PARA UMA APARÊNCIA MAIS JOVEM E RADIANTE.

A linha de cuidados da pele Luminesce® melhora a aparência de linhas finas e rugas, revelando o brilho único da sua pele. Desenvolvida por dermatologista, essas fórmulas hidratantes mantêm a aparência de sua pele mais jovem, suave e macia.

Linha Luminesce™ é uma linha de cosméticos antienvelhecimento desenvolvida por dermatologistas, exclusiva e inovadora, que melhora a aparência de linhas finas e rugas, bem como devolvem o brilho, a tonicidade e a jovialidade da sua pele. 

Todos os produtos da linha de cosméticos Luminesce™ possuem a exclusiva tecnologia APT-200, que consiste em mais de 200 fatores de crescimento de células-tronco humanas. 

Estes fatores de crescimento são sinais químicos de comunicação celular, liberados por células-tronco que, em contato com a pele, interagem com suas células de forma a melhorarem seu desempenho em diversas funções.

OS PRODUTOS DA LINHA LUMINESCE SÃO

  • Luminesce cellular rejuvenation serum: Diminui a aparência de linhas finas e rugas para uma aparência jovem. Uma pele mais hidratada para você se sentir mais bonita. Renova a pele para uniformizar o seu tom
  • Luminesce cellular rejuvenation serum: Nutre e protege o seu brilho radiante durante todo o dia. Essa leve loção facial protege e hidrata para manter a pele vibrante e bonita
  • LUMINESCE™ advanced night repair: Cuide da sua pele enquanto você dorme. Formulado com APT -200 ™ e hidratantes, esse creme hidratante noturno restaura a luminosidade ao mesmo tempo em que reduz a aparência de linhas finas para uma aparência mais jovem.
  • LUMINESCE™ youth restoring cleanser: Limpa a pele suavemente para remover detritos e impurezas. Esfolia para revelar uma pele mais jovem e mais suave. Prepara a pele para aumentar a eficácia do tratamento de beleza Luminesce.
  • LUMINESCE™ essential body renewal: Hidrate a sua pele com esta loção corporal luxuosa. Esta fórmula leve e enriquecida com nutrientes proporciona hidratação durante todo o dia. Formulada com APT- 200, esse hidratante não oleoso ajuda a manter o seu brilho jovem da cabeça aos pés
  • LUMINESCE™ ultimate lifting masque: Esfolia para uma limpeza mais profunda e mais completa. Ilumina para uma aparência mais jovem da pele
  • LUMINESCE™ FLAWLESS SKIN BRIGHTENER: Tenha uma pele perfeita com esse gel clareador único. Destaque para o nosso exclusivo APT-200, essa fórmula hidratante inclui ingredientes que reduzem a aparência de hiperpigmentação, e refina a aparência de poros para uma pele com aparência saudável e clara. Veja melhorias notáveis com esse gel altamente eficaz.

COMO USAR A LINHA LUMINESCE DA JEUNESSE

O tratamento possui três etapas, mais uma solução para o corpo e uma máscara de lifting que deve ser aplicada uma vez por semana. Veja os detalhes de cada etapa e seus ativos:

Passo 1: Luminesce Youth Restoring Cleanser – Efetiva a hidratação natural da sua pele enquanto desintoxica profundamente dentro das células. Tem a função de purificar e preparar a pele para os tratamentos que aumentam a juventude e combatem os efeitos do tempo. Os ingredientes são cuidadosamente formulados para manter nutrientes e umidade necessárias para apoiar o processo de renovação celular.

Passo 2: Luminesce Cellular Rejuvenation Serum – Atua ao nível molecular. Trata-se de um produto de rejuvenescimento diferente de qualquer outro. Este soro de seda tem o nosso maior percentual de fatores de crescimento e complexo para a renovação celularcontabilizando 200 fatores de crescimento em um só produto, onde na concorrência o máximo até hoje foram 8 fatores de crescimento. Usa-se duas vezes por dia, após uma limpeza com o cleanser. Possui um ótimo rendimento.

