Atualidades, Curiosidades, Novidades, Sabedoria

Significado dos nomes dos Estados Brasileiros (1 de 3)

Sempre tive curiosidade em saber quais os motivos que levam as pessoas a escolher determinado nome para batizar as coisas. Por exemplo, como escolhem o nome que vão dar a um carro novo? (escrevi até um post sobre isso). Ou o significado dos nomes, como Guilherme, que deriva do germânicoWilhelm, formado da junção de will, vontade e helm, proteção.

Por isso, fui pesquisar o significado dos nomes dos Estados do Brasil. Pelo que apurei, quem os batizou se baseou em três fontes:

1. Nomes indígenas relacionados à região;

2. Acidentes geográficos;

3. Nomes de santos.

Como não podia deixar de ser, num país que não preserva a sua História, há muita controvérsia em alguns casos, e eu procurei colocar o que encontrei de mais relevante:

ACRE: Há quem diga que tal nome originou-se de um erro de decifração de uma carta. Diz-se que um comerciante chamado João Gabriel de Carvalho Melo escreveu uma carta a uma autoridade solicitando mercadorias. Na carta constava “rio Aquiri” e, como tal autoridade não entendeu a grafia, usou uma palavra que se aproximava do nome, ou seja “Acre”. Outros dizem que o nome vem áquiri , touca de penas usada pelos índios Munducurus.

ALAGOAS: O nome é derivado dos numerosos lagos e rios que caracterizam o litoral alagoano.

AMAPÁ– Do tupi: ama’pa: nome de uma árvore. Mas, segundo a tradição, o nome teria vindo do nheengatu– lingua geral da Amazônia, uma espécie de dialeto tupi-jesuitico- significando”terra que acaba” ou “ilha”.

AMAZONAS – Diz-se que, em 1541, o capitão Francisco Orelhana encontrou junto à Foz do Nhammundá uma tribo de índias guerreiras com a qual travou luta, o que lhe inspirou a dá o nome das mitológicas amazonas de Termodunte. Maaaasss… Para alguns estudiosos, o nome vem de amasuru, que significa águias retumbantes.

BAHIA – Recebeu esse nome por causa de sua extensa enseada. O “h” existente no nome não possui nenhum valor etimológico, mas apenas histórico. Baía nada mais é do que uma reentrância numa costa, menor que um golfo, ou uma lagoa comunicante com um rio. A designação “de todos os santos”, dada à Bahia, remonta ao fato de tal localidade ter sido descoberta no dia de Todos os Santos (1° de novembro de 1526).

CEARÁ : Vem de siará, canto da jandaia, uma espécie de papagaio.

BRASÍLIA: Significa aquele que provém de terras brasileiras . Nome sugerido por José Bonifácio em 1823 em memorial encaminhado à Assembléia Geral Constituinte do Império. E ficou sendo o nome do Distrito Federal.

ESPÍRITO SANTO : Denominação dada pelo donatário Vasco Fernandes Coutinho que ali desembarcou em 1535, num domingo dedicado ao Espírito Santo.

(continua AQUI…)

Curiosidades, Novidades, Sabedoria

Significado das estrelas na bandeira brasileira

Curiosidade que “redescobri” agora: o significado das estrelas na nossa bandeira. Claro que isso foi ensinado na escola, mas como tantas outras coisas que os professores explicam pra gente, acabou entrando por um ouvido e saindo pelo outro…

As estrelas dispostas na bandeira brasileira não são uniformes e cada uma possui um significado. Cada estrela representa um Estado brasileiro, além disso todas possuem a mesma configuração, todas têm cinco pontas. Outro item que difere uma estrela da outra é quanto ao tamanho, existem cinco tamanhos distintos.

A distribuição das estrelas na bandeira brasileira foi feita a partir das características do céu do Rio de Janeiro, no dia 19 de novembro de 1889.

A estrela Spica que se encontra acima da faixa que expressa “Ordem e Progresso” representa o Estado do Pará, que no ano de 1889 correspondia ao maior território acima do paralelo do Equador. O Distrito Federal é representado pela estrela do tipo sigma do Octante.

Ficheiro:Flag of Brazil (sphere).svg

A bandeira do Brasil foi instituída a 19 de novembro de 1889, ou seja, 4 dias depois da Proclamação da República. É o resultado de uma adaptação na tradicional Bandeira do Império Brasileiro. Neste contexto, em vez do escudo Imperial português dentro do losango amarelo, foi adicionado o círculo azul com estrelas na cor branca.

