BETTY E BARNEY HILL, O PRIMEIRO CASO DE ABDUÇÃO ALIENÍGENA

O casal americano foi o alvo da imprensa internacional no que foi considerado o primeiro sequestro realizado por ETs

Existem diversos relatos de abduções alienígenas ao redor do mundo, e hoje lidamos com essa situação insólita de maneira normal… aliás, virou senso comum não acreditar em tais histórias — que são taxadas como uma forma de ganhar atenção. Tanto que as charges sobre as abduções satirizam esses relatos de várias maneiras.

Mas, em 1961, a mídia cobriu com fervor e eternizou o primeiro caso de sequestro extraterrestre, envolvendo o casal Betty e Barney Hill!

Luzes misteriosas

Na noite de 19 de setembro de 1961, por volta de 22h30, Barney e Betty Hill estavam voltando de férias para casa, no estado de New Hampshire, Estados Unidos, quando, ao passar por uma área mais isolada, notaram luzes misteriosas no céu. Inicialmente, Betty pensou que fosse uma estrela cadente, e Barney acreditou que se tratava apenas de um avião.

As luzes multicoloridas não paravam de piscar e começaram a mover-se de maneira estranha. O casal continuou a observar o brilho no céu quando, de repente, algo chamou a atenção. O objeto mudou bruscamente de direção e desceu em direção ao carro dos Hill.

Barney, que estava ao volante, começou a ficar apreensivo e acelerou o veículo, mas as luzes continuavam a segui-los, por vezes mais de perto, e outras, mais de longe. Betty pediu ao marido que parasse o carro para que ela pudesse ver o que estava acontecendo usando seu binóculo.

Ao olhar através da lente, ela viu uma nave com luzes coloridas ao redor. Barney pediu que a esposa voltasse para o carro e seguiu viagem. A bizarra aeronave acompanhava-os de longe.

Assustados, eles pararam o carro novamente, mas dessa vez quem saiu foi Barney. Com uma arma na mão, o homem apontou para o disco, que agora estava mais perto que nunca e podia ser perfeitamente observado: tinha forma de círculo e planava no ar. Hill conseguiu ver criaturas dentro da nave, e segundo ele, não eram humanas.

Já em casa, suas recordações pareciam incompletas e fragmentadas, e o casal não conseguiu determinar uma cadeia contínua de eventos. Conversando com autoridades americanas, o casal afirmou que não se lembrava de nada, apenas de sentir um desconforto.

Dias depois, os Hill procuraram o respeitado psiquiatra e neurologista Dr. Benjamin Simon, para realizar sessões de hipnose. Eles queriam entender o que tinha acontecido durante duas horas perdidas na madrugada do dia 19 para 20 de setembro.

Meses se passaram e o casal estava cada vez mais certo de que havia sido abduzido por seres de outro planeta. No relato da experiência extraplanetária, ambos descreveram as criaturas como pequenas e cinzas, e afirmaram que os ETs os colocaram em um estado de transe, no qual eles podiam compreender o que estava acontecendo em volta, mas não poderiam realizar qualquer movimento.

Ainda segundo a descrição obtida na hipnose, no experimento as roupas das vítimas foram retiradas, assim como amostras de cabelo, pele e unha. Muitas agulhas foram inseridas no corpo, na cabeça, braços, pernas e costas e, em Betty, uma agulha de aproximadamente 15 cm foi injetada em sua barriga. Barney revelou que ficou fascinado pela arcada dentária dos alienígenas.

 

Pouco contato foi de fato feito entre os humanos e os extraterrestres. Assim como em outros casos de abdução, Betty contou que conversou com os ETs através de telepatia, e ao falar que não sabia muito sobre a vida interestelar e perguntar para o líder de qual lugar do universo eles teriam vindo, em resposta ela teria ouvido uma voz dizer em sua mente: “Se você não sabe onde está, não faria sentido dizer de onde eu sou”.

Popularidade na mídia

Os dois americanos sempre mantiveram sua história e evitaram os holofotes.

Barney morreu aos 46 anos, em 1969, de hemorragia cerebral. Já Betty morreu de câncer aos 85 anos, em 2004, e afirmou que continuou sendo visitada por extraterrestres…

 

 

 

 

 

 

 

Fontes:

aventurasnahistoria.uol.com.br, Alana Souza

wikipedia

history.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.