Passo 3 (dia) – Luminesce Daily Moisturizing Complex – É oil-free. Trata-se de um creme antirrugas e antienvelhecimento que pode ser usado durante o dia. Possui um complexo hidratante com extrato de maçã, lentilha e extratos de melancia para hidratação intracelular, extratos de algas vermelhas e algas verdes para manter a elasticidade da pele. Refresca funções celulares para uma aparência mais jovem.

Passo 4 (noite) – Luminesce Advanced Night Repair – Atua diretamente nas rugas finas e marcas de expressão. Corrige danos do passado enquanto você dorme. É rico em vitaminas e antioxidantes poderosos, que protegem as membranas celulares dos danos dos radicais livres. Aumenta a hidratação intracelular em 85% em apenas duas semanas.

Corpo – Luminesce Essential Body Renewal – Serve para a pele do corpo, proporcionando a hidratação final e atenção celular necessárias diariamente. Propõe a renovação do corpo, nutrindo a pele suavemente, restaurando e amaciando todos os tipos de pele, principalmente nas áreas ásperas e secas. É um anti envelhecimento corporal.

Lifting – Luminesce Ultimate Lifting Masque – Tem efeito imediato sobre a pele. Proporciona um levantamento final e a redução das linhas finas e rugas. Deve ser usado uma vez por semana apenas, pois é um produto complexo e dinâmico para a restauração da estrutura da pele.

O vídeo abaixo explica didaticamente como usar:

DICAS IMPORTANTES para manter a pele saudável:

  • Cuidados como a alimentação, por exemplo, a ingestão frituras não é uma boa. O ideal é procurar fazer uma dieta balanceada, ingerir bastante fibra para o bom funcionamento dos intestinos, não esquecendo também da água que é super importante tanto para digestão das fibras como para a hidratação da pele, esses cuidados ajudarão a manter sua pele livre do acúmulo de gorduras e impurezas
  • Cuidar do emocional, nada pior do que o estresse, ansiedade, tristeza, sono irregular. Imagina tudo isso refletido na pele, o resultado será uma tonalidade opaca, sem viço, com manchas causadas muitas vezes por cutucar aquele cravo ou espinha sem nem perceber, pelo estado emocional frágil que nos encontramos.
  • Cuidado com as toxinas em certos tipos de medicamentos, por isso, tente fazer uso de medicamentos naturais como fitoterápicos, chás, óleos essenciais etc. Esses medicamentos, além de ajudar com os problemas de saúde, auxiliam também no estado de saúde e beleza da pele.
  • Vícios como tabagismo, álcool, nos deixam bem longe de ter uma pele perfeita. Tudo que reflete em nossa pele vem de dentro. O melhor investimento que teremos na vida é aquele que investimos em nós mesmos mas antes devemos ter consciência de que sem os cuidados e a mudança de hábito, nenhum tratamento externo funciona plenamente, para isso tudo deve estar em sincronia e a exclusiva tecnologia APT-200 da jeunesse, interage com suas células de forma a melhorarem seu desempenho em diversas funções.

PARA ENCERRAR

Para que se tenha um retorno satisfatório, é necessário o uso diário de uma linha completa que seria o gel de limpeza, que vai limpar profundamente a pele para que ela receba com mais eficiência os tratamentos (Luminesce Youth Restoring Cleanser), em seguida (Luminesce Cellular Rejuvenation Sérum). Se for de manhã (Luminesce Daily Moisturizing Complex) com filtro solar, e para noite (Luminesce Advanced Night Repair). O uso do sérum separadamente infelizmente não tem o poder de proporcionar o efeito que esperamos porque a pele precisa de uma limpeza mais profunda, um lifting mesmo e isso é o que acontece quando usamos o (Luminesce Youth Restoring Cleanser).

Esse tratamento deve ser mantido por algum tempo para se ter um retorno satisfatório. Segundo a Jeunesse, com dois meses já se tem um bom resultado.

Vou deixar aqui o site da empresa, para cadastro: https://julioafilho.jeunesseglobal.com/pt-BR/luminesce

Com seu cadastro no site, você vai poder poder tirar todas as suas dúvidas a respeito de todos os produtos diretamente com atendentes do Call Center da Jeunesse, além de poder comprar os produtos em até 3 X sem juros no cartão, recebendo-os em casa.

