nem assisti a versão para o cinema. Reconheço também a importância da obra e o que esse testemunho significou para a compreensão dos horrores da guerra, mas é um tema que não me atrai.

Resumo: dessa lista, só li 30%…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s