10 mentiras que muitos acreditam ser verdade

Até o século 16, todos “sabiam” que o Sol e os outros planetas giravam ao redor da Terra. Até o século 19, era “fato” que doenças epidêmicas como o cólera eram causadas por uma névoa de partículas podres. Por mais errado que nossos antepassados estivessem, eles realmente acreditavam nisso, seja porque esses fatos tinham sido revelados pelos mais sábios, seja porque acabavam sendo divulgados boca a boca sem a devida confirmação científica.

Hoje em dia a coisa se repete. Claro, não imagino que alguém ainda acredite na “névoa de partículas podres”… A não ser numa névoa criadora de zumbis (mas isso já é outra história)…

Mas o que ocorre é que acreditamos em muitas coisas que não passam de “contos da carochinha”. Veja só:

1. Sair no frio com a cabeça molhada é gripe na certa
O que causa gripe e resfriado é o vírus – não o frio, nem ficar com a cabeça molhada. O aumento dos casos no inverno deve-se à maior aglomeração de pessoas em ambientes fechados, o que faz com que o vírus se espalhe com mais facilidade. Quem gosta de ver para crer vai ficar surpreso com algumas pesquisas conduzidas pela Universidade de Virgínia, nos EUA. Para tentar descobrir a influência do frio em resfriados, dois grupos de voluntários foram inoculados com vírus que causam o mal. Metade permaneceu mais de uma hora dentro de um ambiente gelado e mais um bom tempo fora, mas só de cueca. A outra metade foi mantida confortavelmente aquecida. Nos dois grupos, praticamente todos ficaram doentes.

2. Vikings usavam capacetes com chifres
Os vikings não usavam capacetes com chifres. A imagem dos vikings assim foi criada pelo compositor alemão Richard Wagner em 1876, para a ópera intitulada “Der Ring des Nibelungen”. O propósito desses chifres irreais era retratar os ferozes guerreiros do Norte como seres quase demoníacos. Ele se baseou em culturas nórdicas que usavam capacetes com chifres em algumas cerimônias e muito antes dos vikings.

3. Estalar os dedos causa artrite
Faz sentido, mas não é verdade. Provavelmente nenhum dano será feito às articulações e o som pode até indicar a saúde das juntas. A descoberta é de uma equipe de pesquisadores da Universidade de Alberta, no Canadá, que revelou pela primeira vez com método científico o que acontece quando estalamos as juntas. Passando os dedos de um participante do estudo por uma máquina de ressonância magnética, o grupo descobriu que é a criação de uma “bolha” na substância que lubrifica as articulações que causa o barulho – e não o atrito entre os ossos. 

As pessoas não gostam do barulho do dedo sendo estalado porque acham que há algum dano sendo feito. No entanto, de acordo com os pesquisadores, não há evidências de que o barulho signifique que algum mal está sendo causado.

Os autores acreditam também que o experimento pode ajudar a descobrir problemas nas juntas antes de os sintomas aparecerem. Além disso, pode ajudar a revelar por que as articulações desenvolvem a artrite.

4. Napoleão Bonaparte era baixo

Muito se especulou sobre o aspecto físico do imperador francês. Enquanto os quadros favoráveis à sua pessoa o retratam como uma figura quase grandiosa, a propaganda inglesa da época mostrava Bonaparte praticamente como um anão, caricatura que se explica, em parte, por andar rodeado de uma guarda pessoal composta de homens muito altos

Todavia, a verdade é que ele era bastante normal. Francesco Antommarchi, que foi o médico responsável pela autópsia após a sua morte na ilha de Santa Helena, em 1821, determinou que tinha 1,68 metros, uma altura perfeitamente normal para a época.

Napoleão era, de fato, quatro centímetros mais alto do que o seu grande inimigo britânico, o duque de Wellington, de quem nunca se afirmou ser baixinho...

5. Temos mais do que cinco sentidos

E não para no sexto sentido, não! Podemos ter entre 9 e mais de 20 sentidos aguçados. Se sentimos cheiro, gosto, textura, tato e enxergamos, precisamos levar em consideração também a nossa capacidade de perceber equilíbrio, aceleração, dor, temperatura, entre outros. Você já tinha parado para pensar nisso?

6. Cães envelhecem 7 anos para cada ano humano
Seu cãozinho de 3 anos de idade tem 21 em “anos humanos”, certo? Não de acordo com especialistas. O consenso geral é de que os cães amadurecem mais rapidamente do que seres humanos, alcançando o equivalente a 21 anos em apenas 2, e então envelhecendo cerca de 4 “anos humanos” a cada ano. Cesar Millan, famoso pelo programa “O encantador de cães” recomenda essa forma de cálculo: subtraia 2 anos da idade real do seu cachorro, multiplique por 4 e some 21.