Fontes:

Jeunesse

belezainterativa.com

O que a caminhada pode fazer por você

Já dizia Hipócrates: “Andar é o melhor remédio para um homem”. Eu iria mais além, porque caminhar – aliado a um bom sono e uma dieta saudável – pode ajudar a evitar vários problemas de saúde.

Você conhece algum exercício mais fácil de praticar do que a caminhada? Ela não exige habilidade, é uma atividade barata de se fazer, pode ser praticada a praticamente qualquer hora do dia, não tem restrição de idade e ainda pode ser feita dentro de casa, se a pessoa tiver uma esteira.

“Para uma pessoa que não pratica nenhum tipo de esporte, uma caminhada de 10 minutos por dia já provoca efeitos perceptíveis ao corpo, depois de apenas uma semana”, explica o fisiologista do esporte Paulo Correia, da Unifesp.

Além da melhora do condicionamento físico, as vantagens de caminhar para a saúde do corpo e da mente são muitas, e comprovadas pela ciência. Na pesquisa Life Insights: Health Report 2017, viu-se que 49,3% da população faz exercícios aeróbicos regularmente, 21,8% fazem exercícios de vez em quando e 26,8% não fazem exercícios físicos. Além disso, 59,2% dos participantes procuram andar a pé sempre que possível para ter uma vida mais saudável.

Entre as pessoas que já caminham ou fazem alguma outra atividade aeróbica, os principais motivos são: para envelhecer com mais saúde (78,2%), para se sentir mais disposto (76%) e para se manter em forma (66,5%). Nesse grupo, 53,3% se exercita sem academia e 46,7% frequenta a academia. E, claro, 9,6% dos participantes confessaram que pagam a academia, mas nunca vão. (eu nunca paguei, e nunca fui…. eh eh eh!)

Confira mais detalhes sobre os benefícios dessa atividade física:

1.Melhora a circulação

Um estudo feito pela USP, de Ribeirão Preto, provou que caminhar durante aproximadamente 40 minutos é capaz de reduzir a pressão arterial durante 24 horas após o término do exercício. Isso acontece porque, durante a prática, o fluxo de sangue aumenta, levando os vasos sanguíneos a se expandirem, diminuindo a pressão.

Além disso, a caminhada faz com que a as válvulas do coração trabalhem mais, melhorando a circulação de hemoglobina e a oxigenação do corpo. “Com o maior bombeamento de sangue para o pulmão, o sangue fica mais rico em oxigênio. Somado a isso, a caminhada também faz as artérias, veias e vasos capilares se dilatarem, tornando o transporte de oxigênio mais eficiente às partes periféricas do organismo, como braços e pernas”, explica o fisiologista Paulo Correia.

2. Deixa o pulmão mais eficiente

O pulmão também é bastante beneficiado quando caminhamos. De acordo com Paulo Correia, as trocas gasosas que ocorrem nesse órgão passam a ser mais poderosas quando caminhamos com frequência. Isso faz com que uma quantidade maior de impurezas saia do pulmão, deixando-o mais livre de catarros e poeiras.

3. Combate a osteoporose

O impacto dos pés com o chão tem efeito benéfico aos ossos. A compressão dos ossos da perna, e a movimentação de todo o esqueleto durante uma caminhada, faz com que haja uma maior quantidade de estímulos elétricos em nossos ossos. Esse estímulo facilita a absorção de cálcio, deixando os ossos mais resistentes e menos propensos a sofrerem com a osteoporose.

“Na fase inicial da perda de massa óssea, a caminhada é uma boa maneira de fortalecer os ossos. Mesmo assim, quando o quadro já é de osteoporose, andar frequentemente pode diminuir o avanço da doença”, diz o fisiologista da Unifesp.

Durante a caminhada, nosso corpo libera uma quantidade maior de endorfina, hormônio produzido pela hipófise, responsável pela sensação de alegria e relaxamento. Quando uma pessoa começa a praticar exercícios, ela automaticamente produz endorfina.

Depois de um tempo, é preciso praticar ainda mais exercícios para sentir o efeito benéfico do hormônio. “Quanto mais você caminha, mais endorfina seu organismo produz, o que te dá mais ânimo. Esse relaxamento também faz com que você esteja preparado para passar cada vez mais tempo caminhando”, explica Paulo Correia.

5. Aumenta a sensação de bem-estar

Uma breve caminhada em áreas verdes, como parques e jardins, pode melhorar significativamente a saúde mental, trazendo benefícios para o humor e a autoestima, de acordo com um estudo feito pela Universidade de Essex, no Reino Unido.

Comparando dados de 1,2 mil pessoas de diferentes idades, gêneros e status de saúde mental, os pesquisadores descobriram que aqueles que se envolviam em caminhadas ao ar livre e também, ciclismo, jardinagem, pesca, canoagem, equitação e agricultura, apresentavam efeitos positivos em relação ao humor e à autoestima, mesmo que essas atividades fossem praticadas por apenas alguns minutos diários.

6. Deixa o cérebro mais saudável

Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento. Entretanto, um novo estudo da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, mostra que esse efeito antienvelhecimento do exercício pode ser possível também em relação ao cérebro, ao aumentar seus circuitos neurais e reduzir os riscos de problemas de memória e de atenção. “Os estímulos que recebemos quando caminhamos aumentam a nossa coordenação e fazem com que nosso cérebro seja capaz de responder a cada vez mais estímulos, sejam eles visuais, táteis, sonoros ou olfativos”, comenta Paulo Correia.

Outro estudo, feito pela Universidade de Pittsburgh, afirma que as pessoas que caminham em média 10 quilômetros por semana apresentam metade dos riscos de ter uma diminuição no volume cerebral. Isso pode ser um fator decisivo na prevenção de vários tipos de demência, inclusive a doença de Alzheimer, que mata lentamente as células cerebrais.

7. Diminui a sonolência

A caminhada durante o dia faz com que o nosso corpo tenha um pico na produção de substâncias estimulantes, como a adrenalina. Essa substância deixa o corpo mais disposto durante as horas subsequentes ao exercício. Somado a isso, a caminhada melhora a qualidade do sono de noite.

Como o corpo inteiro passa a gastar energia durante uma caminhada, o nosso organismo adormece mais rapidamente no final do dia. Por isso, poucas pessoas que caminham frequentemente têm insônia.

8. Mantém o peso em equilíbrio e emagrece

Esse talvez seja o benefício mais conhecido da caminhada. “É claro que caminhar emagrece. Se você está acostumado a gastar uma determinada quantidade de energia e começa a caminhar, o seu corpo passa a ter uma maior demanda calórica que causa uma queima de gorduras localizadas”, afirma Paulo Correia.

E o papel da caminhada na perda de peso não para por aí. Pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostraram que, mesmo horas depois do exercício, a pessoa continua a emagrecer devido à aceleração do metabolismo causada pelo aumento na circulação, respiração e atividade muscula

9. Controla a vontade de comer

Um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, sugere que fazer caminhadas pode conter o vício pelo chocolate. Durante o estudo, foram avaliadas 25 pessoas que consumiam uma quantidade de pelo menos 100 gramas por dia de chocolate. Os chocólatras tiveram que renunciar ao consumo do doce e foram divididos em dois grupos, sendo que um deles faria uma caminhada diária.

Os pesquisadores perceberam que não comer o chocolate, juntamente com o estresse provocado pelo dia a dia, aumentava a vontade de consumir o doce. Mas, uma caminhada de 15 minutos em uma esteira proporcionava uma redução significativa da vontade pela guloseima.

“Além de ocupar o tempo com outra coisa que não seja a comida, a caminhada libera hormônios, como a endorfina, que relaxam e combatem o estresse, efeito que muitas pessoas buscam compensar compulsivamente na comida”, afirma Paulo Correia.

