HILLARY CLINTON QUER REVELAR SEGREDOS DA ÁREA 51

Cercada de mistérios e até mesmo histórias de alienígenas, a Área 51 poderá ter seus segredos revelados em breve. Hillary Clinton, pré-candidata à presidência dos Estados Unidos, revelou em entrevista no Jimmy Kimmel Talk Show que pretende abrir os arquivos secretos da base, caso seja eleita presidente do país – a eleição presidencial será em novembro.

Mas o que há de tão especial nessa Área 51? Talvez nada, talvez tudo, e as especulações surgem por causa de todo o segredo que a envolve: o próprio governo americano admitiu sua existência somente em 1994, após 48 anos de sigilo absoluto. Oficialmente, os militares dos EUA testam novas tecnologias na base… Fala-se que o F-117 foi desenvolvido em segredo por lá, na década de 1970.

F-117

F-117, o “avião invisível” aos radares.

Essa base está localizada a aproximadamente 130 quilômetros a noroeste de Las Vegas, Nevada, e de longe não tem nada de especial.

Só que há muitas histórias por lá. Fala-se que é um local para execução de engenharia reversa em OVNIs — a fim de apreender a tecnologia miraculosa que os permitiria vir de tão longe para passar umas férias no meio de um deserto nos EUA, ou em alguma outra parte do planeta. Dissecações também não faltam, naturalmente. Há quem diga, de fato, que alguns espécimes vivos perambulam pelas instalações da famigerada base.

Área 51 vista de satélite.

Área 51 vista de satélite.

Mas o que há de realmente “concreto” nisso tudo? Difícil saber, já que se trata de uma base absolutamente vedada contra olhares de amadores curiosos — como a maior parte das instalações de cunho militar, vale dizer. E não apenas lá, mas em qualquer lugar do mundo, inclusive aqui, no Brasil.

E quando todo esse burburinho começou?

Foi tudo “culpa” desse cara…

A Área 51 começou a se tornar a Meca das especulações ufológicas ao final da década de 1980. Basicamente, no momento em que um sujeito chamado Robert “Bob” Lazar veio à mídia afirmando ser um ex-funcionário da base militar.

Lazar jurou que havia trabalhado, entre 1988 e 1989, em um setor denominado de “S4”. As tarefas seriam bem pouco usuais: o pretenso físico/cientista — cujo grau jamais foi comprovado — seria incumbido de realizar engenharia reversa em espaçonaves extraterrestres de formato “discoide”. Sim, no plural, já que, de acordo com ele, pelo menos nove modelos distintos foram profundamente investigados por ele e por sua equipe.

A ideia era descobrir e, posteriormente, tomar propriedade da tecnologia de propulsão utilizada pelas raças alienígenas avançadas que haviam desembarcado por aqui. Ainda de acordo com ele, o trabalho lhe foi originalmente apresentado pelo Dr. Edward Teller — ucraniano também conhecido como o “Pai da Bomba H”.

Toda teoria da conspiração deve ter sua dose de dados vagamente científicos, como todo bom escritor de ficção científica deve saber – e todo fã da série “Arquivo X” também está cansado de ver. Para Bob Lazar, a confirmação do que ele pregava em artigos de rádio e TV era o ununpêntio, um elemento químico transurânico e radioativo (de número atômico 115), obtido apenas de forma sintética.

De acordo com ele, o ununpêntio era a fonte principal utilizada para propulsão das espaçonaves alienígenas desmanteladas pelo governo. Lazar afirmou que a tecnologia consistia no bombardeamento do material com partículas, o que acabava por “amplificar” a sua força nuclear, gerando uma distorção do campo gravitacional.

Este ET teria sido capturado e preso na Área 51.

Este ET teria sido capturado e preso na Área 51.

Dessa forma, os “discos voadores” poderiam alterar a sua relação com o espaço circundante, consequentemente encurtando as distâncias percorridas, de acordo com um destino mapeado. Lazar afirmava que os estoques do poderoso material haviam sido o presente de uma civilização extraterrestre para os povos da Terra — que deveriam utilizá-los em seus próprios veículos.

———————————————————————————————————————————————-

Sim, o elemento 115 existe, mas…

De fato, a existência do ununpêntio foi confirmada por uma equipe de cientistas russos e americanos em 2004, quando o grupo conseguiu produzir um isótopo instável do elemento 115.

No que se refere à teoria de Lazar, entretanto, um de seus críticos afirmou que o isótopo obtido em laboratório era incrivelmente efêmero, com uma meia-vida da ordem de apenas alguns segundos — e não de anos, como queria o suposto físico.