7. Einstein ia mal na escola
Na verdade, ele era o melhor aluno da classe em matemática. O mito provavelmente deve-se ao fato de que, após 1896, último ano no qual o jovem prodígio frequentou a escola, a escala de notas foi invertida e 1, que era considerada a nota mais alta, passou a ser a nota mais baixa. Ao analisarem os boletins de Einstein, talvez as pessoas não tenham se dado conta da mudança e tomaram as notas pela escala antiga.

8. Usamos apenas 10% do nosso cérebro
A ideia é animadora (afinal, significa que poderíamos ser mais inteligentes do que somos…), mas usamos muito mais do que 10% do cérebro, mesmo quando estamos dormindo.

9. O candidato vencedor das eleições sempre é o mais popular
Longe de ser o melhor ou o mais popular, a grande maioria dos candidatos que vence eleições são justamente os que recebem maiores financiamentos. Não existe a mágica das boas propostas, popularidade ou o que for. Aqui é grana quem decide.

10. Comida orgânica é totalmente livre de pesticidas

Não, infelizmente. É que os níveis de pesticida em comidas orgânicas são tão baixos que não são uma preocupação de saúde.

Fontes:

MNN

spotniks.com

 

Os sonhos: você sabia que todo mundo sonha?

Sim, todo mundo sonha, homens, mulheres, até os bebês sonham. Inclusive aqueles que alegam nunca sonhar – exceto em casos de extrema desordem psicológica. Os pesquisadores descobriram até que as pessoas normalmente têm vários sonhos durante a noite, que podem durar entre 5 e 20 minutos. Isso significa que uma pessoa passa uma média de 6 anos sonhando durante toda a vida!

Outros fatos interessantes sobre os sonhos:

A gente esquece 95% dos sonhos assim que acordamos! De acordo com uma teoria dos pesquisadores, as mudanças no cérebro que ocorrem durante o sono não suportam o processamento de informações e a capacidade de armazenamento necessária para a formação da memória. Por isso, esquecemos de nossos sonhos. Ao escanear pessoas dormindo, os estudiosos perceberam que o lobo frontal, a área do cérebro que é chave na formação da memória, fica inativa durante o período de sono mais profundo, que é o estágio durante o qual os sonhos acontecem.

Nem todos os sonhos são coloridos! A gente pode sonhar em preto e branco, embora 80% dos sonhos sejam em cores. E as cores em tons pasteis, bem suaves, são as predominantes.

Durante mais de 40 anos, o pesquisador Calvin S. Hall reuniu mais de 50.000 relatos de sonhos de estudantes universitários. Esses relatos davam conta de que muitas emoções são vividas durante nossos sonhos, como alegria, felicidade ou medo. O interessante é que a mais comum das emoções é a ansiedade, e as emoções negativas são geralmente muito mais comuns nos sonhos do que as positivas.

Nossa mente não inventa rostos. A gente vê rostos de pessoas que vimos ao longo da vida, mesmo que não lembremos delas. Por isso, nosso cérebro tem uma infinidade de rostos para utilizar durante os sonhos!

Outro ponto interessante é que sonhar pode ajudar a resolver problemas. Pelo menos foi isso que apontou um estudo recente. De acordo o estudo, é o aspecto visual, e muitas vezes ilógico, dos sonhos, que os tornam adequados para o tipo de pensamento que é necessário para resolver certos problemas. “Seja qual for o estado em que estamos de sono, nós ainda estamos trabalhando nos mesmos problemas”, afirmou um pesquisador, acrescentando que os nossos sonhos podem ter sido aperfeiçoados pelo tempo para várias tarefas, inclusive para ajudar a “reiniciar” o cérebro e resolver problemas.

Finalmente, os sonhos são simbólicos. Mesmo que sonhemos sobre um assunto em particular, nem sempre o significado disso é explícito. Será que quem sonha em ganhar na loteria ou em sofrer um acidente, deve se preparar para que essas coisas realmente aconteçam? Difícil, embora muita gente acredite em sonhos premonitórios. Mas, até hoje, não há evidências científicas que corroborem essa hipótese. O que há, sim, são formas de interpretar os sonhos.

