Fotos raras de gente famosa

Acho muito legal cavar essas fotos antigas…

Angelina Jolie aos 8 anos

O jovem Termin… Ops, digo, Schwarzenegger

Chuck Norris e Bruce Lee!

Charlie Chaplin e Albert Einstein

Charlize Theron na formatura do ginásio

Diane Keaton e Al Pacino zoando nas filmagens de “O Poderoso Chefão”

E o Harrison Ford zoando nas filmagens de “O Império Contra-ataca”

Os produtores anunciando o elenco de “Harry Potter”, em 2000

E, 9 anos depois, o mesmo elenco almoçando num intervalo das filmagens.

Jessica Alba e um nerd no álbum de formatura do colégio

Precisa dizer quem são?

Também não precisa dizer quem são…

Steve Jobs e Bill Gates

George Lucas e Steve Spielberg nas filmagens de “Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida”

Tom Hanks sacaneando o Oscar de alguém

Putz… esse é o Brad Pitt ainda no ginásio…

Emma Watson pequenininha!

O Nicholas Cage pequeno

Anúncios

Oscar 2014 e as gafes memoráveis

Adoro cinema e tudo que se relaciona a ele: efeitos especiais, roteiros, diretores, atores, animação, histórias… Tem tudo isso na cerimônia de entrega do prêmio Oscar, o mais cobiçado do cinema mundial. Tudo bem que é uma cerimônia chata, interminável, e a deste ano foi especialmente enfadonha porque não houve surpresas. Os favoritos venceram, houve o injustiçado de praxe (Leonardo di Caprio não venceu, pra variar), mas o que certamente deverá ser lembrado foram as gafes.

"E é aqui onde eu colocaria o meu Oscar.. se eu tivesse um": meme satiriza Leonardo DiCaprio, que saiu de mais uma creimônia do Oscar sem ser premiado

A premiação foi tão chata que só anotei 5 gafes. Imagine só, um programa ao vivo que dura mais de três horas e só aconteceram 5 gafes importantes! Mas vamos a elas, que valem a pena:

1. A Jennifer Lawrence tropeçou de novo!

No ano passado ela se estabacou nos degraus ao subir ao palco para receber seu Oscar de melhor atriz. Desta vez, ela caiu logo ao descer do carro, no tapete vermelho. A apresentadora Ellen Degeneres brincou, dizendo que se ela ganhasse este ano, eles iriam entregar o troféu a ela na poltrona…

2. O Benedict Cumberbatch photobombou a Ellen

O termo “photobomb” se refere a algo ou alguém que aparece inesperadamente em uma foto, provocando um efeito engraçado ou bizarro. Em nosso caso, a Ellen estava querendo fazer um “selfie” com o astro do filme “12 Anos de Escravidão”(que ganhou o Oscar de melhor filme mais tarde)  e o mala apareceu de surpresa. Benedict já tinha feito a mesma coisa em outras fotos no tapete vermelho. A linha entre diversão e infantilidade é muito tênue, mesmo.

3. Ellen DeGeneres detona Liza Minnelli

Essa foi cruel. A apresentadora brincou com o fato, segundo ela, de que a Liza está com cara de drag queen: “Acho que é um dos melhores imitadores de Liza Minelli que já vi na vida. Bom trabalho, senhor”. Tudo bem que a veterana atriz fez quinhentas mil plásticas que não deram muito certo, mas foi grosseria demais.

4. Harrison Ford morrendo de fome

Han_SoLO_needs_a_nappy

Todo o carisma de Ford como Han Solo ou Indiana Jones deve ser atuação, não é possível. Sempre que o vejo fora das telas, ele está enfezado. Aconteceu de novo: Ford apresentou os concorrentes a não-me-lembro-qual-prêmio com cara fechada, mostrando que deve ser o cara mais mal-humorado do mundo. Mas na hora da pizza*, ele esqueceu sua ranhetice e se levantou lépido para pegar uma fatia – e nem deu gorjeta pro moço… (muitos deram, e a soma das gorjetas foi de mil dólares!)