O contra-argumento de Lazar baseava-se no fato de que o ununpêntio das naves da Área 51 havia sido composto em formações estelares distantes. Isso os tornaria mais estáveis do que suas contrapartes obtidas em laboratório por meios convencionais. Por fim, ele apregoava: em um futuro próximo, o 115 ainda nos servirá como combustível.

———————————————————————————————————————————–

Bob Lazar foi desacreditado nos anos subsequentes à sua “revelação” da Área 51 e de suas supostas experiências ultrassecretas — entre outros motivos, porque se constatou que, em vez de um grau no respeitado MIT, Lazar possui apenas uma colocação em antepenúltimo lugar em sua escola secundária. Ele alega que o fato de não aparecer nos registros do MIT é resultado de uma intervenção do governo para apagar sua identidade passada…

Caminhão transportando… O quê?… para a Área 51…

Ele hoje administra uma companhia de suprimentos científicos com base em Albuquerque, Novo México, chamada United Nuclear. A United Nuclear vende minérios radioativos, ímãs poderosos, curiosidades científicas como o aerogel e uma série de produtos químicos. A empresa alega ter “mais de 250.000 clientes satisfeitos”, incluindo escolas e cientistas amadores.

O site da empresa também faz propaganda de um kit protótipo que adapta veículos ao combustível de hidrogênio. A United Nuclear diz que os kits ainda não podem ser vendidos porque o “governo embargou sua produção, por razões ligadas à indústria petrolífera”. Uma reportagem de 2006 afirma que Lazar e sua esposa foram presos por vender produtos químicos que poderiam ser utilizados na fabricação de fogos de artifícios. O casal foi processado por vender substâncias perigosas.

 

Enfim, seja como for, e depois de inúmeras teorias da conspiração, e após um número igualmente enorme de contribuições de Hollywood para a mitologia do local, é pouco provável que a Área 51 deixe o imaginário popular tão cedo. E o motivo pode ser tão velho quanto a própria humanidade: o vácuo deixado por informações concretas pode ser ocupado por praticamente qualquer coisa…

 

 

Fontes:

Live Science

Megacurioso

Anúncios

10 coisas que você deve saber sobre “Arquivo X” antes do retorno da série

arquivo-x-capa-1452098663835_615x300

Os dois agentes do FBI mais famosos dos anos 1990 voltarão à televisão no final de janeiro, quando a nova temporada de “Arquivo X” estrear no dia 26.

Com apenas seis episódios, a série se passa 10 anos depois das temporadas anteriores e traz Mulder e Scully mais velhos e novamente envolvidos em casos sobrenaturais, teorias da conspiração, abduções e uma nova dose de mistérios nunca solucionados.

Planejado para agradar tanto os fãs veteranos quanto recém-chegados, o retorno de “Arquivo X” conta com a participação dos principais atores e roteiristas do seriado original e terá apenas seis episódios – dois deles escritos por Chris Carter, criador do show.

Conheça dez curiosidades sobre a série enquanto esquenta os tamborins e entra no clima do carnava… Ops! … Da nova temporada de “Arquivo X”!

x-files-1---alienigenas-1452097976631_615x300

1. Alienígenas!

O criador da série, Chris Carter teve a ideia para “Arquivo X” após ler que 3,7 milhões de norte-americanos acreditavam já ter sido abduzidos por alienígenas.
x-files-2---papeis-trocados-1452098021150_615x300

2. Papéis trocados na vida real

Na série, o agente do FBI Fox Mulder acredita em todas as teorias da conspiração, abduções alienígenas e criaturas sobrenaturais, enquanto a agente Dana Scully é cética e busca respostas científicas para os casos investigados pela dupla. Na vida real, David Duchovny (Mulder) é na verdade o cético e Gillian Anderson (Scully) é quem acredita em tudo.
arquivo-x---3---silencio-dos-inocentes-1452098797092_615x300

3. Scully, “O Silêncio dos Inocentes” e “Hannibal”

Scully é inspirada em Clarice Starling de “O Silêncio dos Inocentes”, interpretada por Jodie Foster. Curiosamente, na série de TV “Hannibal”, Gillian Anderson faz o papel de Bedelia, psiquiatra e cúmplice do canibal.
arquivo-x---4--jodie-foster-never-again-1452098870946_615x300

4. Jodie Foster

Jodie Foster participou de “Arquivo X”: a atriz dublou a tatuagem falante no episódio “Nunca Mais”, da quarta temporada da série.
arquivo-x---5---canceroso-1452099092646_615x300

