Registros da vida selvagem

As três leoas atacaram esse crocodilo numa reserva no Quênia. Devia ser hora do almoço…

— Ô Ênio, sabe o que um tijolo falou pro outro? — Não sei, Beto. — Há um ciumento entre nós.

Esses jovens elefantes foram pra balada, comeram muito da frutinha marula (que fermenta depressa quando cai da árvore e dá sintomas de bebedeira) e, agora, estão curtindo a ressaca.

Como dizem, um dia é da caça…

O amigo elefante inaugurou um lava-rápido para zebras.

Nessa disputa por território, não sabemos quem venceu a acalorada discussão.

Foto incrível de um tubarão branco na ilha Seal, na baía False, na África.

É aquela coisa… o leão foi mexer com quem estava quieto, e o búfalo chamou os amigos.

Sorte do leão que búfalo não sobe em árvores…

“Tá olhando o quê?”

“Hummm… então, isso que é selfie?”

Sem palavras…

— Pra onde a gente vai? Pra lá? — Não, pra cá!

Anúncios

Fotos geniais de objetos do cotidiano

Quando você mantém um olhar que enxerga além do óbvio, sem censura – como o das crianças – percebe que sua criatividade vai longe. Há quem consiga fazer isso como adultos, e as fotos abaixo, mostradas no site francês Daily Geek Show, comprova a afirmação.

São objetos do cotidiano capturados sob ângulos inovadores e muito bem-humorados. Confira.

 

 

 

 

 

Fonte:

playground-inovacao.com.br

 

A verdade por trás de fotos famosas e cartazes icônicos

Roberto Martínez, do jornal mexicano “El Universal”,  numa reportagem publicada em 2011, explica fatos curiosos que deram origem a algumas das fotos e pôsteres mais famosos do mundo. Por trás de uma foto, ou de um pôster, sempre há uma história que merece ser contada. Alguns deles se tornaram ícones da cultura mundial e, nessa reportagem, o jornalista conta essas histórias. Algumas delas eu resumi neste post, e também acrescentei outras informações. (O link da matéria original segue no final).

Almoço nas alturas

Essa talvez seja uma das fotos mais famosas de todos os tempos. Sempre chama a atenção, porque a maioria das pessoas pensa que é uma montagem. Por mais incrível que possa parecer, não é! Ela foi feita no 69º andar do antigo Edifício RCA em Nova York – hoje Edifício GE – em 1932 e os trabalhadores do prédio em construção tinham feito uma pausa para almoçar… O fotógrafo doidão que foi até lá no alto para fazer essa foto chamava-se Charles Ebbets.

I Want You

Lorde Kitchener era o Ministro da Guerra da Grã-Bretanha na I Guerra Mundial, e esse cartaz apareceu pela primeira vez em 5 de setembro de 1914, na porta do “London Opinion”. Durante esse mês, o país teve o maior número de voluntários de toda a guerra. A Comissão Parlamentar de Recrutamento obteve mais tarde permissão para utilizar o desenho em formato de pôster. Em 1916, Lord Kitchener morreu quando o navio de guerra que o levava para negociações na Rússia foi afundado por uma mina alemã. O dado curioso é que o cartaz se converteu em inspiração para o legendário Tio Sam.

Esse cartaz foi produzido por James Montgomery Flagg  e foi usado principalmente na Primeira e na Segunda Guerra Mundial. A ideia era mostrar que o país queria e precisava dos jovens no exército norte-americano e que esse chamado era uma honra para quem o atendesse. Para criar a aparência do Tio Sam, Flagg se baseou em seu próprio rosto. Outro dado curioso é o significado de U. S. no cartaz. O ilustrador pretendia que significasse United States (Estados Unidos), mas o significado de “Uncle Sam” (Tio Sam) veio de uma brincadeira dos soldados e pegou: havia um fornecedor do exército chamado Samuel Wilson e vinha a sigla U.S. gravada nas caixas de alimentos desse fornecedor. Os soldados associaram o US das caixas ao apelido que davam ao fornecedor – “Lá vem mais uma caixa de latas de conserva do Uncle Sam!”.  Não demorou para que essa brincadeira se estendesse ao cartaz e que Uncle Sam passasse a representar o próprio governo americano.
Albert Einstein

A famosa foto do cientista de língua para fora foi feita em 14 de março de 1951 pelo fotógrafo da UPI Arthur Sasse. Depois de um evento em Princeton em honra a Einstein, em comemoração ao seu aniversário de 72 anos, Sasse e outros fotógrafos tentaram convencer o cientista a sorrir para a câmera. Cansado por causa do evento, dizem que ele se recusou, reclamando que já haviam tirado fotos demais. Como as palavras não “acalmaram” os fotógrafos, a reação do cientista foi ainda mais forte. Ele pôs a língua para fora, como se estivesse dando uma banana aos precursores dos atuais paparazzos. A informação curiosa é que Einstein gostou tanto da foto que recortou a imagem de modo que mostrasse apenas seu rosto. Logo fez várias cópias e enviou a imagem em cartões postais aos seus amigos.