* O lance da pizza foi o seguinte: o pessoal sabe que a cerimônia é longa e eles nem se preocupam em comer um pingado com pão e manteiga antes para forrar o estômago e aguentar o tranco até o Governor’s Ball, jantar que acontece depois do Oscar e onde eles se esbaldam (desta vez, consumiram 4.000 camarões e 1.400 garrafas de champanhe – e isso só de entrada!). Pois bem, atenta às barrigas roncando, Ellen Degeneres mandou trazer três pizzas pra turma, e os astros desceram de seus egos e mandaram bala, bem estilo churrasco na laje.

5. O melhor de todos: John Travolta!

Ninguém sabe se ele estava breaco, se tinha cheirado, se é disléxico ou se não está enxergando bem pra ler o teleprompter (eu aposto na última opção, vejam os olhinhos apertados, como o das pessoas que não usam óculos e querem ler de longe). O fato é que, na hora de apresentar mais uma concorrente ao Oscar de melhor canção, da animação “Frozen” (e que ganhou!), ele se enrolou todo na difícil tarefa de anunciar o nome da intérprete, a famosa estrela da Broadway Idina Menzel. Tudo bem que não é um nome tão fácil de pronunciar como… Hã… John Travolta, por exemplo, mas ele misturou as letras e chamou… “A fabulosamente talentosa… A primeira e única… ADELE DAZIM!”

Claro que isso rendeu um monte de piadas. A primeira foi de alguém que abriu uma conta no Twitter como “Adele Dazeem” e agradeceu a ele:

Adela Dazeem ‏@AdelaDazeem  Mar 3

THANK YOU, JORN TROMOLTO!

Depois, seguiu-se uma interessante especulação: como ele “travoltizaria” os nomes de artistas brasileiros?


Podiam convidar o Sr. Travolta para ser o apresentador do Oscar 2015! Vamos começar uma petição no Facebook?

 

Por trás das câmeras… (2)

Os sensacionais “Imperdoáveis”, o gênio Clint Eastwood e o espetacular Morgan Freeman. Isso é que saber envelhecer bem.

Meus ídolos dos filmes de terror B, da esquerda para direita, sentido horário: Christopher Lee ( o conde Dookan de Star Wars, ou Saruman de “Senhor dos Anéis” ou Drácula), Vincent Price ( a gargalhada tenebrosa no final de Thriller, de Michael Jackson), Peter Cushing (um dos maiores Sherlock Holmes do cinema) e John Carradine (pai do David, o “Kung Fu” do seriado de TV, que morreu  há alguns anos, tendo sido encontrado com uma corda atada aos genitais e ao pescoço…)

Outro de meus ídolos, Jerry Lewis, inspirador dos trejeitos e caretas do Jim Carrey.

O Professor Aloprado (o melhor filme do Jerry Lewis, para mim) fazendo anúncio. Ele provou que não precisava ser bonitinho para ganhar dinheiro com publicidade.

Na época em que os galãs fumavam na tela, no banheiro, no carro e em todos os lugares, John Wayne dava seu recado. E ele fumava mesmo, não era pose, tanto que morreu por causa do câncer no pulmão…

 

Por trás das câmeras… (1)

Uma espiada do outro lado da ficção.

Ela ainda era Norma Jean Baker, e não Marylin Monroe.

O Cary Grant podia ter escolhido um carro maiorzinho…

Essa achei o máximo, o Charlton Heston num intervalo das filmagens de “Ben Hur”, prestes a sair passeando em algo que não era uma biga!

Sei lá, precisava filmar as novas aventuras de Indiana Jones? O episódio 4 foi muito ruim. Olha o elenco aí, só falta a vilã, a maravilhosa Cate Blanchett.

O Frank  e o Lobisomen tentando assustar a mocinha, mas ela nem deu muita bola.

Se os astros e as estrelas fossem Deuses…

Este site (worth1000.com) faz concursos com seus usuários para eleger os melhores trabalhos em diversas categorias, uma delas a de melhores efeitos em fotografia. O concurso Celebrity Gods é um deles e produziu resultados muito interessantes:

Tutanbean

A Deusa da Beleza (só podia…)

Jack Poseidon Nicholson

Madonna Athena

Apolo Pit

O site vale a visita, ele contém centenas de milhares de trabalhos em fotografia, ilustração, multimidia… Para quem gosta de ver a criatividade das pessoas em ação, é um dos melhores repositórios!