5. Canceroso

Willian B. Davis, que interpreta o Canceroso, não fumava há 20 anos quando assumiu o papel. O ator fumou cigarros de verdade nas duas primeiras temporadas de “Arquivo X”, mas depois passou a usar cigarros com tabaco herbal, sem nicotina (os mesmos usados na série “Mad Men”).
arquivo-x---6---breaking-bad-1452099138791_615x300

6. Breaking Bad

O primeiro episódio de “Arquivo X” foi escrito por Vince Gilligan (de “Breaking Bad”), como um freelance. Com o sucesso da estreia, o roteirista entrou para a equipe de Chris Carter.
arquivo-x---7---deserto-de-tinta-1452099227453_615x300

7. Deserto no Canadá?

As 5 primeiras temporadas de “Arquivo X” foram gravadas em Vancouver, no Canadá – mesma locação que será utilizada na nova temporada, por ser mais barato do que filmar nos EUA por conta das isenções fiscais que o governo local oferece. As cenas ambientadas no Novo México exigiram mais de 1,600 galões de tinta para “pintar” o cenário com a aparência desértica do local.
arquivo-x---8---departamento-de-investigacao-1452099272916_615x300

8. Departamento de Investigação

As identificações do FBI de Mulder e Scully dizem que os agentes são do “Departamento de Investigação” e não do “Federal Bureau of Investigation”. Nos EUA, fabricar credenciais falsas do FBI é crime, mesmo que seja para um seriado da televisão.
arquivo-x---9---quase-famosos-1452099403682_615x300

9. Convidados (quase) famosos

Os comediantes Jack Black e Luke Wilson participaram em episódios da terceira e quinta temporadas, respectivamente. Na época, eles não eram tão conhecidos como são hoje.
arquivo-x---10---2016-1452099476391_615x300

10. A verdade está lá fora? Mesmo?

Na nova temporada, Mulder e Scully não estão mais no FBI e tudo em que a dupla acreditava será questionado. Ambientado nos dias atuais, “Arquivo X” terá conspirações envolvendo John Snowden, 11 de Setembro e outras questões atuais – mas tudo relacionado à mitologia da série.

Os Meus 10 Melhores Filmes de Monstros

O amigo Lucas Libânio inspirou-me a falar de filmes de monstros.

Os monstros sempre estiveram presentes na imaginação humana, e a eles eram atribuídas as catástrofes e tudo de ruim que acontecia às pessoas. A Mitologia grega é rica desses seres – inclusive servindo de base para inúmeras obras na literatura ou no cinema. Enquanto os heróis mitológicos são seres solares que amam o ar livre, voam, correm nas colinas e caçam nas florestas, os monstros preferem a escuridão ou locais ermos. Como o minotauro, por exemplo, que vivia num labirinto escavado nas profundezas de uma montanha.

Mas o minotauro não era o único monstro dessa galeria. Temos ainda as harpias, a Górgona, Cérbero, os cíclopes e tantos outros.

  

 Os escritores, roteiristas e cineastas beberam nessa fonte para criar suas obras, mas usaram também referências de diversas outras culturas. E o cinema ajudou a popularizar esses seres extraordinários que povoam os nossos pesadelos há gerações.

A minha lista dos Dez Melhores filmes de monstros é:

10. O Enigma de Outro Mundo (1982)

Um parasita do espaço invade um centro de pesquisa perdido no meio do Polo Norte. Esse monstro assimila outros organismos e os imita, e você não sabe dizer qual a verdadeira natureza dessa coisa. Assustador, mesmo, e os efeitos especiais (na época) eram de arrepiar. Assista um trecho a seguir:

9. A Múmia (1932, 1999)
Um icônico filme de monstro, A Múmia é uma clássica história de mistério do Egito antigo. Refilmado 60 anos depois, continuou sendo bastante divertido. Essa refilmagem passa toda hora na TV e vale a pena ver. Mas o original traz Boris Karloff como o monstro, e veja no clipe a seguir como o clima era bastante diferente de seu remake:

8. Cloverfield (2008)

Seguindo a trilha aberta por “A Bruxa de Blair”, o filme no estilo documentário mostra um monstro destruindo Nova York.  Foi um tremendo sucesso e é bastante realista em seus sustos.