 

 

 

Fontes:
psychology.about.com
noticias.r7.com
vocesabia.net

 

 

 

Fatos científicos que estão totalmente errados

Existem muitas crenças supostamente científicas e que foram passadas por gerações e gerações, e a gente acaba entendendo que são realmente fatos comprovados. Por exemplo, aquela expressão “cego como um morcego”? Pois então, apesar de muitos morcegos se orientarem no escuro através do sistema de ecolocalização, todos eles conseguem ver.

Apresento uma lista a seguir de mais alguns fatos desse gênero, cuja fonte, além da Wikipedia, foi a bussinessinsider.com. Você vai se surpreender!

1. Se você jogar uma moeda de 5 centavos do alto do Empire States pode matar uma pessoa (vi essa num filme). Não vai… A moeda vai cair a 60 km/h e isso não é rápido o suficiente para matar.

Dropping a penny from the Empire State building won't kill someone. The penny will top out at 50 miles per hour, which isn't fast enough to kill.

2. As pessoas louras e ruivas não vão existir mais, só morenas e de cabelos escuros. Nada a ver, o gene não entra em “extinção”. Um gene recessivo, como esse dos cabelos louros ou ruivos, pode ser transmitido por gerações sem se manifestar na cor do cabelo.

Blondes and redheads are not "going extinct." Genes do not go extinct. Recessive genes, like the gene for red or blonde hair color, can be carried from generation to generation without emerging as a hair color.
3. O cabelo e as unhas da pessoa continuam a crescer depois da morte. Não senhor, é a pele que encolhe e dá essa impressão de que as unhas ou o cabelo cresceram…

Hair and fingernails do not keep growing once someone dies. Instead, the skin shrinks, giving the appearance of further growth.

4. A água é boa condutora de eletricidade. Se a água for limpa e pura, ELA NÃO É BOA CONDUTORA, NÃO! A razão pela qual a gente toma choque se ficarmos numa poça eletrificada é justamente porque essa água está contaminada com minerais, sujeira e outras coisas que conduzem a eletricidade.

Pure water doesn't conduct electricity well. The reason we can get shocked when standing in electrified water is because water we come across will be contaminated by minerals, dirt, and other things that will conduct electricity.

5. Segurar rãs e sapos dá verrugas. De jeito nenhum, o que lhe dá verrugas é cumprimentar alguém que tenha verrugas. O papilomavírus é o que causa verrugas e ele só ocorre em seres humanos.

Frogs or toads won't give you warts, but shaking hands with someone who has warts can. The human papillomavirus is what gives people warts, and it is unique to humans.

6. O avestruz enterra a cabeça na areia quando se sente ameaçado. Essa eu sempre ouvi, mas não faço ideia de onde veio. O que ocorre, de fato, é que o avestruz se joga no chão e finge de morto quando se sente ameaçado.

Ostriches do not stick their heads in the sand when threatened. Actually they don't bury their heads at all. When threatened, ostriches flop on the ground and play dead.

7. Alimentos orgânicos não têm pesticidas. Na verdade, têm sim, mas o que ocorre é que o nível de pesticida “preso” ao alimento é tão baixo que não é motivo de preocupação.

Organic food isn't free of pesticides. However, pesticide levels on both organic and non organic foods are so low that they aren't of concern, according to the USDA.

8. O estresse causa pressão alta. Na verdade, ele não tem assim tanta influência nos problemas de pressão alta como se poderia pensar. Momentos de grande estresse podem realmente aumentar a pressão arterial temporariamente, mas esta não é a principal causa da hipertensão. O tabaco, a herança genética e uma alimentação pouco equilibrada desempenham um papel bastante mais relevante nos problemas de pressão alta.

Stress doesn't play a large role in chronic high blood pressure. Acute stress can temporarily increase blood pressure, but overall it's not a main cause of hypertension. Things like genetics, smoking, and a bad diet are much bigger factors.

9. O raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Cai, sim! Veja o caso do Empire States, em Nova York. Ele é atingido por raios mais de 100 vezes por ano!

Lightning does strike twice. And some places, like the Empire State Building, get struck up to 100 times a year.
10. A radiação do microondas pode causar câncer. Imagina! Apenas alguns tipos de radiação causam câncer, e ainda depende da dose a que a pessoa foi submetida. Como a radiação dos raios solares que causam câncer de pele, por exemplo, mas apenas se você ficar muito tempo exposto e sem proteção. Mas os raios solares, na dose certa, ajudam seu corpo a produzir a vitamina D.

