Os hotéis mais bizarros do mundo

As férias de final de ano estão chegando, então o Treco Certo, num serviço de utilidade pública, oferece algumas dicas preciosas de hospedagem. Escolha seu destino e… Boa viagem!

A cidade norte-americana de Cottonwood, no Arizona, conta com um hotel em formato de cachorro. O “Dog Bark Park Inn” é um prédio que se assemelha com um cão da raça Beagle.

Em Harlingen, Holanda, que tal alojar-se num guindaste no porto? O “Dockside Crane Hotel” oferece muito luxo para duas pessoas e foi construído dentro do antigo guindaste do porto. No quarto com muitas janelas, tudo pode ser comandado por controle remoto e se os hóspedes estiverem cansados da vista, podem dirigir o guindaste, que gira 360 graus!

É para viajar ou dormir? O Jumbo Hostel está estacionado à entrada do aeroporto de Arlanda, em Estocolmo, na Suécia, e tem 85 camas divididas por 25 quartos. A suíte nupcial ocupa a cabine e é o único quarto com banheiro privativo.

O Tianzini Hotel fica localizado na província de Hebei, na China, e possui o recorde mundial do Guinness para a “maior imagem construída”. O hotel é uma representação de dez andares dos deuses chineses: Fu (Felicidade), Lu (Fortuna) e Shou (Longevidade).

A praia de Weymouth, em Dorset, Reino Unido, possui um hotel inusitado feito de areia! A instalação foi criada por uma empresa local e é considerada pelo livro Guinness como o primeiro hotel de areia habitável. A pernoite custa 10 libras, mas não tem banheiro nem telhados e fica aberta para o público até ser destruído pela chuva. Isso que é hotel bizarro…

Pensa que acabou? Não!

Decorado com a frente de um antigo Mercedes-Benz e simulando a entrada em um lava rápido, o quarto é do V8 Hotel, localizado em Stuttgart, Alemanha. Esse é um hotel temático no qual você pode escolher em qual marca… Aliás, em qual carro você quer ficar.

O hotel, a recepção e alguns dos quartos:

article-2606882-1d29742700000578-171_964x732


Temos ainda o hotel de gelo em Jukkasjärvi, na Suécia, e que funciona entre dezembro e abril, quando o calor faz o hotel literalmente… Derreter. O hotel é feito inteiramente de neve e blocos de gelo do rio Torne; até os copos do bar são feitos de gelo.

A entrada do hotel.

O bar, mais acima, e a recepção do hotel.

A suíte…

Recomenda-se, por motivos óbvios, que os hóspedes com muito calor humano moderem seu… Hã… Fogo interior.

Anúncios

Hotéis ao redor do mundo de tirar o fôlego

Está pensando em sair de férias no final do ano?

Então, seus problemas acabaram. Esqueça a crise, o Joesley Safadão,  o Temer querendo comer morcela e se confundindo (é a idade, coitado…) e concentre-se em escolher um desses hotéis pra passar uma temporada.

São dicas que selecionei especialmente para quem sabe que dinheiro não traz felicidade, mas ajuda a afogar as mágoas com champanhe em Paris…

Kakslauttanen Igloo West Village

Na Finlândia. As diárias são a partir de USD$ 500.00 o casal e você fica nesses iglus transparentes da foto. Lá se pode pescar, esquiar, fazer trilha, equitação… Mas não demore, só há vagas a partir de fevereiro do ano que vem.

Ladera Resort, Montserrat

Uma amiga esteve nessa ilha do Caribe e adorou. O Ladera é um hotel muito simpático e o único que teve permissão para se instalar nesse local de frente para o mar, que é preservado pela UNESCO. A diária é a partir de USD$ 500.00 o casal e ainda há apartamentos para o Natal, se você quiser.

Rayavadee Krabi, Tailândia

Esse já sai um pouco mais caro, a diária do casal começa a partir de USD$ 900.00, mas também, você se hospeda num hotel com a praia na frente e a floresta tropical nos fundos! As avaliações dos hóspedes não poderiam ser melhores: “quartos grandes”, “atendentes simpáticos e educados”, “comida excelente”, “limpíssimo”… Olha, só há lugares para fevereiro do ano que vem!

Panchoran Retreat, Bali

Este é mais um retiro, para aqueles que desejam manter um contato mais próximo com a natureza e longe das baladas.  Os quartos são projetados para se harmonizar com o entorno e eles usam materiais locais sempre que possível.  As diárias para casal partem de USD$ 300.00.

