Artista transforma celebridades em ‘gente como a gente’

Eu sei muito pouco, quase nada de Photoshop, por isso fico admirado com o que os artistas conseguem fazer com essa ferramenta. Há aqueles que trabalham para o “lado negro”, afinando braços, pernas e cortando gordurinhas para deixar o astro ou a estrela “perfeitos”. Mas há os que se divertem, e nos divertem, criando imagens absurdas ou bizarras. Dentre eles, temos as montagens feitas pelo americano Danny Evans que, usando o editor de imagens, transformou celebridades em meros mortais. Ele fez a Jennifer Lopez ficar com a cara de nossa vizinha e Tom Cruise com jeitão de comedor compulsivo de hambúrguer.

Será que esses astros seriam assim se deixassem a malhação e abandonassem os tratamentos estéticos?

Dê uma checada:

Scarlett Johannsson

Scarlett Johannsson

Johnny Depp

Johnny Depp

Angelina Jollie e Brad Pitt

Angelina Jollie e Brad Pitt

Madonna

Madonna

Nicole Kidman

Nicole Kidman

Tom Cruise

Tom Cruise

Jennifer Aniston

Jennifer Aniston

Nerds: Saiba quem são os artistas mais inteligentes do mundo

Sabia que há artistas poliglotas, de QI muito elevado e que já trabalharam até em pesquisas científicas? Todos com QI igual ou acima de 130, e que são considerados superdotados.

Apenas para que você entenda, o QI,  Quociente de Inteligência, que avalia a capacidade cognitiva de acordo com a faixa etária da pessoa, considera que as pessoas normais têm um QI médio de 100. De acordo com o Mensa, sociedade internacional que reúne pessoas com alto QI, apenas 2% da população passam dos 130 pontos no teste de inteligência. Veja alguns dos “geninhos” da  música, do cinema e da televisão:

2-Jodie-Foster

Jodie Foster: Além de atriz e diretora de cinema, Jodie é também dotada de grande inteligência, com 132 pontos de QI.

Arnold Schwarzenegger: Estrelando, e com sucesso, a série de filmes “O Exterminador do Futuro”, e também ex-governador do estado da Califórnia, nos EUA, o ator tem um QI de 135.

Madonna: a cantora, compositora e que também já fez trabalhos como atriz, diretora e é empresária de sucesso, tem uma pontuação de QI igual a 140.

Shakira: A esposa do jogador de futebol Piqué, cantora colombiana de grande sucesso e muito conhecida pelas suas danças sensuais, tem um QI elevadíssimo de 140.

Steve Martin: O comediante singular e de muito sucesso da TV norte americana, atuando em vários filmes também, tem um QI de 142, muito acima da maioria das pessoas.

Liam Gallagher: Compositor e cantor da banda de rock Oasis, apresenta QI de 143 pontos.

Scarlett Johansson – a atriz atingiu 1,080 pontos no SAT (Scholastic Aptitude Test), que é uma espécie de ENEM nos Estados Unidos. A pontuação máxima é de 1.600… Ah, a bonitona tem um QI de 148!

 

Lindíssima, tendo atingido o estrelato com “Instinto Selvagem”, a atriz Sharon Stone tem um impressionante QI de 154.

Quentin Tarantino: O diretor de cinema americano nunca chegou a fazer uma faculdade, mas seu incrível QI de 160, o mesmo de gênios como Einstein e Stephen Hawking, o possibilitou se tornar um dos maiores cineastas e especialistas em cultura pop da atualidade.

Dolph Lundgren: famoso por atuar em “Os Mercenários” um e dois, além de vários outros filmes, o ator – que é formado em Química – tem um QI impressionante de 160.

Natalie Portman: A linda atriz é formada em Psicologia. Por onde? Simplesmente pela Universidade de Harvard, uma das mais prestigiadas do mundo, sem falar sobre seus estudos publicados na comunidade científica e em seu currículo de línguas: ela fala inglês, francês, japonês, espanhol e hebraico. Só assim para aproveitar seu superprocessador cerebral com QI de 160.

 

Roger Moreira: Vocalista da banda brasileira Ultraje a Rigor, que atua com sucesso no Brasil desde 1980, tem um QI incrível de 172.

Premiere Of Universal Pictures' "Savages" - Arrivals

James Woods: Ator duas vezes concorrente ao Oscar, formado em Ciências Políticas no MIT e participante em pesquisas a respeito de Análise de Defesa e Teoria dos Jogos. Impressiona, e MUITO, com o QI de 180!

