Atualidades, Curiosidades, Family, Humor, Novidades

6 ruídos muuuito desagradáveis

Existem alguns sons que, por uma razão ou outra, são simplesmente insuportáveis. Além de irritantes e perturbadores, eles podem até provocar respostas físicas, como arrepios, náusea e contrações musculares. Assim, o pesquisador britânico Trevor Cox decidiu realizar um levantamento sobre os ruídos mais desagradáveis do mundo.

O projeto foi iniciado em 2007 e mais de 1 milhão de pessoas de todo o planeta participaram da pesquisa, informando quais eram, em suas opiniões, os sons que mais as incomodavam. Abaixo, os seis primeiros colocados.

Vômito

Não é por acaso que este som aparece em primeiro lugar na lista de ruídos desagradáveis. Existe muita gente que não pode sequer ouvir uma pessoa passando mal para começar a sentir náuseas e apresentar os mesmos sintomas. Mas, se você não tem o estômago fraco, pode ouvir o material utilizado na pesquisa de Trevor Cox através deste link.

Microfonia

Eis aqui um exemplo de ruído que pode provocar reações físicas fortes, como arrepios e contrações musculares. Ele ocorre quando um microfone capta e emite o próprio som, provocando um ruído agudo de alta frequência. Preparado para sofrer? Confira um exemplo de microfonia através deste link. É horrível!

 

Choro de bebê

Segundo a pesquisa, este som é especialmente irritante para os homens. Mas não pense que o som de um bebê chorando não irrita as mulheres também! Na verdade, elas só estão condicionadas a não reclamar tanto graças ao instinto maternal.

Atrito de ferro contra ferro

O som de um trem freando ou do atrito de ferro contra ferro também é bastante desagradável. Quer ouvir o barulhinho produzido? Basta clicar neste link. É dose…

Flatulência

Enquanto o som de bebês chorando parece irritar principalmente os homens, a pesquisa de Trevor Cox apontou que o ruído provocado pela flatulência humana é extremamente desagradável para as mulheres. Confira a sinfonia utilizada por Cox em seu estudo através deste link.

Arranhões em um quadro negro

Se você for da época em que os professores utilizavam aquele velho quadro negro para passar as lições e explicar as matérias, deve ter presenciado mais de uma vez aquele barulho produzido quando o giz arranhava a lousa ou quando algum engraçadinho passava as unhas sobre a superfície. Quer se lembrar de como era? Clique neste link.

 

Atualidades, Curiosidades, Novidades

Astronautas da Apollo 10 ouviram barulho estranho atrás da Lua

A NASA revelou uma gravação com uma “música estranha”, que a tripulação da Apollo 10 ouviu em maio de 1969 durante o voo no lado oculto da lua, sem contato de rádio com a Terra. O comandante do voo, Thomas Stafford, o piloto do módulo de comando, John Young, e o do módulo lunar, Eugene Cernan, fizeram a viagem durante um teste geral antes do primeiro desembarque em solo lunar, em 21 de julho de 1969, quando Neil Armstrong tornou-se o primeiro homem a pisar na lua, na histórica missão da Apollo 11.

Imagem feita pela Apollo 10.
Imagem feita pela Apollo 10.

A gravação de assovios agudos – com um total de uma hora de duração – foi apresentada na série “Os documentos inexplicáveis da NASA “, do canal de televisão a cabo Discovery Channel. Aqui está um trecho do vídeo (em inglês e sem legendas), no qual os sons aparecem por volta dos 2 minutos;

Os sons foram registrados e transmitidos para o centro de controle, em Houston, Texas, onde foram transcritos e arquivados. O áudio só foi divulgado ao público agora e isso foi muito questionado. Segundo a NASA, as transcrições são públicas há muito tempo, e os áudios não porque não havia internet na época…

“Você ouviu isso? Esse apito…”, diz Eugene Cernan na gravação. “É realmente uma música estranha”, continua o astronauta, enquanto sua nave sobrevoava o lado oculto da lua e sem qualquer contato de rádio com a Terra. Os três astronautas julgaram o fenômeno muito estranho e debateram se informariam seus superiores no centro de controle, por medo de não serem levados a sério e comprometerem seu futuro em participar de novos voos espaciais, segundo a Discovery.

Por mais estranhos que possam ter sido aqueles sons, eles não têm uma origem extraterrestre, insistiu a NASA.

Um engenheiro da agência espacial, entrevistado durante o programa, explicou que “as rádios das duas naves, o módulo lunar e o módulo de comando (que estavam ancorados), criam interferência entre elas”. Essa explicação foi contestada pelo astronauta Al Worden, comandante do módulo de comando do Apollo 15. “A tripulação da missão Apollo 10 estava completamente ciente do tipo de barulho que eles deveriam ouvir,” disse ele.”A lógica me diz que se havia algo gravado, então havia alguma coisa por lá.”

John Young, piloto do módulo de comando, chegou a fazer uma caminhada lunar como comandante da missão Apollo 16 e Eugene Cernan, quando comandante da Apollo 17, foi o último homem a pisar na lua. Ao todo, 12 astronautas caminharam sobre a superfície do satélite da Terra.

Da esquerda para a direita, os astronautas da Apollo 10 Eugene Cernan, John Young e Thomas Stafford (Foto: Divulgação/Nasa)
Da esquerda para a direita, os astronautas da Apollo 10 Eugene Cernan, John Young e Thomas Stafford (Foto: Divulgação/Nasa)

Não está claro se os astronautas escutaram o ruído em outras missões, ou se outros astronautas em missões posteriores ouviram o estranho som.

As gravações de maio de 1969 foram registradas enquanto os astronautas estavam no lado mais distante da Lua, fora de comunicação com a Terra, ou seja, não há chance alguma do som ter sido algum tipo de interferência originada por rádios ou satélites terrestres.