7. O Ataque dos Vermes Malditos(1990)

Eh, eh, eh… Umas minhoconas ao estilo “Duna” (de 1984, direção de David Lynch) escavam o solo, só que, ao contrário dos vermes espaciais, não são domesticáveis e querem jantar as pessoas. Para quem ainda não conhece esse filme B muito divertido, essa cidadezinha no deserto começa a sofrer abalos sísmicos, que na verdade eram causados pelos “vermes malditos” abrindo seu caminho debaixo da terra. Abaixo, no trailer oficial, Kevin Bacon enfrenta as criaturas.

6. O Labirinto do Fauno (2006)

Não é um “filme de monstro” no sentido tradicional, digamos assim. Mas esse filme sensacional de Guillermo de Toro é uma fábula sombria (sua obra-prima, na minha opinião) e tem um monstro magrelo e branquelo assustador: os olhos ficam nas palmas das mãos! Se você não assistiu, eu recomendo.

5. A Bolha Assassina (1958)

Chegando na Terra em um meteoro, a Bolha é uma inofensiva e misteriosa gosma. Mas não demora muito até começar a engolir todo ser humano que aparece em sua frente, aumentando seu tamanho quase ilimitadamente. Um dos filmes de monstro mais divertidos de todos os tempos, tem Steve McQueen em seu primeiro papel principal como o jovem que vê a bolha comendo todo mundo, só que ninguém acredita nele! Olha o trailer da época, que máximo!

4. Tubarão (1975)

Desde que Steven Spielberg dirigiu este filme, tem gente que põe os pés na água e já escuta a música-tema… Esse tubarão gigante que devora os banhistas de uma cidadezinha litorânea deve estar na lista dos filmes mais assustadores de todos os tempos.

3. O Monstro da Lagoa Negra (1954)

Um grupo de cientistas encontra no fundo de um lago da Amazônia um assustador humanoide. Quando o monstro persegue a moça por baixo d’água, eu me lembro de ter roído todas as unhas quando assisti o filme, ainda criança. A seguir, um trecho do filme:

2. A Mosca (1958, 1986)

Olha que ideia: um cientista tem seus átomos misturados com os de uma mosca e o resultado é tão nojento e dramático que você nem consegue imaginar. Esse filme de monstro + ficção científica trazia no remake de 1986 Jeff Goldblum como o cientista, até então fazendo mais filmes de TV. “A Mosca” o fez famoso mundialmente, até que despontou ao estrelato em “Jurassic Park”, 8 anos depois.  Veja o trailer do remake de 1986:

1 – King Kong (1933)

O grito de ajuda de Fay Wray nas mãos de um macaco gigante em cima do Empire State é uma das cenas mais inesquecíveis de Hollywood. Esse monstro genial e sua incrível animação stop-motion inspirou toda uma nova geração de criaturas que destruíam cidades, como Godzilla, seu mais famoso descendente. A sequência a seguir está entre as mais conhecidas do cinema e os efeitos especiais são melhores do que toda a série “Crepúsculo”…

0. Alien, o Oitavo Passageiro (1979)

Gosto tanto deste filme que o classifico em todas as categorias que eu posso: filmes de terror, de ficção científica, de monstro… Mas a criatura merece estar em primeiro lugar na minha lista dos Dez Mais, porque esse Alien dá arrepios em qualquer um. Um clássico do cinema em todos os tempos! O trailer original passa toda a tensão desse filme espetacular.

Como você notou, minha lista dos Dez Mais acabou ficando com onze, porque não podia deixar “Alien” de fora. Pensando bem, não podia deixar de fora o Frankenstein, o Lobisomem, todos os filmes do Ray Harryhausen, os insetos das “Tropas Estelares”…

Atores famosos que já fizeram papel de alien

A vida não é fácil para ninguém.

Quando a gente vê nos noticiários que o ator X estava de férias no iate em Ibiza, ou a atriz Y comprou um apartamento de 100 milhões em Nova York, a gente não imagina o quanto que tiveram que ralar para chegar lá. São poucos aqueles que alcançam a fama e a fortuna logo em seu primeiro papel no cinema ou na TV. Muitos tiveram que fazer praticamente de tudo para conseguir um espaço e poder mostrar seu talento ou seu carisma. Como, por exemplo, atuar como alien num dos seriados de TV mais populares de todos os tempos – e que hoje, em sua versão para o cinema, arrebenta nas bilheterias: “Jornada nas Estrelas”. Outros acabaram fazendo escolhas bizarras mesmo no auge da carreira… E há os casos de atores que assumiram esse papel para se divertir, mesmo.