O Semeador de estrelas

O Semeador de Estrelas é uma estátua localizada em Kaunas, Lituânia.  Durante o dia passa despercebida.

Mas quando a noite chega, a estátua justifica seu nome…

Como existem tantos “hoaxs” na internet, fui pesquisar para ver se a cidade existe, se a estátua existe, e sim, existem…

Paula Leite fez isso antes de mim, então reproduzo parte de seu texto:

“… Achei a imagem linda, e me perguntei “isso é real?” Decidi procurar a origem da imagem na internet, tarefa nada fácil neste caso. Se você buscar as palavras “semeador de estrelas”, “star sower” ou “the seeder”, como a imagem é conhecida, vão aparecer umas trilhões de imagens, todas iguais a esta postada acima. Depois de mais ou menos 1 hora de buscas pacientes na internet, cheguei a origem finalmente…

A imagem existe, ou já existiu. O monumento é uma estátua comum, que simboliza um retrato cultural da cidade; o nome dela é “The Seeder” (O semeador). As estrelas foram criadas por um artista, que usa o nome “morfai”. Já foram feitas e refeitas no mesmo local, na mesma parede, depois de terem sido apagadas…”
“Nunca deixe de semear estrelas, mesmo que elas não sejam visíveis à primeira vista”.

Hari & Deepti e suas incríveis caixas de luz

Certa vez, falei sobre os dioramas (aqui) e hoje volto ao tema, porque é uma arte que me fascina.

Para quem não conhece, o diorama pode ser definido como um modo de apresentação artística de cenas da vida real para exposição com finalidades de instrução ou entretenimento.  A cena retratada pode ser uma paisagem, plantas, animais, eventos históricos, etc, e costuma ser pintada sobre uma tela de fundo curvo, de tal maneira que simule um contorno real. A tela colocada na obscuridade e iluminada de maneira adequada dá uma ilusão de profundidade e de movimento, dando a impressão de tridimensionalidade. 

Mas há dioramas que ultrapassam o conceito de telas pintadas e reproduzem, em escala e usando modelos em miniatura, cenas do cotidiano, como uma oficina de automóveis:

Podem ser cenas de batalhas históricas, ou apenas a reprodução de um momento da Segunda Guerra Mundial:

Uma das vertentes mais impressionantes dos dioramas são aqueles feitos de papel, especialmente  em 3D:

E, nessa vertente, o casal de artistas Deepti Nair e Harikrishnan Panicker (Hari & Deepti ), é conhecido pela arte de criar caixas de sombra com papel recortado e iluminadas por trás por LEDs. Cada caixa traz uma narrativa. Apesar de trabalhosa, sua arte é relativamente simples. Eles começam cortando camadas de cartolina, que vão desde o primeiro plano até o fundo, garantindo que cada camada seja visível e que se baseie sempre na camada antes dela. Em seguida, o diorama já montado é colocado em uma caixa de sombra e iluminada por trás com pequenas fitas flexíveis de led, que dão esse brilho de contos de fada.

O resultado é fantástico!

Illuminated Cut Paper Light Boxes by Hari & Deepti paper illustration dioramas

Illuminated Cut Paper Light Boxes by Hari & Deepti paper illustration dioramas

Illuminated Cut Paper Light Boxes by Hari & Deepti paper illustration dioramas

No vídeo abaixo, você pode ter um ideia de todo o processo de confecção de um diorama desses:

Fontes:

http://www.mdig.com.br

http://www.youtudoaki.com.br

O livro Zoom

Istvan Banyai nasceu em Budapeste e ganhou renome como ilustrador e animador ao emigrar para os Estados Unidos nos anos 1980. Seu livro ZOOM, de 1995, ganhou diversos prêmios e lhe abriu as portas para inúmeros outros trabalhos.

ZOOM  é um livro só de imagens que, pouco a pouco, vão dando uma visão mais ampla do mesmo contexto como se estivessemos a reduzir o zoom. É muito interessante ver a integração de uma parte da imagem num conjunto que vai passando a ser cada vez menos importante à medida que fazemos o recuo do zoom. E nos faz pensar que é preciso ampliar a mente, a visão, e tomar consciência de que, mesmo que tudo pareça tão grande, sempre existe algo maior…

As imagens abaixo dão uma ideia da genialidade do livro:

 

E o vídeo a seguir faz uma viagem pela obra. Vale a pena: