Estranhos sabores da Pepsi

O americano Caleb Bradham, um farmacêutico de New Bern, na Carolina do Norte, criou em 1898 um refrigerante chamado Brad’s Drink. Segundo o inventor, a bebida era revigorante, rejuvenescedora e ajudava na digestão. O novo nome, Pepsi-Cola, veio dos seus principais ingredientes (pepsina e nozes de cola). Foi usado pela primeira vez em 28 de agosto daquele ano, mas Bradham só registrou a marca em 1902.

Caleb Bradham

Ao longo dos anos, o refrigerante cresceu e obteve um sucesso tão significativo que se tornou o concorrente número um da Coca-Cola, de Atlanta. Ao contrário de sua concorrente, porém, a Pepsi ficou conhecida por mudar sua marca, adaptando-a inúmeras vezes ao longo de todo esse tempo.

Mudanças do logo da Pepsi desde 1898.

Mudanças no logo da Pepsi desde 1898.

As variações não se restringiram ao logo apenas, mas também ao próprio produto. A Pepsi é hoje um dos refrigerantes com a maior variedade de sabores… E dos mais estranhos também. Veja só:

Pepsi white – Sabor iogurte+refrigerante… Argh!

Pepsi Ice pepino – Pepsi sabor pepino, vendida apenas no japão em 2007. Esses japoneses são malucos…

Pepsi Blue Hawaii – Tem cara de listerine. Essa Pepsi azul tem sabor de limão com abacaxi e era vendida apenas no Japão, depois que a de pepino foi descontinuada.

Limited edition Blue Hawaii Pepsi

Pepsi Boom – além do nome estranho, o refrigerante vem sem cafeína nem açúcar, com venda limitada a Alemanha, Itália e Espanha. Não sei que gosto tem.

Pepsi Fire –  Uma Pepsi vermelha sabor canela, vendida apenas na Malásia, Filipinas, Guam, Singapura, Tailândia e México. Muito picante, daí o “fire”!

Pepsi Azuki – outra dos japoneses… Essa tem o feijão (doce) como seu principal ingrediente, e só foi lançada no Japão.

Pepsi-Azuki-

Pepsi Capuccino –  Com mistura de leite condensado e sabor de café, essa Pepsi é vendida na Ásia, América Central e Europa. E chamada de Pepsi Tarik na Malásia.

pepsi-cappuccino

Pepsi Retrô – adoçada com cana-de-açúcar, só foi lançada no México.

pepsi_retro_promo

Pepsi Gold  – uma edição limitada lançada na Copa de 2006 com um “tempero” de gengibre, vendida na Rússia, Oriente Médio e no sudeste da Ásia. Pelo menos era bonita de se ver…

enhanced-buzz-5801-1330104948-15

Pepsi Mojito – Pepsi com limão e um toque de hortelã. Devia ser saborosa.

pepsi_mojito_01

Pepsi Black – com menos 50% açúcar do que a Pepsi comum, e um toque de limão, lançada no verão de 2012 no Japão. O problema é que ninguém se entusiasmou em tomar um refrigerante com tão pouco açúcar, e parece que o sabor era de fato horrível.

pepsi-black

Uma coisa ninguém pode negar: errando ou acertando, a Pepsi sempre tentou sabores criativos para seu popular refrigerante.

 

A lista de sabores da Pepsi é enorme. Aqui tem a lista completa onde você pode conhecer mais sabores inusitados.

 

São Paulo está entre as 10 cidades mais feias do mundo

O site de viagens U City Guides fez uma lista em que compila as dez cidades mais feias do mundo, levando em consideração aspectos como arquitetura, qualidade de vida e violência. Os Estados Unidos, com três cidades, são o país mais representado no ranking.

1.Cidade da Guatemala

Guatemala

Com altos índices de criminalidade e de poluição, a capital da Guatemala aparece no topo da lista. Segundo o site, a cidade, repleta de prédios malconservados e abandonados, contrasta com as outras do país que esbanjam belezas naturais.

2.Cidade do México

México

A capital do México é considerada uma das cidades mais violentas do mundo. Mas, além da questão da segurança, os altos índices de poluição e concentração urbana não a tornam muito convidativa, diz o site.

3.Amã

Jordânia

A capital do país que reúne alguns dos sítios históricos mais incríveis do mundo deve ser apenas ponto de chegada ou saída.

4.Caracas

Venezuela

Apesar da fama das belas mulheres venezuelanas, a capital do país não faz jus a essa reputação. Seu centro não tem planejamento e nem estilo.

5.Luanda

Angola

A capital de Angola está passando por um processo de renovação e transformação. A esperança é que a nova onda de desenvolvimento traga mais frescor e modernidade à cidade, que ainda tem edifícios mal arquitetados e um aluguel alto para o que se encontra.

6. Quichinau

Moldávia

A capital da Moldávia (eu nunca tinha ouvido falar…) é uma cidade industrial repleta de prédios da era soviética, muitos dos quais são malconservados e sujos. Segundo o site, há muitas cidades da era soviética feias na Europa, mas espera-se mais de uma capital. Em algumas cidades, os antigos condomínios habitacionais foram pintados de diferentes cores para quebrar o cinza reinante.

7. Houston

Estados Unidos

A quarta cidade mais populosa dos Estados Unidos fica em uma posição ruim quando o assunto é beleza. Apesar de o site de viagens considerar que há muitas grandes cidades americanas feias, Houston ganha o título por causa da ausência de zoneamento e pela crescente população de rua.

8. Detroit

Estados Unidos

Detroit é considerada feia não apenas pela sua estética (ou falta de), mas também pela péssima qualidade de vida que oferece a seus moradores, segundo o U City Guides, agravada pelo alto índice de criminalidade e pelo fato da cidade ter declarado falência. Não à toa mais de um quarto da população saiu de Detroit, uma cidade feita basicamente de “concreto, vidro, tijolos e sujeira”, repleta de edifícios abandonados…

9. São Paulo

Brasil

De acordo com o site, a natureza concentrou todos os seus esforços no Rio, deixando São Paulo completamente esquecida. A cidade pode até ser repleta de atrações culturais e gastronômicas, mas “é uma selva de pedras”, afirma o U City Guides.

10. Los Angeles

Estados Unidos

O problema, diz o site, é que não tem muita coisa interessante para se ver andando pela cidade – se é que alguém anda a pé em LA. Apesar de toda a fama da Hollywood e das praias bonitas nas redondezas, para o U City Guides, a cidade de Los Angeles em si não é dos locais mais bonitos da terra.