10. Protege contra derrames e infartos

Quem caminha regularmente mantém a saúde protegida das doenças cardiovasculares. Por ajudar a controlar a pressão sanguínea, caminhar é um fator de proteção contra derrames e infarto. “Os vasos ficam mais elásticos e mais propícios a se dilatarem quando há alguma obstrução. Isso impede que as artérias parem de transportar sangue ou entupam”, diz Paulo

A caminhada também regula os níveis de colesterol no corpo. Ela age tanto na diminuição na produção de gorduras ruins ao organismo, que têm mais facilidade de se acumular nas paredes dos vasos sanguíneos e por isso causar derrames e infartos, como no aumento na produção de HDL, mais conhecido como colesterol bom.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:

bastanteinteressante.org

minhavida.com.br

O que acontece com o seu corpo quando você corta o açúcar refinado?

abre-da-materia-de-acucar-1480424004582_v2_1170x540-1

O açúcar processado, também chamado de refinado, ocupa as primeiras posições na lista de alimentos inimigos da boa saúde. Isso porque, quando passa por processos químicos de refinamento, ele perde muitos nutrientes e o que sobra são apenas calorias provenientes dos carboidratos. A regra é: quanto mais branco, mais processado é o açúcar.

O que também faz dele um vilão tão potencialmente perigoso são seus disfarces. O açúcar processado não está presente apenas no açucareiro usado para adoçar o café ou fazer um bolo. Refrigerantes e outros alimentos industrializados, como molhos, sorvetes e iogurtes, são exemplos de produtos ricos em açúcar. Comidas salgadas, como macarrão, arroz branco e pães, também levam o produto na composição.

Considerado pobre nutricionalmente, quando o açúcar é consumido além da conta, causa uma série de complicações para o organismo, como diabetes, obesidade, cansaço, envelhecimento da pele e até baixa imunidade. Recentemente, uma pesquisa divulgada pelo jornal Jama Internal Medicine apontou que representantes da indústria açucareira teriam manipulado, durante décadas, estudos sobre os efeitos do produto na saúde, atribuindo problemas cardíacos apenas ao colesterol e gorduras saturadas.

Com tantas complicações para saúde, a dica dos especialistas é resistir e eliminar o consumo desse tipo de açúcar da alimentação. Para isso, o ideal é substituí-lo por opções mais saudáveis –como açúcar de coco ou mascavo– e reduzir a ingestão de alimentos industrializados.

Acha difícil? Veja alguns dos benefícios que a atitude pode causar no organismo. A lista foi elaborada com a consultoria da nutricionista funcional e ortomolecular Rachel Faria, e dos endocrinologistas Glaucia Carneiro, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), e Renato Zilli, do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

emagrece-ilustracao-materia-cortar-acucar-processado-1480365248103_v2_300x400

Emagrece

O açúcar não é o único vilão da dieta, mas reduzir (ou cortar) o seu consumo ajuda a evitar, principalmente, o ciclo vicioso de sua ingestão e, consequentemente, reduz as calorias ingeridas. O consumo de açúcar simples gera picos e quedas repentinas de glicemia no sangue. A cada “baixa”, sentimos ainda mais vontade de comer. Se a próxima escolha for um carboidrato ou doce, por exemplo, o ciclo se reinicia. Com o passar dos anos, esse ciclo vicioso contribuirá também para o surgimento de outras doenças, como pressão alta, colesterol e obesidade.

Traz mais disposição

Quando ingerimos açúcar, os níveis de glicose no sangue aumentam, fazendo com que o pâncreas produza insulina (hormônio responsável por reduzir a glicose) além do normal. Para reequilibrar o organismo, nosso sistema coloca em ação a insulina, que tem como objetivo fazer a glicose circular. O excesso de açúcar é considerado tóxico e acaba se transformando em gordura, que interfere no equilíbrio nervoso. Além disso, um estudo feito em 2008 pelo The Scripps Research Institute, uma organização americana privada, apontou que o açúcar pode reduzir as atividades da orexina, um neurotransmissor que regula a excitação, a vigília e o apetite. Quando esses neurotransmissores têm suas atividades reduzidas, o organismo passa a ficar mais sonolento e cansado.

