Ingleses antigos cortavam e queimavam mortos por medo de zumbis

Hoje pode parecer um papo meio “Walking Dead”, mas na Inglaterra da Idade Média não era incomum a crença de que mortos “acordassem” do “sono profundo da eternidade” para aterrorizar os habitantes do campo e das cidades. E um estudo recente trouxe este tema do campo do folclore para as páginas científicas da arqueologia. OContinuar lendo “Ingleses antigos cortavam e queimavam mortos por medo de zumbis”