Keep Calm

Uma das imagens mais populares atualmente nas redes sociais é aquela do “Keep Calm”, aquela da coroa sobre fundo vermelho.

Ela é tão popular que sofreu inúmeras paródias e interpretações, que certamente você já deve ter visto. Como os exemplos abaixo:

  

Mas sempre tive curiosidade de saber a origem desse cartaz. Fui pesquisar e descobri que, na primavera de 1939, época em que a Inglaterra se juntou às tropas aliadas para enfrentar o exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial, o governo inglês decidiu imprimir pôsteres para acalmar a população imersa em territórios tomados pelo conflito. A ideia era imprimir três cartazes que seguissem o mesmo padrão de design: duas cores, uma frase impressa em fonte elegante e um desenho da coroa do rei George VI, à frente do país na época. Três versões foram criadas, seguindo um planejamento que previa sua distribuição rapidamente.

Na primeira, as letras elegantes, a coroa e a frase eram: “Sua coragem, sua alegria e sua determinação vão nos trazer a vitória”.

Na segunda versão, o mesmo layout e a mensagem: “A liberdade está em perigo. Defenda-a com toda a sua força”.

Os dois primeiros pôsteres foram distribuídos em setembro do mesmo ano e rapidamente invadiram paredes e janelas de lojas e vagões de trem. A terceira versão, a de fundo vermelho reproduzida mais acima e que foi difundida nas redes sociais, não foi distribuída, apesar de impressa. Essa versão seria utilizada apenas em uma situação de crise (por exemplo, caso o país fosse invadido) e quer dizer “Mantenha-se calmo e siga em frente” (Keep calm and carry on). Como ocorreu a Invasão da Normandia, o pôster perdeu seu sentido original e acabou ficando esquecido.

Só em 2006 a dona de um sebo na Inglaterra encontrou uma cópia dele em meio a livros antigos e decidiu colocá-lo num quadro, pendurando-a na parede. Fez tanto sucesso que a dona da livraria fez diversas cópias do pôster e começou a vendê-lo. E foi assim que a frase ganhou o mundo.

O apelo dela se deve ao conselho que reproduz e que nunca envelhece:  mantenha-se calmo e siga em frente.

 
 
 
Fontes:
Revista Bula
Super Abril
Imperial War Museum
Wikipedia
 

7 maravilhas do mundo das quais você nunca ouviu falar

Esta dica me foi passada pela amiga Luciana Coutinho. Todos nós conhecemos as principais maravilhas do mundo, como o Coliseu, a Grande Muralha da China e o Taj Mahal. Porém, há outros locais igualmente espetaculares que nem os viajantes mais experientes conhecem.

A revista virtual Quora, baseada nos Estados Unidos, fez uma enquete entre seus leitores viajantes e reuniu alguns dos lugares mais incríveis e desconhecidos do nosso planeta. Confira!

Grande Mesquita de Djenné, Mali

221705-1000-1456740743-p02hbs6n

A Grande Mesquita é a maior construção de argila do mundo. Parte da antiga cidade de Djenné, a mesquita está incluída na lista dos patrimônios da UNESCO. Por enquanto, está fechada para turistas. Acredita-se que a decisão foi tomada em 1996, depois de o lugar servir de locação para um ensaio sensual da revista ’Vogue’.

220955-1000-1456740743-djenne4

221305-1000-1456740743-11322012952565

LugChand Baori, Índia

221655-1000-1456740743-p02hbss2

O conjunto arquitetônico de Chand Baori, situado em um pequeno povoado da Índia conhecido como Abaneri, é um dos poços com escadas mais antigos e profundos do mundo. A gigantesca estrutura parece uma pirâmide invertida e desce mais de 30 metros em direção ao subsolo. Em três de suas paredes há 3.500 degraus em perfeita simetria que permitem que você desça até a água de um pequeno lago esverdeado. Ainda está em discussão se o poço foi construído entre os séculos IX e XI ou 600 anos antes de nossa era.

221255-1000-1456740743-Chand-Baori-1

Palácio do Parlamento, Romênia

221055-1000-1456740743-ghdhjhj

É um dos lugares mais conhecidos de Bucareste, construído na época da República Socialista da Romênia. O palácio é considerado o maior edifício administrativo do mundo, o maior prédio de Parlamento, assim como o maior prédio público em nível internacional. As dimensões são de 270 a 240 metros, com 86 metros de altura. A parte subterrânea do palácio tem uma profundidade de 92 metros. O palácio conta com 1.100 ambientes e 12 andares.