Pele mais jovem

Um cardápio com muito açúcar deixa a pele opaca e enrugada. Isso por causa da glicação, processo em que a glicose em excesso danifica a elasticidade da pele, levando a rugas, flacidez, além de deixá-la com um aspecto envelhecido.

deixa-nosso-humor-mais-estavel-ilustracao-materia-cortar-acucar-processado-1480365241651_v2_300x400

Evita o aparecimento de acne

Alimentos que elevam rapidamente os níveis de açúcar no sangue, como pães e massas brancas, podem causar flutuações hormonais –como o aumento nos níveis de insulina no corpo, responsável por reduzir a taxa de glicose no sangue. Essas flutuações desencadeiam reações inflamatórias em nosso organismo, inclusive na pele, resultando em cravos e espinhas.

Deixa nosso humor mais estável

Picos e quedas repentinas no nível de açúcar no sangue podem causar sintomas como irritabilidade, alterações de humor, confusão mental e cansaço. Quando tomamos um copo de refrigerante, por exemplo, há um aumento acelerado do nível de açúcar no sangue. E, logo depois, uma queda repentina. Quando há essa queda, nos sentimos ansiosos, temperamentais e cansados. Portanto, ao cortar o açúcar, o humor tende a ficar mais estável.

Fortalece o sistema imunológico

Consumir açúcar em excesso pode causar uma queda na capacidade do nosso organismo de destruir vírus e bactérias intrusos. Um estudo feito em 1973, pela Universidade Loma Linda, nos EUA, apontou que, quando voluntários consumiram cem gramas de açúcar, a atividade dos leucócitos (células de defesa) caiu pela metade. Para alguns nutricionistas, o açúcar também estimula o crescimento de fungos associados a infecções crônicas, que sobrecarregam o sistema imunológico.

Diminui o risco de diabetes

O consumo excessivo de açúcar pode tornar o organismo resistente à insulina, que controla a entrada de açúcar nas células. Se a produção de insulina for insuficiente, o açúcar acaba retido na corrente sanguínea, acarretando uma série de complicações. Entre elas, a diabetes.

caries-ilustracao-materia-cortar-acucar-processado-1480365235514_v2_300x400

Boca livre de cáries e mau hálito

As principais causas do mau hálito (ou halitose) originam-se na boca. Quando a higiene bucal é incompleta, a língua acumula uma massa esbranquiçada formada por resíduos alimentares. Essa massa vira alimento das bactérias causadoras do mau hálito. Os alimentos que contêm açúcar acabam potencializando essa massa e servindo como fonte de energia para as bactérias causadoras do mau hálito. No caso das cáries, as bactérias presentes em nossa boca transformam o açúcar em um ácido que ataca e enfraquece os dentes.

Melhora o sono

Se você consome muitos alimentos ricos em carboidratos simples ou bebidas açucaradas antes de dormir, terá uma “entrada extra” de energia no organismo, deixando-o mais “ligado”, o que pode dificultar a hora de dormir.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:

Cintia Baio, UOL

Imagens: Marcos Inoue/UOL

 

A tatoo e sua história ou… Se arrependimento matasse…

Você certamente conhece alguém que tem um desenho gravado na pele. Ou é você que tem uma tattoo?

Usadas para marcar um momento importante, fazer uma homenagem ou simplesmente para embelezar o corpo, as tatuagens têm suas origens muito antes de Cristo. Com o passar do tempo e dos acontecimentos históricos, os estilos de tatuagem foram mudando, assim como o público adepto de carregar esse tipo de arte na pele.

O registro mais antigo de uma tatuagem foi descoberto em 1991 no cadáver congelado de um homem da Idade do Cobre. Os restos mortais do homem, que foi apelidado pelos cientistas de “Ötzi”, datam de 3.300 anos antes de Cristo. Em seu corpo foram encontradas diversas linhas na região das costas, tornozelos, punhos, joelhos e pés. Supõe-se que os desenhos tenham sido criados a partir da fricção de carvão em cortes verticais feitos na pele.