1. DWAYNE ‘THE ROCK’ JOHNSON EM “STAR TREK: VOYAGER”

Através dos inúmeros mundos de Star Trek, temos visto um grande número de rostos interessantes. São seres com brânquias, antenas, orelhas pontudas… Um desses foi o The Rock, hoje muito popular mas que começou a carreira numa ponta num dos episódios  desse seriado. Ele fazia o papel de um campeão da raça Pendari e sua estreia foi há mais de 10 anos.

2. KIM CATTRALL, “JORNADA NAS ESTRELAS VI:A TERRA DESCONHECIDA”

Bem antes de ficar conhecida pelo seriado “Sex and the City”, a loira Kim Cattrall fez o papel da vulcana Tenente Valeris em 1991, no 6º filme da franquia e o último a incluir todo o elenco da série original da década de 1960. A atriz já tinha 16 anos de carreira, sempre em papéis menores ou pontas, e só sete anos mais tarde explodiu como Samantha.

3. CHRISTOPHER LLOYD EM “JORNADA NAS ESTRELAS III: À PROCURA DE SPOCK”

Nós o conhecemos como o cientista doidão que viaja pelo tempo em “De Volta para o Futuro”, mas em 1984 ele foi o glorioso comandante Klingon nesse filme, cuja direção foi de Leonard Nimoy, o próprio Spock.

4. KIRSTEN DUNST EM “JORNADA NAS ESTRELAS: A NOVA GERAÇÃO”

Hoje ela estrelou filmes como “Maria Antonieta” e ficou famosa como a namorada do Homem-Aranha. Mas ainda pequena, com 11 anos de idade, ela foi uma alien em um dos episódios dessa série de TV, filhote da série original.  Um ano depois, começou a chamar a atenção do mundo como a vampirinha Claudia, “filha” de Lestat (Tom Cruise) e Louis (Brad Pitt) em “Entrevista com o Vampiro”.

5. JOHN TRAVOLTA EM “CAMPO DE BATALHA”

Bem, ele não estava em início de carreira, ao contrário, tinha experimentado o estrelato com “Embalos de Sábado à Noite”, caído no ostracismo e voltado com tudo em “Pulp Fiction”. Mas Travolta, crente da Cientologia, como seu colega Tom Cruise, procurava há muito fazer um filme sobre o livro de Ron Hubbard do mesmo nome, fundador da seita – ou crença. Travolta não conseguiu financiamento de nenhum grande estúdio devido a preocupações sobre as conexões com a cientologia. O projeto foi assumido por uma produtora independente, e Travolta assinou como co-produtor e contribuiu com milhões de dólares, de seu próprio bolso. O filme foi lançado em 2000 e foi um imenso fracasso comercial e considerado um dos piores filmes de todos os tempos. O astro faz o papel de Terl, chefe de segurança de um planeta distante.

6. VINCENT D’ONOFRIO EM “MEN IN BLACK”

Esse versátil ator já tinha aparecido em diversos filmes, sempre em papéis menores, até que interpretou o “baratão” Edgar nesse grande sucesso das telonas de 1997. A partir de sua atuação extremamente elogiada, passou a ganhar destaque cada vez maior, até que alcançou a popularidade como o detetive Goren na série de TV “Law &Order: Criminal Intent”, ganhando inclusive diversos prêmios como melhor ator. Mas o “baratão” será sempre lembrado como sua atuação mais marcante.

7. LOUIS GOSSETT JR. EM “INIMIGO MEU”

Gossett Jr. já era famoso como o sargento durão de Richard Gere em “A Força do Destino”, tendo ganho inclusive prêmios por sua atuação. E aceitou o difícil papel de alien, contracenando com Dennis Quaid, mais pelo desafio em si e pelo roteiro do filme, que narra a história de um soldado da Terra, de nome Davidge, e do alienígena Jeriba que, inimigos em uma guerra espacial, depois de ficarem perdidos em um planeta inóspito, terminam por tornarem-se profundamente amigos, dando lugar a consequências imprevisíveis. O filme foi um fiasco no lançamento, mas tornou-se “cult” com o passar dos anos e Gossett está irreconhecível debaixo da pesada maquiagem.

Cadáver de alienígena é encontrado na Sibéria. Ou não

Um vídeo que está circulando na internet  mostra o cadáver de um alienígena que foi encontrado na Sibéria.
Ou não.

Segundo o jornal britânico “The Sun”, o misterioso vídeo tem provocado mais ceticismo do que qualquer outra coisa.  Moradores de Irkutsk, a área da Sibéria onde o E.T. foi encontrado, afirmaram ter visto um objeto incandescente azul e rosa na região antes da descoberta do alienígena.

(do Uol Notícias).