O clone perfeito

A ideia deste post veio de minha prima Eliete Tonon, e que me enviou umas fotos bizarras de sósias de celebridades. Elas meio que confirmam aquela frase que a gente ouve sempre: “Nossa! Você é a cara de fulano! É parente dele?”

Bem, eu devo ter um rosto meio padrão, porque sempre vejo alguém me olhando meio de lado, com aquela expressão de “onde mesmo que eu vi esse cara”? Bem, o fato é que lendas germânicas contam sobre o Doppelgänger, que seria o nosso sósia perfeito. Ele imita em tudo a pessoa copiada, até mesmo as suas características internas mais profundas. O nome Doppelgänger se originou da fusão das palavras alemãs doppel (significa duploréplica ou duplicata) e gänger (andanteambulante ou aquele que vaga). Glup! Será que eu tenho um doppelgänger meu andando por aí?

Espero que não porque, segundo as mesmas lendas, esses seres fantásticos representam o lado negativo, e tentam estimular a pessoa a fazer coisas erradas, influenciando a pessoa a fazer aquilo que normalmente ela não faria. Maass… Existe ainda o contraponto: há teorias que dizem que essa criatura seria um “conselheiro invisível”, que só poderia ser visto pelo indivíduo que o tem.

A ciência tenta explicar a possível existência desses clones perfeitos, de gente que em tudo seria igual a nós – e não apenas fisicamente – como sendo “o mau funcionamento da junção temporoparietal, uma região do cérebro responsável pela integração de sensações táteis, visuais e de posicionamento do corpo, que constantemente chega ao cérebro montando a forma pela qual se entende o mundo e o posicionamento de seu corpo ao que está ao seu redor”. Ainda bem que a ciência explicou, né? Agora, tudo ficou claro para mim…

Bem, seja como for, não há nenhuma evidência de tal criatura, e é possível que os Doppelgängers só estejam mesmo na imaginação das pessoas. Agora, que existem esses clones fisicamente perfeitos, ah, isso existem. Vejam as fotos abaixo, de pessoas sem nenhum parentesco, e que foram encontradas em países diferentes pelo fotógrafo François Brunelle , que mora em Quebec – Canadá, e estuda o rosto humano desde 1968, quando tinha 18 anos e começou sua carreira na fotografia. Ele encontrou essas pessoas em meio aos 7 bilhões de seres humanos que habitam o planeta! Quer dizer, dentre essa multidão, é possível até que existam mais clones, não é?

francbrunelle 1 I’m Not a Look Alike   François Brunelle

francbrunelle 3 I’m Not a Look Alike   François Brunelle

francbrunelle 5 I’m Not a Look Alike   François Brunelle

Francois Brunelle 650x789 Im not a look alike by Francois Brunelle

Agora, bizarras mesmo são as fotos dos clones (Dopplegängers?) das celebridades… Tem gente que tinha seus clones em outros tempos! Será que entramos sem saber, numa realidade paralela? Olha isso:

À esquerda, Jeffrey Dean Morgan, à direita, Javier Bardem.

Most U.S. presidents bring out at least a few strident ...

Ilham Anas (Indonésia) estrela comercias de TV em seu país como Obama.

Chad Smith, do Red Hot Chilli Peppers, e Will Ferrel

E agora, a série de sósias de vidas passadas! Brrr!

O “dopplegänger” do Nicholas Cage lutou na Guerra Civil americana.

O do Justin Timberlake foi um criminoso.

O poeta Henry David Thoreau teria reencarnado em Helen DeGeneres?

O filósofo John Locke é a versão mais velha de Adrian Brody.

Só tenho uma coisa a dizer… Esse negócio de Doppelgänger é assustador!

Fontes:

http://literatortura.com
http://arquivosdoinsolito.blogspot.com.br
http://dsc.discovery.com
http://pt.wikipedia.org
http://paranormal.about.com
http://verenafotografia.wordpress.com
http://minilua.com
http://poptartmagazine.wordpress.com
http://www.businessinsider.com

Nomes perfeitos para suas profissões (atualizado)

Todo pai e toda mãe tem uma preocupação, assim que nasce o herdeiro: o nome. Afinal, o nome será algo que essa criança levará por toda a sua vida, e normalmente as pessoas procuram zelar pelo bom nome.

Pensando nisso, muita gente ficou imaginando como seria se você pudesse identificar a profissão pelo nome da pessoa. Seria bem legal, né? Imagine só conhecer o Marcos Dias, fabricante de calendários? A lista abaixo apresenta diversos nomes que se encaixariam numa determinada profissão:

Ana Lisa
Psicanalista
P. Lúcia
Fabricante de Bichinhos
Pinto Souto
Fabricante de Cuecas
Olavo Pires
Balconista de Lanchonete
Décio Machado
Guarda Florestal
H. Lopes
Professor de Hipismo
Oscar Romeu
Dono de Concessionária
Hélvio Lino
Professor de Música
K. Godói
Médico especialista em hemorroidas
Alberta Alceu Pinto
Garota de Programa
H. Romeu Pinto
Garoto de Programa
Passos Dias Aguiar
Instrutor de Autoescola
Édson Fortes
Baterista
Eudes Penteado
Cabeleireiro
Sara Vaz
Mãe de Santo
Iná Lemos
Pneumologista
Ema Thomas
Traumatologista
Sara Dores da Costa
Reumatologista
Jamil Jonas Costa
Urologista
Ester Elisa
Enfermeira
Malta Aquino Pinto
Médico especialista em doenças venéreas
Inácio Filho
Obstetra
Oscar A. Melo
Confeiteiro
Jacinto Pinto Aquino Rego
Gaúcho
Armando Nascimento de Jesus
Fabricante de presépios (sugestão de Johan Lagger)
Caio Rolando da Rocha
Alpinista (sugestão de Gerson Teixeira)