Depois de estudar o corpo, exames de raio X revelaram degenerações ósseas ao lado de cada uma das tatuagens. Isso levou os cientistas a acreditar que o povo de Ötzi – que são os ancestrais de parte dos europeus – utilizasse os desenhos como uma espécie de tratamento médico para diminuir a dor.

Com o desenvolvimento das civilizações, as tatuagens ganharam outros significados. As mulheres que dançavam nos funerais egípcios por volta de 2.000 antes de Cristo tinham os mesmos desenhos abstratos de traços e pontos encontrados em múmias do sexo feminino desse período. Mais tarde, notou-se também o surgimento de tatuagens que representavam Bes, a deusa egípcia da fertilidade e da proteção dos lares.

Os romanos e as cruzadas

Povos antigos já tatuavam o corpo.

Povos antigos já tatuavam o corpo.

Enquanto algumas civilizações costumavam adornar seus corpos com desenhos variados, os antigos romanos não faziam tatuagens por acreditarem na pureza da forma humana. Por esse motivo, as tatuagens eram banidas e reservadas apenas para os criminosos e os condenados. Com o passar do tempo, porém, os romanos começaram a mudar sua visão com relação à tatuagem, motivados principalmente pelos guerreiros bretões, que usavam insígnias de honra tatuadas na pele. Assim, eles passaram a admirar a bravura dos guerreiros e os símbolos que eles carregavam. Em pouco tempo, soldados romanos também gravaram suas próprias marcas. Outro fato interessante é que os médicos romanos desenvolveram excelentes técnicas para aplicar e remover os desenhos.

Já durante as cruzadas dos séculos 11 e 12, as tatuagens foram usada para identificar os soldados de Jerusalém. Todos aqueles que tivessem o desenho da cruz em seus corpos receberiam um enterro propriamente cristão se fossem mortos em batalhas.

A origem do nome

No começo do século 18, marinheiros europeus tiveram seu primeiro contato com povos que viviam em ilhas na região sul e central do Oceano Pacífico e tinham as tatuagens como um importante aspecto cultural.

No Havaí, por exemplo, quando as pessoas estavam de luto, tinham três pontos tatuados na língua. Já em Bornéu, os nativos costumavam gravar a imagem de um olho na palma da mão do falecido para que servisse como um guia espiritual que o levaria à próxima vida. Na Nova Zelândia, os Maoris tatuam o rosto como uma forma de expressão e uma maneira de identificar a família a que se pertence.

Em 1769, o capitão britânico James Cook desembarcou no Taiti, onde a palavra “tatau” era usada para designar a maneira com que a tatuagem era feita – fazendo a tinta penetrar no corpo. Um dos instrumentos utilizados pelos habitantes para fazer os desenhos consistia em uma concha afiada presa a uma vareta de madeira. Acredita-se que a palavra “tatau” tenha dado origem ao termo “tattoo”, um dos nomes mais usados para os desenhos gravados na pele.

A tradição oriental

A tatuagem é uma prática vastamente difundida no Japão desde o século 5 antes de Cristo. Usada para o embelezamento do corpo ou para marcar criminosos, a arte chegou a ser proibida em 1870. Isso fez com que os tatuadores passassem a atender ilegalmente e deu origem a desenhos únicos, que são reconhecidos como tipicamente japoneses na atualidade.

A Yakuza – também conhecida como a máfia japonesa – é uma das principais referências em tatuagem no Japão. Usando uma técnica chamada “tebori”, que é mais rudimentar, demorada e dolorida do que a tatuagem feita com máquina, os membros da Yakuza cobrem seus corpos do pescoço aos tornozelos com desenhos cheios de significados, como o dragão, a carpa, o tigre, os lutadores e alguns tipos de flores.

A tatuagem nos dias de hoje

Em 1891, o inventor americano Samuel O’Reilly patenteou a primeira máquina elétrica de tatuagem do mundo, deixando para trás as ferramentas tradicionalmente utilizadas no Ocidente. Nos anos seguintes, a tatuagem ficou marcada como uma forma de expressão de grupos de contracultura, marinheiros e veteranos da Segunda Guerra Mundial.

