Brincando com o cotidiano

Uma das formas de exercitar a nossa criatividade é tentar manter aquele olhar de criança sobre as coisas do mundo. Um olhar sem censura, sem crenças e sem preconceito. Observe como a criança inventa mundos ao olhar, por exemplo, um carro batido no para-lamas: a história começa quando o Homem-Aranha desceu do avião e jogouContinuar lendo “Brincando com o cotidiano”