Homens X Mulheres: compare o que pensa cada um

As diferenças entre os homens e as mulheres são tão vastas e tão amplas que nem parece que ambos pertencem ao gênero humano. Talvez seja justamente por conta dessas diferenças é que existe tanta atração e fascínio pelo sexo oposto. E, nos últimos tempos, a ciência vem comprovando aquilo que todo mundo mais ou menos já sabia. Senão, vejamos:

Diferenças em como homens e mulheres leem a linguagem não verbal.

A linguagem não verbal é usada quando nos comunicamos com alguém ao mesmo tempo em que falamos, ou às vezes inclusive sem falar. Estamos comunicando com os movimentos das mãos, do corpo, as expressões do rosto, etc. Segundo os psicólogos, as mulheres são melhores que os homens para interpretar a linguagem não verbal, o que delata nosso comportamento.

Os homens são mais propensos a ter problemas de memória que as mulheres.

É típico nas mulheres queixar-se da má memória dos homens. Nossa reputação nesse aspecto é bastante ruim… Os homens tendem a esquecer aniversários, as datas para comemorar 6 meses de namoro, ou 10 anos de casamento etc. Assim, ao menos, era o estereótipo do homem na opinião das mulheres… O problema é que, agora, um estudo científico veio comprovar o fato…

0000Mulheres e homens teriam diferentes estruturas cerebrais.

Durante muito tempo pensou-se que a arquitetura cerebral era a mesma para todos e que as diferenças entre comportamentos e atitudes, entre homens e mulheres, se devia às diferenças hormonais e às pressões sociais. No entanto, os cientistas estão encontrando evidências que sugerem que o cérebro de homens e mulheres se formam a partir de diferentes “programações” genéticas, e que existem diferenças entre alguns circuitos neurológicos e a concentração de neurotransmissores.

Ficar em boa forma é mais difícil para as mulheres do que para os homens.

É muito mais difícil para as mulheres com mais de 65 anos – do que para os homens da mesma idade – conservar a massa muscular, o que causa um impacto em sua capacidade de permanecer em boa forma física. Pela primeira vez, os cientistas demonstraram que é mais difícil para as mulheres substituir a massa muscular que se perde naturalmente com a idade. Isto se deve às diferenças entre o corpo masculino e feminino quanto ao aproveitamento dos nutrientes obtidos com a alimentação.

01

Num quadro bem sintético, o resumo do fim do relacionamento poderia ser:

FIM-RELACIONAMENTO-2

Autoestrada passa no meio do prédio!

Recebi um email outro dia falando de uma estrada que passava no meio de um prédio, no Japão. Achei incrível, fui pesquisar, e é verdade!

A estrada que passa dentro de um escritório em Osaka

E encontrei este texto que explica tudo o que aconteceu e como o engenho do homem, quando quer, encontra soluções fantásticas:

Do Japão em Foco

Como sabemos, o Japão sofre com o grave problema de espaço físico, especialmente nas grandes metrópoles. Assim como Tóquio, Osaka, a segunda maior metrópole do Japão, aproveita meios incomuns para contornar esse problema. Um exemplo é a Hanshin Expressway, uma rodovia expressa que passa por dentro de um edifício, o Gate Tower Building de 16 andares, localizado em Fukushima-ku.

Esse edifício é o único no Japão que tem uma estrada que passa por dentro dele e é um exemplo incrível de engenharia.

A rodovia que passa por dentro de um edifício

Em Osaka, esse edifício é conhecido como “Colmeia de abelhas”, por conta da grande quantidade de pessoas que circula no prédio. A Hanshin Expressway, que passa por dentro dele, faz parte de uma rede de 239,3 km de vias expressas que ligam Osaka, Kobe e Kyoto e é uma das principais rodovias do Japão.

Um dos fatos mais interessantes é que a estrada não faz contato nenhum com o edifício, apesar de passar por dentro dele. Ela é sustentada por suportes e estruturas engenhosas que ficam nas laterais do prédio. Com isso, não há os incômodos de ruídos e vibrações por causa dos carros que passam velozmente na estrada.

A rodovia ocupa do 5° ao 7° andares e podemos dizer até que é um inquilino desses andares, já que paga aluguel. O elevador do prédio de escritórios sobe ou desce direto, sem a possibilidade de parar por estes andares, ou seja, do andar 4 ele vai diretamente para o 8, ou vice versa.

Elevador do edifício Gate Tower Building em Osaka

Outro fato interessante é que essa obra da engenharia urbana meio que nasceu por acaso. Antes daquela parte da rodovia ser construída, o prédio já estava sendo planejado para ser erguido naquele local. Muitos conflitos foram gerados em relação aos direitos de propriedade e os titulares da Hanshin Expressway.

Somente depois de 5 anos de negociações é que ambas as partes conseguiram chegar a um acordo, e sem que ninguém fosse prejudicado. Uniram o útil ao agradável, ou seja, adaptaram a construção do prédio de forma que permitisse a passagem da estrada por dentro dele. Convenhamos que solução melhor não poderia ter existido, já que essa construção acabou se tornando uma referência de engenharia em Osaka.

Nesse meio tempo, algumas leis de planejamento da cidade e outras leis necessárias para este tipo de estrutura também tiveram que ser revistas,  para que a construção da rodovia pudesse ser realizada.

Expressway Hanshin e o edifício Gate Tower Building

Na verdade, esse acordo beneficiou também outra parte interessada; o terreno referente à saída de Umeda, onde foi construído o edifício Gate Tower Building, era de propriedade de uma empresa de madeira e carvão vegetal, que estava em declínio e com dificuldades financeiras.

Apesar disso, os donos daquele lote não estavam interessados ​​em vender os direitos de propriedade em uma área tão valiosa como aquela. Em contrapartida, não havia espaço na cidade para mudar o trajeto da rodovia e, sendo assim, o jeito foi negociar e adaptar o projeto original do edifício com uma reentrância que lhe tirou os 3 andares, por onde pudesse passar a Hanshin Expressway.

Além da ajuda nos custos para a construção, os proprietários do prédio ainda ganham o aluguel mensal referente aos andares usados pela via expressa.

No vídeo abaixo, vemos como é :