220905-1000-1456740743-dgfgh

Photo: Nico Trinkhaus – Bucharest, Romania/ Palace of the Parliament – Ballroom
Veja o portfolio de Nico em Sumfinity.com

221405-1000-1456740743-IMG_0316

Ponte Velha, Bósnia e Herzegovina

221205-1000-1456740743-bosna_nostalgija_mostar

Essa ponte para pedestres sobre o rio Neretva é uma cópia moderna da ponte antiga, que foi totalmente destruída pelos soldados croatas em 1993, durante a guerra da Iugoslávia. A ponte é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Uma das atrações mais tradicionais para turistas, e uma das principais fontes de renda dos jovens da cidade, são os saltos no rio Neretva a partir do meio da Ponte Velha (a altura do salto depende do nível da água no rio, de 24 a 30 metros).

221805-1000-1456740743-main-qimg-0491dbc036f1ec73680f6cd0307851bb

221905-1000-1456740743-87605032

Forte Kumbhalgarh, Índia

221455-1000-1456740743-p02hdkt2

O Forte Kumbalgarh é rodeado por uma única parede que antigamente era conhecida como ’o guardião da morte’. Tem 36 quilômetros de extensão e em alguns pontos sua largura chega a 8 metros. A muralha se estende de forma contínua ao redor do perímetro da fortaleza, que durante séculos serviu como proteção contra invasores. Só a construção do muro levou um século — do século XV ao século XVI —. Esta grande parede da Índia presenciou muitas guerras, mas nunca caiu nem deixou que os inimigos invadissem a fortaleza. Só a Grande Muralha da China é maior que ’o guardião da morte’ ou ’olhos de Mewar’, como o lugar é chamado pelos moradores locais.

221755-1000-1456740743-KumbhalgarhgreatwallofIndia10

Mesquita do xeique Lotf Allah, Irã

221505-1000-1456740743-p02hdkxy

É um monumento excepcional da arquitetura persa, da era safávida. A mesquita foi construída durante 17 anos (1602-1619). É incomum por vários motivos. Particularmente, não tem nenhum minarete (torre de onde são anunciados os chamados à oração). Também não tem pátio interior e sua entrada conta com escadas. Talvez o motivo desse aparente descaso com as estritas regras da arquitetura muçulmana seja o fato de a mesquita nunca haver sido anunciada como de uso público, já que era um local de culto para as mulheres do xeique.

221855-1000-1456740743-Nasiral-mulkmosqueFisheyeview

221555-1000-1456740743-Sheikh_Lotfallah_Esfahan

Derawar, Paquistão

221155-1000-1456740743-Derawar-Fort-in-Bahawalpur-Pakistan-Samis-Photography

Derawar é uma construção surpreendente de formato quadrado, erquida em 1733. A fortaleza é formada por 40 bastiões que se elevam sobre o deserto paquistanês. A altura das paredes em alguns trechos chega a medir 30 metros, e seu perímetro é de 1.500 metros. Poucos viajantes já ouviram falar desta fortaleza. Até mesmo alguns moradores do Paquistão não têm ideia de sua existência.

222005-1000-1456740743-544b77116737d

 

 

 

 

Fonte:

ВВС
Tradução e adaptação: Incrível.club

 

Fotos que você tem que olhar duas vezes para entender

Cada uma das fotos abaixo fará você dizer: “Mas que ***** é essa?” Pode ser difícil de visualizar, em um primeiro momento, mas são todas ilusões de ótica que foram criadas por acidente. Divertidas, engraçadas, surpreendentes, as fotos são incríveis, verifique por você mesmo!

O menino com o braço mais longo do mundo?

Não, a moça não está nua!

O cara faz parte da tela… SQN!

Hum… Que belas pernas do carinha…

Uma criatura mitológica, o gato de duas cabeças.

A gaivota gigante

E eu achando que o garoto da foto mais acima era quem tinha os braços mais compridos do mundo…

Fala sério, olha que garota fortona!

O cavalo alien.

Olha a cabecinha do cara!

A mulher-centauro-zebra.

Esta ficou estranha…

Eh eh eh… Parece que a cachorrinha tirou o dia pra pescar.

Olhe direito. Não é aquilo que você está pensando.

Um bebê com um popozão?

Hã? Como a moça faz pra flutuar assim?

Outro mágico, flutuando acima da água.

Pra mim, a melhor de todas.

 

Fotos pouco conhecidas

Meu amigo Ruy Schneider enviou-me outro dia um punhado de fotos antigas e muito interessantes, e que resolvi compartilhar aqui. Vale a pena dedicar alguns minutos para ver – ou rever – um pouco de nosso passado gravado nessas imagens.

