Atualidades, Curiosidades, Family, Humor

Sintomas de pobreza…

  1. Abrir tubo de pasta de dente com tesoura para aproveitar o restinho que sobrou.
  2. Andar de carro com vidro fechado no maior calor só para pensarem que você tem ar condicionado.
  3. Aproveitar garrafa plástica de refrigerante prá botar água na geladeira.
  4. Chorar no último capítulo da novela.
  5. Chupar os dentes (p/ não usar palito)
  6. Colocar arranjo de fruta de plástico na mesa da sala.
  7. Comprar carro novo e não tirar o plástico dos bancos, para todos saberem que é novo.
  8. Correr a casa inteira com o chinelo na mão atrás da barata.
  9. Embrulhar caixa de fósforo com papel de presente para pendurar em árvore de natal.
  10. Entrar de loja em loja perguntando os preços e dizer pro vendedor:”Só tô dando uma olhadinha, qualquer coisa volto mais tarde”.
  11. Entrar em loja de R$ 1.99 e querer achar um presente legal.
  12. Esquentar a ponta da caneta prá ver se ela volta a escrever.
  13. Mascar chicletes 3 horas seguidas até ficar branco e sem gosto.
  14. Passar cuspe ao cotovelo ressecado para amaciar.
  15. Receber visita e mostrar toda a casa.
  16. Tirar cera do ouvido com chave do carro ou tampa de caneta.
  17. Usar sacola plástica de supermercado para botar lixo.
  18. Secar tênis no motor da geladeira.
  19. Lamber tampa de iogurte.
  20. Aproveitar a chuva pra lavar o carro…

 

Curiosidades, Family, Sabedoria

Comercial de Natal do Banco Nacional

Um dos maiores clássicos da propaganda brasileira é, sem dúvida nenhuma, o comercial de Natal do finado Banco Nacional de 1987. Que ficou marcado especialmente por causa do seu jingle, criado por Lula Vieira e Edson “Passarinho” Borges . Mesmo o Banco não existindo mais, a sua homenagem natalina ficará para sempre na memória de muita gente. Confiram, pois, o vídeo do comercial dirigido por Walter Salles Jr.

Sem falar da música, o vídeo tem meninos excelentes atores, e as cenas com a bicicleta têm trechos que lembram o filme E.T.

Atualidades, Curiosidades, Novidades

A História dos Beatles

Esta é Liverpool, cidade portuária na Inglaterra que não despertaria maior interesse no mundo…

… se não fosse por um grupo de rapazes que, segundo a Wikipedia, ” foi uma banda de rock britânica e a mais comercialmente bem-sucedida e aclamada da história da música popular”.

Quem for a Liverpool  pode visitar o museu dos Beatles (http://www.beatlesstory.com/) que inclusive tem uma atração interativa que deve ser muito legal.

A história começa nos anos 1950, quando John Lennon montou sua primeira banda…

… que mais tarde recebeu como membros outros dois moleques que gostavam de rock, Paul e, tempos depois, George.

O grupo, ainda sem Ringo, viaja para Hamburgo, na Alemanha, onde tocavam horas sem parar num clube noturno e dormiam numa van…

De volta a Liverpool, são contratados para tocar no Cavern Club, onde acabaram sendo descobertos por um dono de loja de discos que virou seu empresário.

Daí para a frente, vem a gravação dos primeiros discos, já com Ringo na bateria…

… o sucesso na Inglaterra, até que, meio sem querer, a Beatlemania explode no mundo todo depois da viagem que eles fizeram aos Estados Unidos, com sua histórica apresentação em 1964 no programa de maior audiência da TV da época, Ed Sullivan.

Depois da Beatlemania, o grupo decide mergulhar mais profundamente na música, no experimentalismo e testando os recursos de estúdio, até voltarem ao rock básico. Daí ocorrem as várias fases que demonstravam a enorme criatividade dos Fab 4.


    

E estas foram as últimas fotos tirada deles como grupo, dois dias depois da última sessão de gravação de “Abbey Road”. Foram feitas na nova casa de John e Yoko em Ascot, em 22 de agosto de 1969.