Os maiores mitos e verdades sobre os Beatles

Aproveitando a notícia de que uma exposição sobre os 50 anos dos Beatles estará no Consulado Britânico em São Paulo (http://www.timeout.com.br/sao-paulo/na-cidade/events/2091/beatles-50-anos-de-historia), vou rememorar alguns dos mitos que se construíram ao longo da carreira da maior banda de rock de todos os tempos. A capa de “Yesterday and Today” era um protesto – Quando foi lançada aContinuar lendo “Os maiores mitos e verdades sobre os Beatles”

Cara de um, focinho do outro

Quando eu era pequeno, assisti no cinema o desenho “101 Dálmatas” e fiquei encantado. Não apenas pela magia do movimento, pela emoção da história e pela crueldade da vilã, Cruella Cruel, que desejava sacrificar todos aqueles filhotinhos de dálmata para fazer um casaco de pele. Mas também por uma sequência marcante logo no início doContinuar lendo “Cara de um, focinho do outro”

Canhotos, essa gente da esquerda!

Quantas pessoas que acompanham este blog são canhotas? Estima-se que entre 10 e 12% das pessoas sejam canhotas no mundo. Muita gente, não? Quais são os motivos que tornam alguém um canhoto? A ciência ainda não tem certeza, mas pesquisas apontam que o motivo seja uma combinação complexa entre uma predisposição genética e o ambienteContinuar lendo “Canhotos, essa gente da esquerda!”

A arte da caricatura

Sou um grande admirador das artes em geral  – cinema, teatro, pintura, quadrinhos, música… – e uma das que mais admiro é a arte da caricatura. Segundo a Wikipedia, ” a caricatura é um desenho de um personagem da vida real, tal como políticos e artistas. Porém, a caricatura enfatiza e exagera as características da pessoa de uma forma humorística,Continuar lendo “A arte da caricatura”

Por trás das câmeras… (2)

Os sensacionais “Imperdoáveis”, o gênio Clint Eastwood e o espetacular Morgan Freeman. Isso é que saber envelhecer bem. Meus ídolos dos filmes de terror B, da esquerda para direita, sentido horário: Christopher Lee ( o conde Dookan de Star Wars, ou Saruman de “Senhor dos Anéis” ou Drácula), Vincent Price ( a gargalhada tenebrosa noContinuar lendo “Por trás das câmeras… (2)”

Por trás das câmeras… (1)

Uma espiada do outro lado da ficção. Ela ainda era Norma Jean Baker, e não Marylin Monroe. O Cary Grant podia ter escolhido um carro maiorzinho… Essa achei o máximo, o Charlton Heston num intervalo das filmagens de “Ben Hur”, prestes a sair passeando em algo que não era uma biga! Sei lá, precisava filmarContinuar lendo “Por trás das câmeras… (1)”