Microwave radiation won't cause cancer, it just heats food up. In fact only a few types of radiation cause cancer, and these depend on the dose — just like radiation from the sun can cause skin cancer but just enough helps your body make Vitamin D.

10 Curiosidades sobre o corpo humano

A gente usa todos os dias essa máquina maravilhosa que é o nosso corpo e nem se dá conta de que, para sobreviver tantos anos como faz o ser humano, não temos asas, nem carapaças, nem venenos ou garras como os nossos companheiros de planeta. Mas há alguns aspectos muito interessantes que tornam essa máquina uma maravilha da evolução.

1. Nosso ácido estomacal é forte o suficiente para derreter zinco, mas pra nossa sorte as células que revestem o nosso estômago têm uma capacidade de regeneração e renovação tão grandes que o ácido não consegue provocar nenhum mal para nosso corpo.

2. Não ponha a língua para fora se quiser esconder sua identidade. Assim como as digitais, a nossa língua tem uma “digital lingual” diferente para cada ser humano.

3. Uma pessoa comum ingere 50 toneladas de alimentos e consome 50.000 litros de líquidos durante toda a sua vida.

4. Nosso olfato não é tão sensível como o dos cães, mas ainda assim consegue registrar cerca de 50.000 cheiros diferentes.

5. Seu animal de estimação não é o único na casa com problema de queda de pelos. Os humanos perdem 600 mil partículas de pele por hora. Isso resulta em cerca de 680 g por ano, por isso uma pessoa comum terá perdido cerca de 47 kg de pele até os 70 anos de idade.

6.  Seus rins ajudam a livrar o corpo das toxinas e, sem eles, morreríamos. A razão para isso é a capacidade de filtragem surpreendente dos rins. Cada rim contém um milhão de filtros. Isso significa que seu corpo tem dois milhões de filtros, que filtram 1,3 litros de sangue por minuto e expelem 1,4 litros de urina por dia! Sem essa filtragem de vital importância, nossos corpos se encheriam rapidamente com toxinas e ficaríamos doentes e bem perto da morte. É por isso que as pessoas com deficiências renais precisam de máquinas de diálise renal.

7. Um adulto tem menos ossos que um bebê. Começamos a vida com 350 ossos, mas como eles se fundem durante o crescimento, terminamos com apenas 206 quando adultos.

8. O ar do espirro humano pode viajar a uma velocidade de 160 km/h ou mais – outra boa razão para você cobrir seu nariz e boca quando espirrar, ou desviar a cabeça quando ouvir um espirro vindo em sua direção.

9. O sangue tem uma longa estrada para percorrer: estendidos de ponta a ponta, temos cerca de 96,5 mil km de vasos sanguíneos no corpo humano. E o operário padrão que é o coração bombeia cerca de 7.500 litros de sangue através dessas veias todos os dias.

10. Se você corta as unhas das mãos com mais frequência que a dos pés, isso é natural. As unhas que ficam mais expostas e são mais usadas geralmente crescem mais rápido. As unhas dos dedos das mãos crescem mais rápido na mão que você escreve e nos dedos mais longos. Em média, unhas crescem cerca de 2,5 mm por mês.

 

 

 

Fontes:
Editores da Publications International Ltd.  
"HowStuffWorks - 16 fatos curiosos sobre o corpo humano". 
 

10 fatos perturbadores que descobrimos recentemente

Este post é uma retrospectiva que resume alguns dos fatos mais perturbadores dos anos recentes. Aquelas descobertas que fizemos sem querer e que – por que não? – mudaram as nossas vidas e a maneira como enxergamos o mundo. Prepare-se para sentir de novo a emoção desses momentos que ficaram gravados eternamente em nossas memórias!

10. Descobrimos que Nicolas Cage foi o Imperador Maximiliano de Habsburgo

Seria ele um Doppelgänger ?

9. Descobrimos que a esteira pode ser vingativa.

8. Descobrimos a pior maneira de ser acordado…

7. Descobrimos que os russos postam provavelmente as melhores fotos em sites de encontros.

6. Descobrimos que os nerds também vandalizam.

5. Descobrimos um novo uso para seu moletom…

4. … e para a caixinha de fita cassete. 

Você ainda tem uma, não tem?

3. Descobrimos que Ozzy Osbourne é um mutante!

Análises genéticas apontam que seus genes foram forçados a evoluir para garantir a sobrevivência do roqueiro, depois de tantas coisas que ele ingeriu.

2. Descobrimos que a noiva, de tanto treinar, um dia acerta.

1. Descobrimos que há empregos piores do que os nossos.