Giraffe Manor, Quênia

Vamos sair da Ásia e dar um pulo no Quênia, na África. Já pensou em acordar em um hotel, no meio das férias, descer as escadas em direção à sala de café da manhã e deparar-se com girafas? Isso acontece no Giraffe Manor,  que fica em uma floresta nativa de 56 hectares a 20 km do centro da capital queniana, Nairóbi.

As “pescoçudas” ficam do lado de fora do prédio, construído nos anos 1930, e vão dar um “alô” aos hóspedes da porta de entrada, nos quartos e durante as refeições. Não há mais reservas para o final do ano, e para janeiro restam poucos quartos. As diárias de casal começam a partir de USD$ 1000.00

Astarte Suits Hotel, Grécia

gcom_melhores_hoteis_26

Vamos subir pelo continente africano e dar uma paradinha na Grécia.  Fica em Santorini, com paisagens de fazer cair o queixo e cozinha recomendada até pelos maiores chefs.  Só tem vagas em fevereiro do ano que vem, com diárias de casal a partir de USD$ 600.00.

Hotel Le Sirenuse, Costa Amalfitana, Itália

gcom_melhores_hoteis_18

E já que estamos em um local ensolarado, podemos ir à Itália.  Aqui você pode degustar ostras com uma taça de champanhe gelada, pode alugar um carrinho e ir a Sorrento, que fica apenas a 16 km, ou curtir a paisagem dos quartos espaçosos com varanda. Só há vagas a partir de março, baixa estação, a partir de USD$ 600.00 a diária de casal.

 

Gostou das sugestões?

 

O Atlantis The Palm, em Dubai

Se você quer uma dica legal de férias, e tiver algum (bom) dinheiro, vá para Dubai e se hospede no Atlantis The Palm.

O hotel fica na ponta da Palm Jumeirah, um grande ilha artificial construída no formato de palmeira. É mais um daqueles projetos que só se vê em Dubai.  O “tronco” da ilha-palmeira é composto de grandes edifícios residenciais, enquanto nas “folhas” há apenas condomínios de casas. A ilha que circula a palmeira e ajuda a protegê-la das ondas abriga dezenas de hotéis e complexos de lazer e entretenimento, entre eles o Atlantis. Esta área é ligada ao tronco principal por um túnel submerso, localizado bem próximo ao resort.

PalmJumeirah

Não sei se você vai conseguir localizar, mas se olhar a foto acima com atenção, bem na frente do topo da palmeira, vai ver uma “pontezinha” branca, esse é o monotrilho que também liga Dubai ao Atlantis – aquela construção cor de tijolo que se vê marcada na foto com uma seta branca. (uma curiosidade: um apartamento de 550 m2 no tronco da palmeira, segundo andar, de frente para o mar, 4 dormitórios, 5 vagas na garagem… custa em torno de um milhão e meio de dólares…)

Bem, você chegou ao Atlantis The Palm.

O complexo inclui um hotel com mais de 1500 suítes, 20 restaurantes, um spa com academia, praias particulares, quadras esportivas, lojas,  um parque aquático, um aquário gigantesco, um centro de mergulho com peixes, uma área com golfinhos e muito mais. Há vários tipos de quartos, alguns mais modestos e outros superluxuosos.

article-1270703-09534B0B000005DC-105_634x469

Imagem2

Imagem1

As diárias podem incluir o café da manhã ou não, e também a entrada livre para algumas das atrações, como o parque aquático e o aquário. Espie só como ele é:

006388-02-bedroom-with-aquarium-underwater-viewatlantis-hotel-dubai breakfast entrance-atlantis-the-palm-hotel-dubai

Imagem3

Imagem4

Mas o complexo Atlantis tem muito mais coisas. É de fato impressionante: pista de patinação, restaurantes, centro comercial, uma piscina onde se pode nadar com os golfinhos, uma boate megaanimada…

Imagem7

Imagem9

Imagem11

Imagem13

Imagem14

Imagem15

À noite, como na Disney, tem um espetáculo de luzes e sons, fantástico.

Imagem17

Em resumo, você pode ficar nas dependências do Atlantis e se divertir sem precisar ir até o centro de Dubai. E lá dentro você não precisa andar com dinheiro nem cartão de crédito, apenas o cartão do quarto. Tudo que for consumido em bares e restaurantes é colocado na conta do seu quarto e o acerto é feito na hora de ir embora.

Hospedar-se no Atlantis é ideal para quem quer curtir o resort e aproveitar tudo o que ele oferece, que é muita coisa. Mas se você quer circular por Dubai, o hotel fica meio longe do buxixo. Uma ideia, para quem quer conhecer bem o local, seria se hospedar num final de semana no Atlantis, aproveitar ao máximo o que ele tem, e depois ir para um hotel na cidade, mais perto das outras atrações.