O Caso Profumo

O escândalo com um ex-diretor da CIA, acusado de manter uma relação extra-conjugal e que pode ter colocado em risco a segurança dos Estados Unidos (veja aqui), tem semelhanças com outro caso famoso, este nos anos 1960 na Inglaterra.

Escândalos Sexuais

O chamado Caso Profumo envolveu o político britânico John Profumo e a femme fatale Christine Keeler em 1961. Profumo havia sido um dos heróis do Dia D – o desembarque aliado na Normandia na Segunda Guerra Mundial – e tinha um cargo equivalente ao de Ministro da Guerra no governo britânico. Frequentador das festas promovidas por Lorde Astor, foi numa delas que Profumo conheceu a showgirl Keeler.

John Profumo

Christine Keeler

Mas ela não morria de amores apenas por Profumo. Christine era amante também de Yevgeny Eugene Ivanov, oficial da marinha soviética e provavelmente espião, e de um conhecido “cafetão” da nobreza chamado Stephen Ward. O caso amoroso entre Profumo, um homem casado e guardião de importantes segredos de Estado, e Keeler causou arrepios no MI5, o serviço secreto britânico. A preocupação era saber se Christine Keeler era uma espiã enviada pelos soviéticos e se as confissões na alcova feitas por Profumo eram compartilhadas em uma outra cama: a de Ivanov. Ivanov, adido militar na Embaixada Soviética em Londres, portanto com imunidade diplomática, estava sob discreta vigilância do MI5.

Em 1963, uma desavença entre Christine e um antigo amante terminou na polícia e chamou a atenção da imprensa. As investigações levaram à revelação das ligações perigosas de Christine e ao fim da carreira política de Profumo. Como a guerra-fria entre o Leste e o Oeste estava em seu auge, o clamor público quase derrubou todo o governo britânico.

Keller aproveitou-se do burburinho causado pelo escândalo para faturar.

Posou para uma foto que foi publicada em um tabloide sensacionalista e colocou mais lenha na fogueira no já ardente caso debatido em todo o país. Quanto mais se falava dela, mais essa foto era reproduzida.

As consequências do escândalo foram a renúncia de Profumo e de todo o seu gabinete, Stephen Ward foi processado por “viver dos lucros imorais advindos da prostituição” e se suicidou, envergonhado. E  Keeler passou 9 meses na prisão por perjúrio (mentir sob juramento, quando disse que nada tinha com Profumo).

Profumo faleceu em 2006 e Keeler, hoje com 70 anos, tornou-se uma celebridade. Escreveu vários livros sobre o caso e, em 2001, lançou sua autobiografia.

Dizem que esta é a casa mais cara do mundo…

Na Índia, O multi-bilionário Mukesh Ambani se mudou em 2010 para o edifício Antilia com sua esposa e dois filhos. A mansão de 27 andares conta com um centro de saúde com academia, estúdio de dança, salão de festas, sala de cinema, três helipontos, e garagem subterrânea para 160 carros.

Os 37 mil metros quadrados da nova morada de Ambani, apelidada de Antilia, fazem inveja até ao palácio de Versailles, na França, que era o lar da família real francesa.

Para ser mantida, a residência mais cara do mundo exige o trabalho de 600 funcionários. Nada que seja um problema para a folha de pagamento de Ambani, que, além de ser o homem mais rico da Índia, ocupa o quarto lugar entre os mais abonados do mundo, segundo a revista Forbes.

A vista espetacular da cidade de Mumbai e do Mar de Omã pode ser desfrutada do topo dos 173 metros do prédio.

Pelo jeito, Ambani, de 53 anos, não liga muito para os apelos do primeiro ministro indiano Manmohan Singh, que pede aos líderes empresários para servirem como “exemplos de moderação”.

Olha a cara do ricaço:

Se é verdade que custou milhões de dólares e tem todo esse luxo, não sei. Mas que achei feio demais, achei…

Existem outras casas mais bonitas:

The Manor – Los Angeles, California / EUA

Candy Spelling, viúva de Aaron Spelling, produtor de cinema e televisão, é a dona de uma das casas mais caras do mundo. Ocupando 4,7 hectares do bairro de Halmby Hills, a mansão possui 1.000 cômodos, contando com 5 cozinhas e 27 banheiros, o que resulta em uma área maior do que a própria Casa Branca. A decoração da residência, assim como o projeto arquitetônico, é de influência européia e a garagem possui espaço para mais de 100 carros.

Updown Court – Windlesham, Surrey / Inglaterra

A casa de 58 hectares, além de possuir 103 cômodos, conta também com um cinema de 50 lugares, helipontos, pista de boliche e garagem para acomodar 8 limusines. Para se ter uma idéia, a mansão é maior do que o palácio de Buckingham.

Cielo de Bonaire – Mallorca, Espanha

Esta mansão encontra-se localizada sobre uma colina entre as praias de Alcúdia e Pollensa, o que proporciona uma vista deslumbrante, independente do lado que você olhe. Além da paisagem e de toda a beleza do local, a casa ainda conta com 8 quartos, 8 banheiros, elevador privado, quadra de tênis, heliponto e casa de hóspedes.

Tranquility – Lake Tahoe, Nevada / EUA

A deslumbrante propriedade de 210 hectares pertence a Joel Horowitz, co-fundador da marca mundialmente famosa Tommy Hilfiger. A casa principal foi inspirada numa residência nas montanhas do norte da Europa e conta com uma adega capaz de acomodar 3.500 garrafas de vinho, uma piscina interna e um cinema de 19 lugares.