Um operário descansando na hora do almoço. Estamos em 1931, e ele ajudava na construção daquele que seria o prédio mais alto do mundo, o Empire State em Nova York. Observe a altura em que ele estava…

Aqui, estamos em São Paulo, na Av. São João em 1938. No cine Metro, estava passando “De Braços Abertos”, com Mickey Rooney e Spencer Tracy, que ganhou o Oscar de melhor ator por seu desempenho. O cine Metro era tido como um dos cinemas mais chiques de São Paulo. Os funcionários trabalhavam uniformizados de branco e havia um porteiro que recebia os espectadores que desciam do carro. Durante muito tempo, só era permitida a entrada de homens de terno e gravata. Atualmente, o prédio do antigo cinema abriga uma igreja evangélica…

1909. A hora do rush em Chicago era bem bagunçada…

Vista da antiga pérgula do Copacabana Palace Hotel em 1930. A praia já ficava cheia naquela época.

Um dos primeiros carros elétricos construídos nos Estados Unidos em 1905. Na foto, ele está carregando sua bateria, operação que levava algumas horas. Naquela época, os carros elétricos eram muito mais populares que os movidos a gasolina, considerados barulhentos, sujos e de difícil operação. E chegavam a alcançar impressionantes 30 km/h… Um desses carrinhos, ainda operante e com baterias modernas, foi vendido recentemente em um leilão por cerca de R$ 500 mil reais!

Voltemos ao Rio de Janeiro, agora bem lá atrás, por volta de 1885. D. Pedro II inaugurou a linha férrea que começa no Cosme Velho e vai até o cume do Corcovado, no mesmo local de hoje em dia, e daí subia-se até a plataforma de observação, no local da atual estátua. Para proteger os visitantes do sol inclemente, foi construído um pavilhão de ferro cuja função e formato circular fez com que recebesse o apelido apropriado de “Chapéu de Sol”. Foi contemporâneo de nossos bisavós, até que, em 1931, fosse finalmente inaugurado o monumento do Cristo Redentor.

1912, docas de Southampton. O Titanic está prestes a zarpar para sua primeira – e última – viagem aos Estados Unidos…

William Harley e Arthur Davidson, os fundadores das motocicletas Harley Davidson, em 1914, mostrando suas primeiras criações.

1937: Os irmãos Dick e Mac McDonald abrem uma barraca de cachorro-quente chamada Airdome em Arcadia, Califórnia. Depois, em 1940, eles mudam sua barraca para San Bernardino, também na Califórnia, onde abrem um restaurante McDonald´s na Rota 66, em 15 de maio. O primeiro hambúrguer McDonald´s custou US$0,15 e como era comum na época, contrataram 20 garçons que, em cima de patins, entregavam o pedido do cliente no carro. Isso se tornou popular e muito lucrativo.

E, encerrando essa viagem ao passado, veja o tamanho do primeiro disco rígido de 5 Mb da IBM, sendo carregado em um avião, em 1956. E tem gente que reclama do pendrive de 4 Gb…

FOTOS MAGNÍFICAS QUE PARECEM FALSAS

Quem costuma navegar na internet com frequência certamente mantém um ceticismo saudável com relação a muita coisa que vê.  Sejam notícias, sejam imagens. E quando se fala de imagens, logo vem à mente um “Ah, isso só pode ter sido mexido com Photoshop!” quando vemos uma foto impressionante.

Antes de continuar, apenas uma informação para aqueles que já se depararam com essa frase, mas não sabem bem do que se trata. A maioria das imagens vistas em publicações, revistas, jornais e publicidade têm imagens que foram retocadas por esse programa. O Photoshop é a mais poderosa ferramenta de edição de imagens que existe, ou seja, permite modificar fotografias.

Um exemplo disso é a foto abaixo, do artista americano Danny Evans, que criou um Tom Cruise “gente como a gente” usando esse programa.

Mas, normalmente, ele é usado para eliminar pequenas imperfeições, melhorar a iluminação e textura,  acentuar as cores, enfim, para deixar a foto mais bonita.

Voltando, então, ao que eu dizia: muitas imagens publicadas na internet são fotos retocadas com o Photoshop – e algumas são evidentemente mal feitas. Por exemplo, esta:

Ou esta:

Cadê a sombra?

Há outras, porém, que exigem um pouco mais de atenção para se notar o erro no retoque.

Apagaram o umbigo!

Agora, as fotos abaixo podem bagunçar esse conceito de real/editado – mas acredite (e pesquise!) – todas elas são totalmente reais.

Árvores no Parque Schonbrunn, Áustria

Barco que parece estar flutuando no ar, em Menorca, Espanha

Barco que parece estar flutuando no ar, em Menorca, Espanha

Edifício Hausmannian em Paris

Estação de metrô Solna Centrum, em Estocolmo.

Montanhas coloridas Zhangye Danxia em Gansu, China

Nuvens lenticulares

Salar de Uyuni, Bolívia