Ficheiro:Flag of Brazil.svg

A bandeira do Império, que foi adaptada para a bandeira da República:

A bandeira imperial, usada de 1822 a 1889, foi inspiração para a atual bandeira nacional
Atualidades, Curiosidades, Family, Novidades, Sabedoria

Significado dos nomes dos Estados Brasileiros (3 de 3)

(continuação do post anterior)

PERNAMBUCO : Do Tupi, para’nã  = a rio caudaloso, e pu’ka, gerúndio de pug, rebentar, estourar. Relativo à entrada formado pela junção dos rios Beberibe e Capibaribe. Numa tradução literal, essa junção seria “mar furado ou mar estourado”.

PIAUÍ : Do Tupi, pi’au, piau é nome genérico de vários peixes nordestinos. Piauí é o rio dos piaus. Há quem diga ainda que pi’au quer dizer “peixe grande”.

RIO DE JANEIRO: O nome deve-se a um equívoco, segundo o que dizem alguns estudiosos. Martim Afonso de Souza descobriu a enseada a 1º de janeiro de 1532 e o confundiu com um grande rio. Outros estudiosos acrescentam que, como em janeiro os rios da Europa estão em “ cheia”, por conta de chuvas intensas em fins de dezembro, daí o nome de Rio de Janeiro.

RIO GRANDE DO NORTE : Derivado do rio Potengi, em oposição a algum rio pequeno próximo. Ou ao estado  do Rio Grande do Sul. Mais um caso em que não há registro fidedigno.

RIO GRANDE DO SUL : O nome se origina do canal que liga a lagoa dos Patos ao oceano.

RONDÔNIA : Nome dado em 1945 em homenagem ao marechal Cândido da Silva Rondon, grande sertanista brasileiro.

RORAIMA: No idioma indígena Ianomami , significa verde, + imã, que quer dizer serra , monte . Serra Verde.

2000px-Bandeira_de_Roraima.svg

SANTA CATARINA: Nome dado pelo bandeirante Francisco Dias Velho a uma igreja construída no local sob a invocação daquela santa.

SÃO PAULO: Denominação da capela construída ali pelos jesuítas, em 1554, e inaugurada a 25 de janeiro, dia da conversão do santo.

SERGIPE: Do tupi, si’riü pe =  “no rio dos siris”.

TOCANTINS: Nome de tribo indígena que habitou as margens do rio. Do tupi: tu’kã tim: “bico, nariz ou cabeça de tucano”.

Atualidades, Curiosidades, Novidades, Sabedoria

Significado dos nomes dos Estados Brasileiros (2 de 3)

(continuando o post anterior).

GOIÁS – Do tupi: gwaya (guaiás): “gente semelhante, da mesma raça”. Os guaiás eram índios que viviam na região.

MARANHÃO : Do tupi, mba’ra + a mar , e , = a corrente, rio que se assemelha ao mar, primeiro nome dado ao rio Amazonas.

MATO GROSSO : O nome designa uma região com margens cobertas de espessas florestas, segundo antigos documentos.

Mato Grosso

Mato Grosso do Sul (a separação do Estado de Mato Grosso foi decidida em 1977 e efetivada em 1979, para melhor administrar e desenvolver uma região tão extensa).

MINAS GERAIS: esse é meio evidente… O nome se deve às muitas minas de ouro espalhadas por quase todo o Estado. Na primeira metade do século XVIII, Minas Gerais tornou-se o centro econômico da colônia, com rápido povoamento. Com o apogeu da região mineradora, a escravidão foi adotada como forma dominante de organização do extrativismo. Com a mineração e a escravidão negra economicamente rendosas, 500 mil negros foram inseridos na capitania.

PARÁ: Do Tupi, pa’ra, que significa mar ou rio , designação do braço direito do rio Amazonas, engrossado pelas águas do rio Tocantins.

PARAÍBA: do tupi, pa’ra, = rio ou mar , e a’iba = ruim, impraticável. Talvez os habitantes nativos achassem difícil navegar no mar da região litorânea, habitada por tabajaras e potiguaras.

PARANÁ: Do tupi: Pa’ra = rio, mar, e = semelhante . A tradução literal seria ” semelhante a rio grande, ou mar”.

(o final AQUI).