Os esportes mais estranhos do mundo

Sempre achei o curling um esporte estranho (você já deve ter visto na TV, é aquele esporte maluco de inverno que é jogado em um ringue comprido de gelo, lançando pedras de um lado ao outro do ringue). Para mim, nada mais é do que uma espécie de bocha…

Mas, passeando pela internet, descobri que existem esportes ainda mais malucos do que esse! Fiz uma listinha abaixo e tenho certeza de que vai concordar comigo que são mesmo coisa de doido…

Xadrez – Boxe

Isso mesmo que você leu. Os lutadores se enfrentam no ringue em dois rounds de dois minutos cada, e depois jogam xadrez por quatro minutos e assim por diante, até um nocautear o outro ou dar um xeque-mate. Vou sugerir um MMA-dominó, que tal?

Bog-snorkeling

Esse é meio nojento. Os competidores precisam nadar ida e volta num trecho de 60 metros numa vala, usando snorkels, máscara de mergulho, pé de pato. Quem concluir em menos tempo, vence. E só pode usar a nadadeira e não dar braçadas. Eca… Há um campeonato mundial realizado no Reino Unido, mais especificamente no País de Gales.

Buzkashi

Quem assistiu o Rambo 3 viu o herói disputando uma partida disso (na época, achei que fosse invenção do roteirista, mas o esporte existe mesmo!). Montados em cavalos, os competidores têm um objetivo claro: marcar um gol no adversário. Poderia ser uma simples partida de pólo, não fosse uma pequena diferença – ao invés de bolas, eles lançam a carcaça de uma vaca ou de uma cabra. Este é o Buzkashi, esporte tradicional  no Afeganistão (a história do Rambo 3 se passava lá).  Se você já acha esquisito demais sair por aí jogando com um animal morto, tem mais: os jogadores usam chicotes para se defenderem e atacarem os jogadores do outro time.

Corrida do Queijo

Esse é mais conhecido e passa toda hora na TV, mas não por isso deixa de ser um esporte bizarro. Do alto de uma montanha em Gloucestershire, Inglaterra, é arremessado um queijo Gloucester. Para ganhar a competição (e levar para casa o queijo!) deve-se chegar primeiro ao fim da ladeira. Ao sair rolando, o queijinho pode atingir surpreendentes velocidades de até 110km/h, por isso, é raro que algum dos competidores consiga capturar o fujão antes de chegar à linha de chegada. Como sempre ocorrem fraturas nos participantes, ambulâncias ficam de prontidão para atendê-los, e também a espectadores atingidos pelo queijo rolante.

Carregamento de esposas

Simples como o nome diz, basta carregar a sua esposa num percurso de 250 metros com obstáculos, e a dupla mais rápida vence. O peso mínimo da esposa é de 49 kg, o ex-jogador de basquete Dennis Rodman já participou (ele alugou uma esposa), e o prêmio é dado de acordo com a massa corporal da mulher, só que em litros de cerveja. Não é uma ideia?

Regata de abóboras

A regata de abóboras é praticada há mais de dez anos no Canadá. Foi na fazenda de Windsor Howard Dill, em Windsor, no Canadá, que abóboras gigantes começaram a ser plantadas, tornando-se a capital mundial das abóboras gigantes. Na prova, os participantes devem escavar uma abóbora gigante (algumas chegando a pesar mais de 300 kg), e entrar nela para começar a navegação. Os participantes são lançados em um rio e saem remando como se estivessem em  um caiaque. O vencedor é aquele que cruzar primeiro a linha de chegada.

Tem de tudo nesse nosso mundo louco.

Anúncios

Boxeador acertou Stallone no fígado, o fez passar mal e ficou fora de filme

Sylvester Stallone and Mr. T.

Se os campeões mundiais Muhammad Ali e Larry Holmes ficaram impressionados com a força do soco de Earnie Shavers é porque se tratava de um golpe poderoso. E Sylvester Stallone também pôde comprovar isso. Só que o resultado não foi bom para o ator.

Em uma audição para o filme “Rocky 3”, Stallone chamou Shavers para um teste no ringue e terminou o duelo vomitando no banheiro.

“Aquilo quase me matou. Fui direto para o banheiro masculino e vomitei”, contou Stallone, em declaração reproduzida no livro “The Boxing Filmography”, de Frederick Romano. Declaração semelhante, confirmando que o ator passou mal no banheiro, também aparece em um livro sobre a carreira de Muhammad Ali.

O soco foi dado por Shavers, mas a culpa foi de Stallone.

Earnie Shavers e esposa.

Earnie Shavers e esposa.

Isso porque o pugilista conta que estava controlando seus golpes para não machucar a estrela de “Rocky”. “Ele disse: ‘não se segure, bata em mim’. Eu disse que não poderia fazer aquilo. Queria muito fazer aquele papel e sabia que bater no astro não me ajudaria, mas ele ficou me pressionando para bater. Finalmente eu disse: ok”, contou Shavers a Ralph Wiley, em coluna da ESPN norte-americana.

“Dei um soco na região onde fica o fígado dos boxeadores. Não sei nada sobre atores, mas se eles têm fígado, provavelmente ficam no mesmo lugar”, argumentou o pugilista. “Stallone parou a luta e pediu ajuda para sair do ringue, curvando-se e indo para algum lugar. Logo depois ele avisou que não poderiam me usar no filme. Acho que estraguei tudo”, contou Shavers.

O boxeador era uma opção para interpretar James “Clubber” Lang, mas o papel acabou ficando com o ator Mr. T.

O soco no fígado de Stallone, pelo jeito, atrapalhou as pretensões de Shavers no cinema, mas aumentou a lenda sobre a potência de seu direto. Shavers disputou duas vezes o título mundial, perdendo para Ali e Holmes. Ambos, no entanto, admitiram que sofreram muito com os golpes do grandalhão careca. Eles e as vítimas de suas 74 vitórias.

Além de Sylvester Stallone, claro.

 

 

 

Fontes:

Espn

UOL

O Lutador!

O soldado americano, todo bombado, aparece numa noite de boxe amador na Cidade do Panamá disposto a quebrar a cara dos locais, desafiando qualquer um que subisse ao ringue. Eram 7 e pouco da noite.  O soldado, posudo e metido, se estica todo, fica fazendo a maior pressão, tipo Demolidor, Mike Tyson ou Anderson Silva… Aí aparece um que aceita o desafio, mas o soldado diz que é muito magrinho e poderia machucá-lo, depois aparece outro que é alto demais, e o soldado pede alguém de sua altura. Por volta das onze da noite, sobe ao tablado o “Bolo”. O soldado, todo confiante, diz que vai dar uma chance ao panamenho e deixa que o rapaz dê o primeiro soco.

O resto é história…