“Sem Ray Harryhausen, possivelmente não teria havido ‘Star Wars'”

A frase que dá título ao post foi dita por George Lucas quando da morte de Ray Harryhausen, em 2013. Ray Harryhausen foi o mais conhecido pioneiro dos efeitos visuais no cinema, e trabalhou em filmes como Fúria de titãs (1981), As viagens de Gulliver (1960) e Jasão e o velo de ouro (1963).  SuaContinuar lendo ““Sem Ray Harryhausen, possivelmente não teria havido ‘Star Wars’””

Navio surge depois de ter desaparecido no Triângulo das Bermudas

A Guarda Costeira cubana anunciou que interceptou um navio à deriva na costa da ilha caribenha. O navio, identificado como sendo o SS Cotopaxi, desapareceu em dezembro de 1925 e, desde então, seu sumiço tem sido ligado ao famoso Triângulo das Bermudas. As autoridades cubanas tentaram se comunicar com a tripulação exaustivamente durante dias, porqueContinuar lendo “Navio surge depois de ter desaparecido no Triângulo das Bermudas”

Ray Harryhausen, lenda do cinema fantástico

Ray Harryhausen, uma lenda em Hollywood por seu pioneirismo na arte dos efeitos especiais, morreu em 2013 em Londres, aos 92 anos. O gênio de Harryhausen estava em conseguir dar vida a seus modelos de animação. Fossem dinossauros pré-históricos e criaturas mitológicas, nas mãos de Ray não eram marionetes, mas personagens tão importantes quanto os atoresContinuar lendo “Ray Harryhausen, lenda do cinema fantástico”

De onde vêm os sons dos dinossauros de Jurassic Park?

Li uma matéria muito interessante noutro dia, e que tratava justamente de uma pergunta que eu fiz, e certamente milhares de outras pessoas também fizeram, quando assisti Jurassic Park: como eles sabiam qual era o som que os dinossauros faziam? O engenheiro de som Gary Rydstrom não sabia, claro, mas revelou numa entrevista ao site VultureContinuar lendo “De onde vêm os sons dos dinossauros de Jurassic Park?”