Ao longo de toda a história da tatuagem, os desenhos gravados no corpo sempre geraram polêmica e, em alguns casos foram recebidos com preconceito. Atualmente, as pessoas que carregam imagens na pele não pertencem mais a um determinado grupo. Os desenhos são os mais variados e servem como uma forma de expressão individual.

A popularização da prática da tatuagem pode ser vista em feiras e convenções que são organizadas em diversos países e reúnem um público bastante eclético, que tem como único ponto em comum o interesse pelos desenhos gravados na pele.

Então, se você está pensando em rabiscar alguma coisa em seu corpo, escolha um bom tatuador. Os melhores são mais caros, mas trabalham melhor e você não terá motivos para se arrepender, como possivelmente aconteceu com as pessoas abaixo:

1-ferozer0-577x1024

3-Tattoo-Failure-e1457445538835

5-The-Soccer-Mom-Files

8-@tattoo_fails

12-@tattoo_fails

13-tazednconfused

skateboarder-on-back-funny-ugliest-worst-bad-tattoos

tatoo-1

worst-tattoo-fail

 

 

10 Curiosidades sobre o corpo humano

A gente usa todos os dias essa máquina maravilhosa que é o nosso corpo e nem se dá conta de que, para sobreviver tantos anos como faz o ser humano, não temos asas, nem carapaças, nem venenos ou garras como os nossos companheiros de planeta. Mas há alguns aspectos muito interessantes que tornam essa máquina uma maravilha da evolução.

1. Nosso ácido estomacal é forte o suficiente para derreter zinco, mas pra nossa sorte as células que revestem o nosso estômago têm uma capacidade de regeneração e renovação tão grandes que o ácido não consegue provocar nenhum mal para nosso corpo.

2. Não ponha a língua para fora se quiser esconder sua identidade. Assim como as digitais, a nossa língua tem uma “digital lingual” diferente para cada ser humano.

3. Uma pessoa comum ingere 50 toneladas de alimentos e consome 50.000 litros de líquidos durante toda a sua vida.

4. Nosso olfato não é tão sensível como o dos cães, mas ainda assim consegue registrar cerca de 50.000 cheiros diferentes.

5. Seu animal de estimação não é o único na casa com problema de queda de pelos. Os humanos perdem 600 mil partículas de pele por hora. Isso resulta em cerca de 680 g por ano, por isso uma pessoa comum terá perdido cerca de 47 kg de pele até os 70 anos de idade.

6.  Seus rins ajudam a livrar o corpo das toxinas e, sem eles, morreríamos. A razão para isso é a capacidade de filtragem surpreendente dos rins. Cada rim contém um milhão de filtros. Isso significa que seu corpo tem dois milhões de filtros, que filtram 1,3 litros de sangue por minuto e expelem 1,4 litros de urina por dia! Sem essa filtragem de vital importância, nossos corpos se encheriam rapidamente com toxinas e ficaríamos doentes e bem perto da morte. É por isso que as pessoas com deficiências renais precisam de máquinas de diálise renal.

7. Um adulto tem menos ossos que um bebê. Começamos a vida com 350 ossos, mas como eles se fundem durante o crescimento, terminamos com apenas 206 quando adultos.

8. O ar do espirro humano pode viajar a uma velocidade de 160 km/h ou mais – outra boa razão para você cobrir seu nariz e boca quando espirrar, ou desviar a cabeça quando ouvir um espirro vindo em sua direção.

9. O sangue tem uma longa estrada para percorrer: estendidos de ponta a ponta, temos cerca de 96,5 mil km de vasos sanguíneos no corpo humano. E o operário padrão que é o coração bombeia cerca de 7.500 litros de sangue através dessas veias todos os dias.

10. Se você corta as unhas das mãos com mais frequência que a dos pés, isso é natural. As unhas que ficam mais expostas e são mais usadas geralmente crescem mais rápido. As unhas dos dedos das mãos crescem mais rápido na mão que você escreve e nos dedos mais longos. Em média, unhas crescem cerca de 2,5 mm por mês.

 

 

 

Fontes:
Editores da Publications International Ltd.  
"HowStuffWorks - 16 fatos curiosos sobre o corpo humano".