24 comidinhas brasileiras para provar antes de morrer

 

Interessante a dica do site Buzzfeed sobre as 24 comidinhas brasileiras que, segundo a autora do post, “você não viveu se ainda não provou”.  Claro, como em todas as listas e sobre todos os temas, faltou um bocado de coisa e, no caso do Brasil, com tantos pratos regionais – pela extensão do país e diversidade de climas, temperos, culturas etc – a lista de ausências é enorme: não estão a tapioca, o churrasco gaúcho, cuscuz, costela, pudim de leite… Sem mencionar que cada um teria a “sua” própria lista. A minha, por exemplo, não teria o salpicão e nem o empadão…

Mas, de toda forma, essas 24 dicas representam bem a diversidade do país, e dão uma fome!… Abaixo de cada foto, coloco o comentário da autora do post, que é americana e vive em Nova York.

 1. Coxinhas

Coxinhas

“Isso poderia existir aqui nos EUA…”

2. Brigadeiro

Brigadeiro

“Demorou, a gente devia comer chocolate em bolinhas!”

3. Pão de Queijo

Pão de Queijo

“Você nunca mais vai querer comer outro tipo de pão”.

4. Farofa

Farofa

“Farinha de mandioca é muito mais gostosa do que farinha de trigo”.

5. Feijão Tropeiro

Feijão Tropeiro

“A gente descobre que é uma ótima adicionar ovos e bacon em tudo”.

6. Açaí

Açaí

“Não tem um jeito certo de comer essa superfruta, mas com granola e bananas… Hummm”.

7. Pastéis

Pastéis

“Acho que todas as empanadas daqui deviam ser fritas…”

8. Mousse de Maracujá

Mousse de Maracujá

“Onde eu acho maracujá?”

9. Feijoada

Feijoada

“Como o nosso chili, só que de feijão preto e muito potente”.

10. Bolinho de Chuva

Bolinho de Chuva

“A gente não para de comer esses bolinhos fritos polvilhados de açúcar e canela”.

11. Moqueca de Camarão

Moqueca de Camarão

“Camarão com leite de coco, o básico do básico”.

12. Beijinho de Coco

Beijinho de Coco

“Coco é tão gostoso, e tããoooo subestimado!”

13. Vatapá

Vatapá

“Camarão e peixe em creme de amedoim, apimentado demais. Que curry, que nada!”

14. Bauru

Bauru

“Delicioso e fácil de fazer!”

15. Créme De Papaya

Créme De Papaya

“Superideia, seria legal colocar essa cobertura de licores doces em todos os sorvetes!”

16. Acarajé

Acarajé

“Depois dessa, quem quer comer aqueles falafels simples?”

17. Romeu e Julieta

Romeu e Julieta

“Não sei quem inventou isso, mas é bom demais!”

18. Misto Quente

Misto Quente

“Fique de lado, queijo derretido, sua vez já passou – agora, só com presunto!”

19. Requeijão

Requeijão

“E a gente comendo o cream-cheese comum a vida toda…”

20. Mandioca Frita

Mandioca Frita

“Adeus, batatinhas fritas!”

21. Salpicão

Salpicão

“Uma salada de frango turbinada”.

22. Pavé

Pavé

“Acho que tudo aquilo que vem em camadas recheadas é mais gostoso!”

23. Empadão

Empadão

“Olha como se faz uma torta de frango”.

24. Quindim

Quindim

“Delicioso, e tem raspas de coco!”

Imagine quando ela provar o que ainda falta!

As 10 mais belas cidades do mundo

Depois das 10 mais feias cidades do mundo, o site U City Guides elegeu as dez cidades mais lindas do planeta. Percebi que ainda tem muitas na lista que preciso conhecer… Confira:

10 – Bruges

Localizada a noroeste da Bélgica, a cidade é conhecida principalmente pelos seus canais que fazem com que seja conhecida como Veneza do Norte. Os pontos principais da cidade a serem visitados são o prédio da prefeitura, o Groeninge Museum, a torre medieval Halletoren, a Igreja Carmelita e o portão medieval da cidade, o Ezelpoort.

9 – Budapeste

Capital e maior cidade da Hungria, conhecida pelo apelido Rainha do Danúbio. Budapeste surgiu exatamente da união entre as cidades de Buda e Peste, uma de cada lado do rio Danúbio e desde 1873 se tornou uma só.  Quem conhece ficou fascinado pela exuberante arquitetura. Preciso visitá-la.

8 – Roma

A capital da Itália recebeu o oitavo lugar. É uma das principais cidades quando falamos em História Mundial, nela está localizado o Coliseu (se bem que o cheiro de xixi ao redor dele é insuportável) e inúmeras ruínas e monumentos. Mas gosto muito da região do Trastevere. Em seu interior também se localiza a Cidade do Vaticano.  

7 – Florença

Localizada na região da Toscana na Itália, a cidade que é sinônimo da Renascença é citada por muitos como a mais bonita do mundo, e aqui ela ficou com a sétima posição na frente da capital Roma e atrás de uma outra cidade italiana. Um dos passeios imperdíveis é a Galleria dell’Accademia, museu onde se encontra a famosa escultura David de Michelangelo.

