Tatuagens inspiradas em animais de estimação

A tatuagem é uma das formas de modificação do corpo mais conhecidas e cultuadas do mundo. Trata-se de um desenho permanente feito na pele humana, uma aplicação subcutânea obtida através da introdução de pigmentos por agulhas, um procedimento que durante muitos séculos foi completamente irreversível (embora dependendo do caso, mesmo as técnicas de remoção atuais possam deixar cicatrizes e variações de cor sobre a pele). A motivação para os cultuadores dessa arte é ser uma obra de arte viva, e temporal, tanto quanto a vida.

O palavra “tattoo” que conhecemos atualmente foi usada pelo capitão James Cook (também descobridor do surfe), que escreveu em seu diário a palavra “tattow”, também conhecida como “tatau”(era o som feito durante a execução da tatuagem,em que se utilizavam ossos finos como agulhas e uma espécie de martelinho para introduzir a tinta na pele). Com a ampla circulação dos marinheiros ingleses pelo mundo, a tatuagem e a palavra tattoo entraram em contato com diversas outras civilizações pelo mundo. A certa altura, porém, o governo da Inglaterra adotou a tatuagem como uma forma de identificação de criminosos em 1879, e a partir daí a tatuagem ganhou uma conotação fora-da-lei no Ocidente.

Mais recentemente, essa arte perdeu o estigma de ser algo underground e adquiriu um status, digamos, mais sociável. As tatuagens abaixo, de bichinhos domésticos, confirmam a tendência moderna da tatuagem mais soft e aceitável em qualquer ambiente.

14175750295092

14175843013093

14175905592095

14175646982087

14175657982088

14175711638089

14175723763090

14175739685091

 

Anúncios

Segurar o xixi por muito tempo faz mal?

manneken-pis

“O banheiro estava sujo, faltou papel higiênico, fiquei tempo demais concentrado em uma tarefa”. A maioria das pessoas, principalmente as mulheres, já se deparou com algumas dessas situações e acabou segurando o xixi por um período muito longo de tempo. Mas segurar a urina faz mal à saúde?

Se for algo esporádico, a resposta é não.

O problema é quando a retenção do volume urinário é algo recorrente — como em pessoas que só usam o banheiro de casa, por exemplo. Essa retenção provoca uma distensão do músculo da bexiga, que tende a se tornar mais flácida com o passar do tempo. Por causa da flacidez, a contração da bexiga (que ajuda a eliminar a urina) vai perdendo força, e o resultado é a redução ao longo do tempo da capacidade de esvaziamento, ou seja, fica cada vez mais complicado de segurar o xixi.

Mas a retenção pode causar infecção urinária.

Quando isso acontece repetidas vezes, o sistema urinário pode ser lesado e levar a quadros de hipertensão, insuficiência renal e, em alguns casos extremos, até a morte por conta de infecções agudas severas.

De acordo com os especialistas, o indicado é ir ao banheiro a cada três ou quatro horas e tomar, ao menos, 1,5 litro de água por dia. Para se ter uma ideia, a bexiga de um adulto consegue armazenar de 400 ml a 700 ml de líquido por vez.

A quantidade de xixi que um adulto faz por dia pode variar de 600 ml a 2 litros, dependendo de quanto líquido ele costuma ingerir e da temperatura do ambiente. Já em crianças, o volume depende do tamanho corporal, mas costuma ser em torno de 2 a 3 ml por quilo, por hora. Por exemplo: uma criança que pesa 10 quilos, em três horas, deve produzir cerca de 90 ml de xixi.

Sentiu dor ao urinar?

Aquela dor logo abaixo da barriga assim que você faz xixi, depois de longas horas segurando, acontece porque, com a retenção, a tendência é que a bexiga faça mais força para esvaziar. Esse esforço costuma causar desconforto e, eventualmente, dor.

Mas se você sente queimação quando o xixi sai, é melhor procurar um médico. Pode ser inflamação.

Por que o xixi é importante?

A urina, formada nos rins, é resultado da filtração do sangue pelo órgão. É composta de água e diversas substâncias dissolvidas, como ureia, creatinina, sódio, potássio, hormônios, ácidos decorrentes da queima de gorduras e açúcares e bilirrubinas.

Além de eliminar praticamente tudo o que não se aproveita do sangue, ela serve para manter a homogeneidade dos líquidos corporais, permitindo funcionamento dos sistemas metabólico, respiratório, digestivo, hormonal e outros.

 

 

Foto de abertura: É o célebre  Manneken Pis. Essa estátua, que não tem mais que 60 centímetros de altura, de um menino fazendo xixi dentro de uma fonte, é extremamente famosa na Europa. A estátua original foi colocada no alto da fonte em 1619 e existem várias lendas sobre sua origem. Alguns contam que um menino salvou Bruxelas de um incêndio com seu xixi, apagando a chispa de uma bomba inimiga. Outros asseguram que um rico burguês da cidade perdeu seu filho nas ruas do centro e, finalmente, o encontrou na posição em que se encontra a estátua hoje.

 

 

 

Fonte:

Ciência UOL