Atualidades, Curiosidades, Humor

Prazo de Entrega

Parece piada, mas não é. Aconteceu com um amigo.
Eles se conheceram no Cannes Preview. Ela, RTV de uma grande agência. Ele, um jovem e promissor diretor. Foram apresentados por amigos comuns, brindaram com champanhe. Por coincidência sentaram juntos no auditório.

– Oi!
– Quanto tempo hein, eh, eh…

Ela percebeu que eles votaram nos mesmos comerciais, comentaram os ruins. Descobriram que tinham os mesmos gostos.
Depois da festa foram todos para um barzinho em que rolava uma balada.
Mais alguns drinks, dançaram, trocaram beijos e acabaram indo para o flat dele.
E foi uma noite daquelas, gloriosa! Acontece que na manhã seguinte ele tinha filmagem marcada para as 9 horas. E ela um voo para o Rio, às 11 horas, para uma reunião de pré-produção.
Ele acordou, olhou para o relógio: 8 horas! Meu Deus!
Vestiu-se às pressas. Saiu sem café, deu um beijo nela e disse:
– Estou levando a chave. Quando você sair, é só bater a porta que ela trava. Tchau, te ligo depois!
Ela ainda sonada, meio de ressaca: “tchau!”
Olhou para o relógio:

– Nossa, meu voo!

Saiu correndo para o banheiro.

Corta para a porta batendo. Close do relógio.
Na mesa de cabeceira, o ponteiro anda 15 minutos.
Corte – Interior do banheiro, ela se levanta do trono, aperta o botão da descarga. Sai apressada, volta, olha para dentro do vaso. Arregala os olhos.

Close da mão que aperta outra vez a descarga.
Close do olhar dela assustada.
Vários planos sucessivos dos dedos apertando a descarga.
Corte. Ela ao celular falando com uma amiga:
– Não adianta, não desce, é enorme. Já dei dez descargas.
Voz da amiga em off enquanto ela sai da cozinha:
– Faz o seguinte: vê se você acha algum saquinho plástico na cozinha.
Ela com cara de nojo, enfia as mãos no vaso e sai com saquinho de plástico respingando. Dá um nó, olha para o relógio e sai voando.
Já vestida, coloca o saquinho sobre a mesa da sala e resolve deixar uma mensagem. Pega um papel e enquanto escreve apressada, seus lábios balbuciam, ouvimos seu pensamento:

– Não sei o que você achou da nossa noite, espero que tenha sido boa pra você também.

Ela olha para fora, vê um vaso na sacada do flat.
Close de sua mão arrancando um lírio.
Mão colocando lírio ao lado da carta.
Ela em off:

– Mas aqui fica meu agradecimento e admiração!

Ela sai correndo, batendo a porta.
Corte: Ela correndo pelo saguão do aeroporto.
– Atenção, última chamada para o voo 729 com destino ao Rio.
Ela senta aliviada na poltrona do avião. Olha o encosto da poltrona da frente, em que além da revista de bordo, vê o saquinho plástico para sickness motion. Cai a ficha.
Corte: close do saquinho na mesa ao lado do bilhete e do lírio.
Ela arregala os olhos, dá um grito, todos olham. Põe a mão na boca.
Corte: porta do flat abrindo. O deslocamento de ar faz o lírio voar longe. Ele entra, se aproxima da mesa, pega o bilhete, lê, sorri e depois pega o saquinho, olhando curioso.

-x-x-x-x–

Quando meu amigo contou essa história me lembrei da velha frase sobre a  profissão, infelizmente ainda atual:

A pressa passa, mas a merda fica.

Texto publicado no Meio & Mensagem online de 27 de julho, de autoria de Julio Xavier, sócio da BossaNovaFilms. 

Atualidades, Curiosidades, Family, Humor

Homem no supermercado…

Depois que meu irmão se aposentou, a mulher dele insiste que ele a acompanhe quando vai fazer compras no supermercado. Infelizmente, como a maioria dos homens, ele acha que fazer compras é chato e minha cunhada fica horas nisso, então nada mais justo do que meu irmão ficar inventando formas de passar o tempo… Resultado: Ontem, minha cunhada recebeu a seguinte carta do Extra Hipermercado:
Prezada Sra. Silva,

Durante os últimos seis meses, seu marido tem causado grandes transtornos em nossa loja. Não podemos mais tolerar o comportamento dele e, portanto, somos obrigados a proibir-lhe a entrada. Nossas queixas contra seu marido estão listadas abaixo e documentadas através de nossas câmeras do circuito interno.

1. 15/Junho:
Pegou 24 caixas de preservativos e colocou-as nos carrinhos de compra de outros consumidores enquanto não prestavam atenção.

2. 02/Julho:
Acertou TODOS os alarmes da seção de relógios para tocarem a intervalos de 5 minutos.

3. 07/Julho:
Fez uma trilha de molho de tomate pelo chão da loja indo até o banheiro feminino.

4. 19/Julho:
Dirigiu-se a uma funcionária e disse em tom oficial: “Código 3 na seção de Utilidades Domésticas. Dirija-se imediatamente para lá”. Isto fez com que a funcionária abandonasse seu posto e fosse repreendida pelo gerente, o que resultou em um grave incidente com o Sindicato.

5. 14/Agosto:
Moveu o aviso de “Cuidado – Piso Molhado” para a seção de carpetes.

6. 15/Agosto:
Disse para as crianças que acompanhavam os clientes que elas poderiam brincar nas barracas da seção de camping se trouxessem travesseiros e cobertores da seção de cama, mesa e banho.

7. 23/Agosto:
Quando um funcionário perguntou se ele precisava de alguma ajuda, ele começou a chorar e gritar: “Porque vocês não me deixam em paz?” O SAMU foi chamado.

8. 04/Setembro:
Usou uma de nossas câmeras de segurança como espelho para tirar caca do nariz.

9. 10/Setembro:
Enquanto examinava armas no departamento de caça, perguntava insistentemente à atendente onde ficavam os antidepressivos.

10. 03/Outubro:
Movia-se pela loja de forma suspeita, enquanto cantarolava alto o tema do filme “Missão Impossível”.

11. 06/Outubro:
No departamento automotivo, ficou imitando o gestual da Anitta usando diferentes tamanhos de funis.

12. 18/Outubro:
Escondeu-se atrás de um rack de roupas e quando as pessoas procuravam algum artigo, gritava: “Você me achou, você me achou!”

13. 21/Outubro:
Cada vez que era dado algum aviso no sistema de som da loja, colocava-se em posição fetal e gritava: “Ah não, aquelas vozes de novo!”
E, por fim:

14. 23/Outubro:
Foi a um dos provadores, fechou a porta, esperou um momento e então gritou: “Ei, não tem papel higiênico aqui.” Uma de nossas atendentes desmaiou.

Atenciosamente,
Extra Hipermercado