Florence

6 – Amsterdam

Capital da Holanda, é uma das minhas favoritas e das mais charmosas que já fui. Uma das curiosidades sobre a cidade é que ela está situada em uma região abaixo do nível do mar, por isso tiveram que ser construídos os famosos canais. E andar de bicicleta por ali é imperdível.

Amsterdam

5 – Rio de Janeiro

A representante brasileira da lista não fez feio e ficou com quinta posição. Rio de Janeiro é a cidade brasileira mais conhecida no exterior e também a mais visitada por turista estrangeiros. O Rio, apesar de todos os problemas que conhecemos bem,  é… O Rio.

Rio de Janeiro

4 – Lisboa

A capital portuguesa consegue o quarto lugar na lista. As regiões da cidade mais procuradas pelos turistas são a Baixa Pombalina ou Baixa de Lisboa, Santa Maria de Belém, Chiado e o Bairro Alto. Com uma temperatura média anual de 20° C a cidade tem muito a oferecer em cultura e gastronomia.

Lisbon

3 – Praga

A medalha de bronze ficou com a capital da República Checa. A cidade de Praga é bastante citada quando se pergunta qual a cidade mais bonita do mundo. Os pontos mais procurados pelos turistas são o Portão de Pólvora, a Catedral de Nossa Senhora de Týn, o Relógio Astronômico, o Castelo de Praga e o Museu Narodn.

Prague

2 – Paris

Conhecida como Cidade Luz, a capital Francesa ficou na segunda colocação e vai muito além da Torre Eiffel.  Paris tem a Opera de Paris, o Champs Elysées, Montmartre, o Louvre, o passeio pelo Sena,  a Place des Voges, a Notre Dame… Mas, para mim, a melhor forma de visitar a cidade é andar a pé e fuçar os cantos e as ruazinhas apertadas…

Paris

1 – Veneza

A primeira posição vai para Veneza. Ela parece um cenário, cada edifício e cada construção é uma obra de arte de tirar o fôlego. Ela não se parece com nenhuma cidade da Itália, e acho que com nenhuma cidade do mundo. Uma cidade flutuante, erguida no meio de um lago, com ruas aquáticas onde veículos (ambulâncias, carros funerários, ônibus etc.) são barcos, tudo circundado por vielas, becos, pontezinhas e praças com todos aqueles dourados. e surpreendentes detalhes escondidos em sua arquitetura.

Veneza é muito mais que cafés caros, gôndolas e um fedor terrível no verão (parece que estão saneando os canais… Estava na hora…). É impossível não lotar sua máquina fotográfica com centenas de fotos!

Venice

 

E tem aquela cidade que, de tão bela, não se encaixa em nenhuma classificação – capital cultural, capital dos esportes aquáticos, capital da gastronomia, centro financeiro global… Ela é tudo isso e muito mais: Birigui.

Pujante metrópole do Oeste paulista, terra natal de grandes personalidades das artes e da ciência, como Reynaldo Gianecchini,  Albert Einstein e Brad Pitt, a cidade ainda é berço de um dos maiores pensadores da humanidade, ao lado de Sófocles e, dizem, Valesca Popozuda: Júlio de Andrade Filho, ou simplesmente Julinho.  Fundador da Rádio Tupã com seu irmão caçula, rádio essa que foi o primeiro veículo de comunicação do mundo a transmitir ao vivo um ataque de Comanches no bairro da Aclimação, na capital do Estado, Julinho publicou diversos artigos que despertaram a atenção mundial, como “A Influência do asfalto na plantação da batata-doce na Nigéria”. Este artigo ajudou o físico inglês Stephen Hawking a conceber sua teoria sobre os buracos-negros.

Birigui é também conhecida por ser um polo industrial de calçados. Foi de lá, por exemplo, que veio o tênis gigante (abaixo)…

… que calçou o pé gigante do seriado “Lost”.

Birigui, tudo que há de bom tem aqui!

Japonês faz anúncio para leiloar a Terra

Em um site de leilões online no Japão do Yahoo, um dos artigos à venda chamou a atenção dos internautas. Principalmente porque o item, marcado como “autêntico e usado”, já foi utilizado por mais de 7 bilhões de pessoas: o planeta Terra.

Com o preço inicial de R$ 1,75 – uma pechincha! – um vendedor colocou o planeta à venda, e disse ainda que não aceita devoluções. A descrição mostrava que o “produto” veio a partir de uma intervenção divina. A Terra teria sido outorgada ao vendedor pelo próprio Deus, que apareceu em um sonho, e a pessoa decidiu imediatamente vender o planeta.

As informações eram do site “Rocket News” e davam conta de que essa novidade se espalhou rapidamente e os usuários não economizaram perguntas sobre a compra. Entre as mensagens enviadas pelos possíveis clientes, havia pessoas que perguntaram se “o vendedor poderia comercializar Cuba separadamente”, por causa de seus famosos charutos, ou se “ao comprar a Terra, isso transforma a pessoa automaticamente em um deus”. O anúncio recebeu mais de 2.100 ofertas, que alcançaram o valor de R$ 180 mil. E todos queriam saber se o vendedor iria mesmo entregar o produto…

(em tempo: antes de se encerrar o prazo do lance final, o site de leilões tirou o anúncio do ar e bloqueou o usuário engraçadinho).