A História dos Beatles

Esta é Liverpool, cidade portuária na Inglaterra que não despertaria maior interesse no mundo…

… se não fosse por um grupo de rapazes que, segundo a Wikipedia, ” foi uma banda de rock britânica e a mais comercialmente bem-sucedida e aclamada da história da música popular”.

Quem for a Liverpool  pode visitar o museu dos Beatles (http://www.beatlesstory.com/) que inclusive tem uma atração interativa que deve ser muito legal.

A história começa nos anos 1950, quando John Lennon montou sua primeira banda…

… que mais tarde recebeu como membros outros dois moleques que gostavam de rock, Paul e, tempos depois, George.

O grupo, ainda sem Ringo, viaja para Hamburgo, na Alemanha, onde tocavam horas sem parar num clube noturno e dormiam numa van…

De volta a Liverpool, são contratados para tocar no Cavern Club, onde acabaram sendo descobertos por um dono de loja de discos que virou seu empresário.

Daí para a frente, vem a gravação dos primeiros discos, já com Ringo na bateria…

… o sucesso na Inglaterra, até que, meio sem querer, a Beatlemania explode no mundo todo depois da viagem que eles fizeram aos Estados Unidos, com sua histórica apresentação em 1964 no programa de maior audiência da TV da época, Ed Sullivan.

Depois da Beatlemania, o grupo decide mergulhar mais profundamente na música, no experimentalismo e testando os recursos de estúdio, até voltarem ao rock básico. Daí ocorrem as várias fases que demonstravam a enorme criatividade dos Fab 4.


    

E estas foram as últimas fotos tirada deles como grupo, dois dias depois da última sessão de gravação de “Abbey Road”. Foram feitas na nova casa de John e Yoko em Ascot, em 22 de agosto de 1969.

 

Anúncios

Simples e genial

De um dos maiores compositores do século XX, Paul McCartney:

Piadinhas dos Beatles

_ Diga-me, como vocês chegaram à América?
John: Virando à esquerda na Groelândia.

………………………………………………………………

_ O que vocês têm a dizer aos jovens americanos?
John: Comprem nossos discos!

……………………………………………………………….

The Beatles se apresentando para a Rainha.
John: Aqueles que estiverem nos assentos baratos, batam palmas. Os demais, basta sacudirem as jóias.

…………………………………………………………………

Como se chama esse corte de cabelo de vocês?
George: Arthur.

…………………………………………………………………

Há uma campanha ”Destruir os Beatles” em Detroit. O que vocês vão fazer quanto a isso?
Paul: Vamos começar uma campanha para destruir Detroit.

…………………………………………………………………

Qual a razão do sucesso de vocês?

John: Se soubéssemos,botaríamos 4 cabeludos no palco e seríamos seus empresários.

………………………………………………………………..

Paul McCartney

Em 1979, o Livro Guinness dos Recordes declarou que Paul é o compositor de maior sucesso da história da música pop de todos os tempos. McCartney teve 29 composições de sua autoria no primeiro lugar das paradas de sucesso, vinte das quais junto com os Beatles (que compôs junto com John Lennon) e o restante em sua carreira solo ou com seu grupo Wings. Ele acabou de passar pelo Brasil com sua turnê e impressionou a todos não apenas com suas músicas (como disse o Zeca Camargo, da TV Globo: “É impressionante! Conhecemos TODAS as músicas que ele tocou em 3 horas de show!”) mas também por sua vitalidade. Abaixo, ele toca com a mesma banda que se apresentou aqui Please, Please Me, de 1962 – um dos primeiros grandes sucessos dos Beatles ao lado de I Saw Her Standing There.

George Harrison

Conhecido como o “Beatle tímido” porque pouco falava nas entrevistas, George deu uma guinada na carreira ao conhecer a cultura indiana e introduzir instrumentos como a cítara na música pop, no final dos anos 1960, nos álbuns “Rubber Soul”,  “Revolver” e “Sgt. Peppers”. Mais tarde, deixando de lado um pouco essa influência, George lançou suas canções mais populares, Here Comes the Sun e Something, considerada por Frank Sinatra a mais bela canção de amor dos últimos 50 anos. Logo depois da separação dos Beatles, George lançou grande parte de suas músicas acumuladas em um álbum triplo, “All Things Must Pass”, de onde é a música abaixo. Esse álbum é considerado por muitos o melhor álbum de um ex-Beatle e um dos melhores de todos os tempos.